Tombense x Operário-PR - Vitória em MG garante classificação ao Fantasma

O clube paranaense chegará a 32 pontos em caso de vitória, enquanto que o quinto colocado só pode chegar a 30 pontos

por Agência Futebol Interior

Tombos, MG, 13 (AFI) - Com a primeira fase do Campeonato Brasileiro Série C em sua reta final, o Tombense não pode desperdiçar pontos se quiser alcançar o G4, principalmente jogando em casa. Às 15h30 deste sábado, porém, o clube tem um adversário complicado pela 14ª rodada: encara o líder Operário-PR, que soma cinco vitórias seguidas. No primeiro turno, o confronto terminou empatado por 1 a 1.

Com quatro derrotas e um empate no últimos jogos, o Tombense ocupa apenas a sexta colocação do Grupo B com 15 pontos. Sua última vitória foi no dia 2 de junho, pela oitava rodada, quando bateu o Cuiabá por 3 a 2 em casa.

O Operário-PR, por outro lado, segue surpreendendo. Após subir da Série D na temporada passada, o time está desbancando adversários tradicionais e lidera o Grupo B com 29 pontos, quatro a mais do que o vice-líder Cuiabá. Sua última derrota ocorreu na sexta rodada, 19 de maio, quando perdeu para o Cuiabá por 4 a 0. Se vencer, o time paranaense conquistará a classificação antecipada às quartas de final.

MUDANÇAS NO TOMBENSE

O técnico Ramon Menezes vai fazer mudanças no Tombense para o duelo deste sábado. Sem contar com o zagueiro Matheus Lopes, suspenso por ter sido expulso na derrota por 2 a 1 para o Bragantino, ele vai escalar Wellington Carvalho ao lado de Anderson na zaga.

O time ainda deve ter outras duas mudanças. Conforme sinalizado pelo treinador durante os treinamentos, a escalação será um pouco mais ofensiva. Para isso, o volante Felipe Baiano e o atacante Francismar devem sair para as entradas do meia Everton Sena e do atacante Polaco.

“Todas as vezes que precisou, nós mostramos algo a mais, nós demos uma volta por cima. Então, isso é o que a gente espera. Vamos enfrentar um adversário muito difícil que é o OperárioJogamos contra eles lá e se não fosse o árbitro naquele jogo poderíamos ter saído com o resultado positivo. Eu estava vendo o jogo que eles fizeram contra o Botafogo em casa e o mesmo gol que eles fizeram foi o que nós fizemos contra eles e o juiz não deu”, disse Ramon Menezes em entrevista ao repórter Hércules Freitas, da Rádio Tombos Sonora

FOTO: José Tramontin/OFEC
FOTO: José Tramontin/OFEC
DESFALQUES NO LÍDER

Para a partida deste sábado, o técnico Gerson Gusmão não terá o lateral esquerdo Peixoto, que recebeu cartão vermelho no último jogo e cumpre suspensão, e o meia Dione, que se recupera de uma pequena torção no joelho esquerdo.

O lateral esquerdo Romano e o meia Gil Paraíba, que sentiram a posterior da coxa no amistoso da última terça-feira (10) diante do River Plate-URU, também não viajaram. Por outro lado, o zagueiro Sosa, o volante Índio e o atacante Lucas Batatinha, que cumpriram suspensão no último jogo, ficam à disposição.

“Mais uma vez vamos enfrentar um adversário que tem a necessidade de buscar o resultado para pontuar. Será mais um jogo difícil, que precisaremos ter muita atenção, principalmente nos minutos iniciais do jogo, quando o adversário deve exercer uma pressão. Mas nós estamos em um bom momento, já enfrentamos outros jogos assim e sabemos como assimilar essa pressão do adversário", avaliou o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
14ª rodada
Data
14/07/2018
Horário
15h30
Local
Almeidão - Tombos (MG)
Árbitro
Diego Pombo Lopez - BA

Assistentes
Jucimar dos Santos Dias - BA e Paulo de Tarso Bregalda Gussen - BA

Cartões Amarelos
Tombense-MG: Bruninho, Everton, Ortega

Gols
Operário-PR: Xuxa 17' 2T
Tombense-MG
Darley;
David, Anderson, Wellington Carvalho e Bruninho;
PH, Felipe Baiano (Anderson Rosa) e Caio César (Rubens);
Cássio Ortega, Everton (Everton Sena) e Daniel Amorim.
Técnico: Ramon Menezes
Operário-PR
Simão;
Léo, Alisson, Sosa e Raphael Soares;
Chicão, Lucas Batatinha, Erick e Xuxa (Rodrigo);
Bruno Batata (Schumacher) e Robinho (Rafinha).
Técnico: Gerson Gusmão
 
 
" />