Tupi-MG 1 x 1 Botafogo-SP - Pantera empata fora de casa, segue invicta e no G4

Já o Tupi amarga a quarta partida sem vitória e segue em oitavo, com quatro pontos

por Agência Futebol Interior

Juiz de Fora, SP, 12 (AFI) - Em um dos jogos que abriu as disputas da quinta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo de Ribeirão Preto perdeu a chance de assumir provisoriamente a liderança do Grupo B. Jogando fora de casa, a Pantera saiu atrás no placar e teve que soar para conseguir empatar com o Tupi, pelo placar de 1 a 1, no Estádio Municipal de Juiz de Fora.

Com o ponto somado, o Botafogo segue no G4 na terceira colocação com nove pontos - atrás do líder Bragantino que tem 10 e do Operário-PR, que tem nove mas ainda joga na rodada. Em cinco jogos do time paulista, são duas vitória e dois empates. Já o Tupi amarga a quarta partida sem vitória e segue em oitavo, com quatro pontos.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Tupi começou a partida ditando o ritmo do jogo, principalmente com troca de passes no meio campo e jogadas rápidas pelas laterais, mas encontrava o Botafogo bem postado, pronta para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que a primeira chance de perigo veio mesmo pelos lados dos visitantes. Aos 8, após um cruzamento na área, Jheimmy desviou e a bola explodiu na trave, antes do goleiro Vilar fazer a defesa.

Botafogo empata com o Tupi fora de casa, segue invicta e no G4 (Foto: Divulgação Tupi)
Botafogo empata com o Tupi fora de casa, segue invicta e no G4 (Foto: Divulgação Tupi)

A resposta do Tupi veio minutos depois, aos 14, quando Afonso cruzou na área e João Vitor chutou prensado mas na sobra a zaga conseguiu afastar o perigo. A partir daí, os donos da casa cresceram na partida e passaram a criar as melhores chances. Aos 21, Paulinho recebeu na área, limpou os zagueiros e soltou o pé. mas a bola acabou saindo por cima do gol.

A rede só foi balançar nos minutos finais da primeira etapa. Aos 35, após uma jogada trabalhada e o levantamento na área, a bola sobrou para Patrick que de cabeça abriu o placar para o Tupi. Porém nos minutos finais, Felipe Augusto conseguiu deixar tudo igual para o Botafogo quando recebeu de frente para o gol e bateu na saída do goleiro. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, as duas equipes seguiram buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Aos 11 minutos, Paulinho ganhou da marcação e bateu na saída do goleiro do Botafogo, mas o zagueiro Plínio conseguiu afastar quando a bola estava praticamente em cima da linha. A resposta do Bota veio no minuto seguinte, quando Jheimmy bateu cruzado e obrigou Carijó a fazer uma difícil defesa.

Depois disso, o jogo seguiu movimentado e o time visitante ficou muito próximo da virada aos 29 minutos. Serginho cruzou rasteiro e Jheimy apareceu na área para escorar de carrinho mas a bola explodiu no travessão, antes de sair. Aos 47 foi a vez de Élder Santana ter uma grande chance em um contra-ataque, mas ele acabou chutando forte demais e a bola saiu por cima do gol. Por isso, o jogo terminou mesmo empatado.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo domingo para a disputa da sexta rodada do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Santa Cruz em Ribeirão Preto, o Botafogo recebe o Joinville, às 16h. No mesmo horário, o Tupi também joga em casa quando encara o Luverdense, no Estádio Municipal de Juiz de Fora.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
5ª rodada
Data
12/05/2018
Horário
16h00
Local
Mário Heleno - Juiz de Fora (MG)
Árbitro
Jailson Macedo Freitas - BA

Renda
R$ 7.410, 00
Assistentes
José Carlos Oliveira dos Santos - BA e Dijalma Silva Ferreira Jr - BA

Público
Público pagante: 398/ Público presente: 782
Cartões Amarelos
Tupi-MG: César
Botafogo-SP: Serginho, Perí

Cartões Vermelhos
Botafogo-SP: Everton Heleno
Gols
Tupi-MG: Patrick Brey 35' 1T
Botafogo-SP: Felipe Augusto 42' 1T
Tupi-MG
Vilar;
Afonso (Gabriel Silva), Sidimar, Wellington e César (Mateus);
Marcel, Léo Salino (Vitinho), João Vítor, Rodrigo Dantas e Paulinho;
Patrick.
Técnico: Ricardo Leão
Botafogo-SP
João Lucas;
Marcelinho, Plínio, Carlos Henrique e Peri;
Yuri, Everton Heleno, Garré (Serginho) e Felipe Augusto;
Jheimy (Caio Dantas) e Pimentinha (Élder Santana).
Técnico: Leão Condé
 
 
" />