Joinville 1 x 3 Operário-PR - Fantasma vence e se isola na liderança

Se aproveitando de outros resultados desta 13ª rodada, o clube abriu quatro pontos de vantagem do vice-líder

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 08 (AFI) - De virada, o Operário-PR venceu o Joinville por 3 a 1 na Arena Joinville e se isolou na liderança do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. Se aproveitando de outros resultados desta 13ª rodada, o clube abriu quatro pontos de vantagem do vice-líder e já começa a sonhar com uma classificação para a próxima fase. Zotti abriu o placar para o time da casa, mas Gualberto deixou tudo igual com um gol contra. Erick e Peixoto decretaram a vitória paranaense.

Com 29 pontos em 13 jogos, o Operário completou neste domingo sete jogos sem perder, com seis vitórias e um empate. A sequência anima ainda mais a torcida porque o Cuiabá, segundo colocado, tem apenas 25, restando cinco rodadas para o fim da primeira fase. Do outro lado, o Joinville segue na lanterna da competição e se complicou de vez na briga contra o rebaixamento: com 10 pontos, o clube vê o Tupi, primeiro fora da zona, com 14.

MOVIMENTADO

O primeiro tempo começou movimentado em Joinville. Com 12 minutos, em cobrança de falta, Gualberto apareceu livre dentro da grande área e testou com força, mas o goleiro Simião conseguiu uma bela defesa. Em resposta, aos 14, Rafinha rouba a bola no campo de ataque e sobe com velocidade. Quando estava em condições de marcar, acabou demorando de mais para finalizar e foi desarmado por Gualberto.

Mais tarde, com 22 minutos, a bola já foi parar no fundo das redes. Em rápida jogada de contra-ataque, Rafael Grampola bateu com força e o goleiro Simião não conseguiu encaixar, dando o rebote nos pés de Zotti, que teve a liberdade para apenas escorar. O gol saiu no momento em que o jogo estava equilibrado e o Operário não se intimidou com o resultado parcial. Até porque a vantagem não durou muito tempo.

No último lance do primeiro tempo, aos 47 minutos, Rafinha tentou um cruzamento para a grande área e acabou pegando mal na bola. Pior ainda foi para o zagueiro Gualberto, que tentou afastar o perigo e acabou mandando contra o próprio gol, deixando tudo igual em Joinville. O empate na primeira parte do jogo era o que o Operário esperava para conseguir encaixar uma pressão no segundo tempo.

DECRETOU

Com apenas 13 minutos, o time de Ponta Grossa já estava à frente do placar. Erick recebeu com liberdade, partiu pra cima da marcação, brigou com a marcação pela posse da bola e saiu cara a cara com Matheus. Com um chute forte e cruzado, ele venceu o goleiro e mandou no ângulo, sem a menor chance. Depois, com 17, em nova chegada do Operário, Xuxa encontra Robinho, que também arrisca, mas para fora.

O jogo realmente pegou fogo aos 25 minutos. Em cobrança de escanteio de Xuxa, Peixoto subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes, marcando o terceiro gol do Operário. Só que, três minutos depois de mandar a bola para o fundo das redes, o mesmo lateral esquerdo fez uma falta boba e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o time de Ponta Grossa com um jogador a menos.

PRÓXIMOS JOGOS

No próximo sábado, dia 14, o Operário viaja até Tombos enfrentar a Tombense no estádio Antônio Guimarães de Almeida, às 15h30, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Também pelo Grupo B, o Joinville enfrenta o Cuiabá na Arena Pantanal, em Cuiabá, às 16h30 do mesmo sábado.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
13ª rodada
Data
08/07/2018
Horário
16h00
Local
Arena Joinville - Joinville (SC)
Árbitro
William Machado Steffen - SC

Assistentes
Helton Nunes - SC e Johnny Barros de Oliveira - SC

Cartões Amarelos
Joinville-SC: Zotti, Michel Schmöller, André Baumer
Operário-PR: Xuxa, Peixoto

Cartões Vermelhos
Operário-PR: Peixoto
Gols
Joinville-SC: Zotti 22' 1T
Operário-PR: Gualberto 47' 1T (contra), Erick 13' 2T, Peixoto 25' 2T
Joinville-SC
Matheus;
Matheus Schmöller, Gualberto, André Baumer e Eduardo;
Eduardo Person, Tiago Ulisses, Bruno (Madson), Zotti (Marlyson) e Jean Lucas (Janderson);
Grampola.
Técnico: Márcio Fernandes
Operário-PR
Simão;
Léo, Alisson, Rodrigo e Peixoto;
Chicão, Erick, Xuxa (Romano) e Robinho;
Rafinha (Quirino) e Bruno Batata (Rafael Soares).
Técnico: Gerson Gusmão
 
 
" />