Operário 1 x 0 Volta Redonda - Fantasma bate Voltaço e estreia com vitória na Série C

O único gol da partida foi marcado aos 32 minutos da primeira etapa por Gil Paraíba, de rebote

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 15 (AFI) - O Operário-PR fez jus ao fator casa na tarde desse domingo para estreiar com o pé direito no Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando no Estádio Gernamo Kruger, o Fantasma recebeu e venceu o Volta Redonda, pelo placar de 1 a 0, em partida válida pela primeira rodada do Grupo B.

O único gol do duelo foi marcado por Gil Paraíba, de rebote, aos 32 minutos do primeiro tempo e colocou o time paranaense na liderança provisória da chave. Enquanto isso, os cariocas começam mal a sua participação na competição nacional e já amargam a última colocação, com zero pontos.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Operário-PR começou a partida ditando o ritmo do jogo, principalmente com troca de passes no meio campo e jogadas rápidas pelas laterais, mas encontrava o Volta Redonda bem postado, pronta para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que a primeira jogada de perigo aconteceu mesmo pelos lados do time mandante.

O único gol da partida foi marcado aos 32 minutos da primeira etapa por Gil Paraíba, de rebote (Foto: José Tramontin/OFEC)
O único gol da partida foi marcado aos 32 minutos da primeira etapa por Gil Paraíba, de rebote (Foto: José Tramontin/OFEC)

Aos cinco, Chicão recebeu na entrada da área, limpou a marcação e bateu colocado mas a bola acabou saindo pela linha de fundo, assustando o goleiro adversário. A resposta do Volta Redonda veio momentos depois, aos 23, quando Jhulliam recebeu com liberdade liberdade e bateu firme, obrigando Simão a fazer uma difícil defesa e salvar os donos da casa.

Porém foi o Operário que conseguiu abrir o placar. Aos 32, Cleyton recebeu um passe açucarado de Jean Carlo e chutou. O goleiro Douglas Santos espalmou, mas no rebote, Gil Paraíba apareceu para balançar as redes. Nos minutos seguintes a partida seguiu da mesma forma e até por conta disso, o duelo foi para o intervalo com a vitória parcial dos donos da casa.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o segundo tempo seguiu movimentado com os dois times buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Aos 15 minutos, Dija Baiana, do Volta Rodanda, cobrou falta de muito longe e por pouco não enganou o goleiro Simão, que só olhou a bola sair por cima do gol. No lance seguinte, o Voltaço teve mais uma boa chance, quando Marcelo chutou rasteiro buscando o cantinho do gol, mas a bola saiu pela linha de fundo, rente a trave do Operário.

A resposta do Operário veio aos 23 minutos, quando Léo bateu de canhota e obrigou Douglas Borges a voar na bola para fazer uma díficil defesa. No lance seguinte, o goleiro do time visitante fez mais um milagre após cobrança de falta de Erick. Aos 30 foi a vez de Gil Paraíba ter uma ótima chance para ampliar para os mandantes, mas mesmo cara a cara com o goleiro, acabou chutando para fora. Apesar de toda a pressão, o jogo terminou mesmo com a vitória da equipe paranaense por 1 a 0, após o Volta Redonda ter um gol anulado nos acréscimos da partida.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times já volta a campo no próximo final de semana para a disputa da segunda rodada do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. No sábado, o Volta Redonda recebe o Cuiabá, no Estádio Raulino Oliveira, às 16h. No dia seguinte, no domingo, o Operário visita o Ypiranga, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechum, às 15h.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
15/04/2018
Horário
15h30
Local
Germano Krüger - Ponta Grossa (PR)
Árbitro
Marcos Mateus Pereira - MS (CBF)

Renda
R$ 40.930,00
Assistentes
Marcos dos Santos Brito - MS (CBF) e Ruy Cesar Lavarda Ferreira - MS (CBF)

Público
2.553 pagantes / 2.983 total
Cartões Amarelos
Operário-PR: Índio, Alisson, Jean Carlo
Volta Redonda-RJ: Bruno Costa, Luís Gustavo

Gols
Operário-PR: Gil Paraíba 32' 1T
Operário-PR
Simão;
Léo, Alisson, Sosa e Raphael Soares;
Chicão, Gil Paraíba, Índio (Erick) e Clayton (Athos);
Schumacher (Quirino) e Jean Carlo.
Técnico: Gerson Gusmão
Volta Redonda-RJ
Douglas Borges;
Luís Gustavo (João Cleriston), Bruno Costa, João Guilherme e Diego Maia;
Bruno Barra, Pablo (Vinicius Pacheco), Marcelo, Dija Baiano e Luã Lúcio (Angel Martinez);
Jhulliam.
Técnico: Marcelo Salles