Cuiabá 1 x 0 Luverdense - Festival de gols perdidos para Arena da Copa vazia!

O destaque negativo ficou por conta do público de apenas 830 torcedores na Arena Pantanal

por Agência Futebol Interior

Cuiabá, MT, 15 (AFI) – O Cuiabá perdeu uma grande oportunidade de golear o Luverdense na estreia do Campeonato Brasileiro da Série C. Em jogo recheado de gols perdidos, o Dourado bateu o rival, por 1 a 0, na noite deste domingo. O destaque negativo ficou por conta do público de apenas 830 torcedores na Arena Pantanal, em Cuiabá, que foi palco da Copa do Mundo.

A importante vitória garante aos donos da casa um lugar no G4 do Grupo B na luta por vaga à segunda fase. O time soma três pontos, assim como Tupi, Operário e Joinville, que curiosamente também venceram seus jogos por 1 a 0. O Luverdense começa com derrotas, mas escapou de uma derrota mais elástica, já que viu o rival perder inúmeros gols.

O Cuiabá foi melhor em praticamente os 90 minutos contra o Luverdense. O time poderia ter goleado. Isso não fosse a falta de pontaria de seus jogadores ofensivos. Os meias Hiltinho, Doda e Weverton e o atacante Jenison tiveram ótimas chances de marcar. Coube, porém, ao zagueiro Lucão marcar o tento que garantiu a vitória.

CUIABÁ DOMINA
A partida começou morna, mas esquentou por conta de uma polêmica a favor do Cuiabá. Após cruzamento na área, aconteceu um bate-rebate, a bola bateu no zagueiro Lucão e entrou ao nove minutos. O juiz validou o gol, mas os jogadores do Luverdense reclamaram muito de um suposto toque de mão do defensor. O goleiro Diogo Silva foi amarelado por reclamação.

Arena do Pantanal vazia em clássico entre Cuiabá e Luverdense: Palco da Copa às moscas - Foto: Reprodução Twitter
Arena do Pantanal vazia em clássico entre Cuiabá e Luverdense: Palco da Copa às moscas

Depois do gol, o time de Lucas do Rio Verde acordou e passou a pressionar o rival. O empate quase saiu aos 13 minutos. O meia Hiltinho cobrou escanteio na área, o meia André Mensalão cortou de cabeça e quase marcou contra. A bola saiu pela linha de fundo.

A melhora do LEC durou muito pouco tempo. Abusando das jogadas individuais, o time visitante foi presa fácil para o Dourado, que chegou mais perto de marcar o segundo do que sofrer o empate. Aos 33 minutos, o atacante Jenison apareceu livre e obrigou Diogo Silva a fazer bela defesa.

PODERIA GOLEAR
A segunda etapa começou muito truncada e com entradas ríspidas em alguns momentos. Tanto que foram distribuídos quatro cartões amarelos somente nos primeiros 15 minutos. Talles Cunha, Jean e Lucão foram punidos pelo Cuiabá, enquanto Moisés foi amarelo no Luverdense.

A entrada do meia-atacante Weverton na vaga de Talles Cunha manteve o Dourado melhor em campo e mais próximo de marcar o gol. O jogador entrou com a missão de jogar bem aberto na direita, em cima do lateral-esquerdo Guilherme Dias.

Os visitantes conseguiram chegar com perigo somente em jogada de bola parada. Aos 32 minutos, o atacante Ariel Marques cobrou falta e o goleiro Victor Souza fez grande defesa. Contudo, o meia Doda, aos 36, e Weverton, aos 41 e aos 47, ficaram na cara do gol perderam chances incríveis de ampliar.

PRÓXIMOS JOGOS
No próximo sábado, às 16 horas, o Cuiabá volta a campo para enfrentar o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Enquanto isso, o Luverdense recebe o Botafogo, no mesmo dia, às 17 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
15/04/2018
Horário
19h00
Local
Arena Pantanal - Cuiabá (MT)
Árbitro
Jailson Macedo Freitas (BA)

Renda
R$ 7.130,00
Assistentes
Pedro Martinelli (PR) e Luciano Roggenmbaum (PR)

Público
734 pagantes (830 torcedores)
Cartões Amarelos
Cuiabá-MT: Escobar, Talles Cunha, Jean, Lucão
Luverdense-MT: Diogo Silva, Rafael Silva, Moisés, Pimentinha

Gols
Cuiabá-MT: Lucão 10' 1T
Cuiabá-MT
Victor Souza;
Weriton, Ednei, Lucão e Jean;
Escobar, Marino, André Mensalão (Doda), Hiltinho (Bruno Alves) e Talles Cunha (Weverton);
Jenison.
Técnico: Itamar Schulle
Luverdense-MT
Diogo Silva;
Gabriel Passos, André Ribeiro, William e Guilherme Dias;
Lorran (Mendes), Lucas Braga (Eduardo), Moisés e Diogo Sodré (Ariel Marques);
Pimentinha e Rafael Silva.
Técnico: Luizinho Vieira
 
 
" />