Botafogo-SP x São Bento - Quem vai ficar com a liderança do Grupo B?

O Pantera é o líder da chave com 21 pontos e o Bentão vem logo atrás, na vice-liderança, com 20

por Rivail Oliveira

Ribeirão Preto, SP, 10 (AFI) - A cinco jogos do fim da primeira fase da Série C, o São Bento enfrenta o Botafogo-SP neste domingo, às 16h no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, num confronto direto pela liderança do grupo B. Azuis e tricolores buscam a vitória que pode aproximar a classificação para as quartas de finais.

O Pantera é o líder da chave com 21 pontos e o Bentão vem logo atrás, na vice-liderança, com 20. Portanto, o vencedor do duelo tem a ponta garantida.

BAIXAS
O Azulão vem com problemas. O técnico Paulo Roberto Santos terá três baixas certas para o jogo, todas por suspensão. Tomaram o terceiro cartão amarelo na vitória contra o Tupi: o volante Eder, o zagueiro João Paulo e o atacante Anderson Cavalo. Aliás o elenco azul reclamou muito da arbitragem e do excesso de cartões, seis em um jogo, um recorde para o time de Sorocaba na temporada. O goleiro Rodrigo Viana destacou o exagero mas frisou que o elenco está preparado para superar isso:

“Temos um elenco forte, estamos preparados e quem entrar no lugar dos suspensos, fará bem e vamos para lá (Ribeirão Preto), buscar um bom resultado e uma vitória mesmo fora de casa. Até porque já fomos líderes e precisamos buscar essa vaga o mais rapidamente, mas antes precisamos ter cuidado com o rebaixamento e precisamos ficar espertos e trabalhando para pontuar jogo a jogo, pois o campeonato está muito equilibrado”, analisou o goleiro.

Para os desfalques, na zaga, Mateus Silva pode entrar na vaga de João Paulo. No meio, o volante Felipe Manoel é o mais cotado para entrar na vaga de Eder. E para o lugar de Anderson Cavalo, duas são as opções principais: Leandro Love e Nilson, que estreou diante do Tupi. O treinador ponderou que no jogo passado optou por colocar Nilson durante o jogo para observar uma resposta do jogador que estava parado há algum tempo.

FORTE EM CASA
O Botafogo do técnico Rodrigo Fonseca tem a melhor campanha em jogos como mandante dentre os todos os times que disputam a competição nacional, com cinco vitórias e apenas um empate em jogos no Estádio Santa Cruz.

Até o momento, o Tricolor venceu em Ribeirão Preto o Mogi Mirim (2 a 0), Joinville-SC (3 a 0), Macaé-RJ (3 a 0), Bragantino (1 a 0) e Volta Redonda-RJ (2 a 1), além de ter empatado com o Tombense-MG (0 a 0). Portando, os números “caseiros” do Pantera apontam para um aproveitamento de 88,8% dos pontos disputados.

"Todo o jogo o Botafogo tem entrado dentro de campo encarando como se fosse uma final. O jogo contra o Joinville já é passado e agora estamos todos concentrados no São Bento. Sabemos que somo muito fortes jogando no Santa Cruz e o apoio da nossa torcida sempre será uma arma a mais para nós", disse o lateral Samuel Santos.

No Tricolor o técnico Rodrigo Fonseca, vem fazendo muitas alterações no time titular, principalmente por opção tática. Segundo José Basso, da Rádio 79 de Ribeirão Preto, nas últimas duas partidas o time foi muito peculiar e para o jogo contra o São Bento ainda não sabe se Fonseca vai entrar com três volantes ou apenas com Carlos Henrique e Murilo.Para esse jogo, o meia Vitinho está suspenso com cartões amarelo e não joga. Por outro lado, o meia Morais está de volta ao time titular.

Foto: Rogério Moroti / Ag Botafogo
Foto: Rogério Moroti / Ag Botafogo

NÚMEROS
São Bento e Botafogo estão separados por um ponto e tem números próximos neste Brasileiro: O Fogão tem 21 pontos contra 20 do Bentão em 13 jogos; nas vitórias, ambos somam cinco, nos empates, o tricolor soma seis empates contra cinco dos azuis, e nas derrotas, são duas do Bota contra três do Azulão; nos gols, os dois times sofreram nove gols, mas o tricolor marcou 16 e o Bentão 14 gols.

ÚLTIMOS ENCONTROS
No jogo do turno, dia 12 de junho, no CIC, em Sorocaba, os rivais ficaram no 0 a 0, pela quinta rodada. A partida teve como árbitro,Adriano de Assis Miranda (SP), renda de R$ 13.639,00 e um público de 1.179 pagantes. O São Bento alinhou: Rodrigo Viana; Muriel, Rafael Tavares (Rogério), João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Everaldo, Felipe Manoel (Judson) e Maicon Souza; Anderson Cavalo e Branquinho (Cassinho). Técnico: Paulo Roberto Santos. O Botafogo: Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Gladstone e Gerley; Rodrigo Thiesen (Carlos Henrique), Murilo, Mateus Cancian, (Wesley), Vitinho e Morais (Leo Coca); Edno. Técnico: Rodrigo Fonseca

No Paulistão de 2017, na quarta rodada, dia 18 de fevereiro, novamente em Sorocaba, outro empate por 0 a 0 entre azuis e tricolores, com arbitragem de Thiago Duarte Peixoto, renda de R$ 32.635,00, público de 1.829 pagantes. O São Bento: Rodrigo Viana; Bebeto, Pitty, Gabriel Santos e Denner; Fábio Bahia, Itaqui, Clebson (Giovane) e Morais; Wilson Júnior (Jobinho) e Magrão (Guilherme Queiroz). Técnico: Paulo Roberto Santos. O Botafogo: Neneca; Bileu, Caio Ruan, Filipe e Fernandinho; Marcão Silva, Rodrigo Thiesen (Carlos Henrique), Diego Pituca e Rafael Bastos (Bernardo); Francis e Isaac (Serginho). Técnico: Moacir Júnior.

No último jogo em Ribeirão Preto, foi no estadual de2015, 1 a 1 no Santa Cruz, gols de Renan Mota para o Bentão e Rodrigo Andrade para o Tricolor. Os times: São Bento: Henal; Alex Reinaldo, Wanderson (Xandão), João Paulo e Marcelo Cordeiro; Serginho Catarinense, Eder, Renan Teixeira, Eder Loko; Renan Mota (Chico); Nilson (Bruno Ré).Técnico: Paulo Roberto. Botafogo: Renan Rocha; Roniery (Bruno Costa), Halisson, Eli Sabiá e Denis Neves; Liel, André Rocha, Gimenez, Zé Roberto (André Santos); Wesley e Giancarlo. Técnico: Alexandre Ferreira.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
14ª rodada
Data
13/08/2017
Horário
16h00
Local
Santa Cruz - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Salim Fende Chavez - SP

Renda
RS:59.460,00
Assistentes
Vitor Carmona Metestaine - SP e Ricardo Pavanelli Lanutto - SP

Público
5.280 pagantes
Cartões Amarelos
Botafogo-SP: Gladstone, Edno, Caio Ruan
São Bento-SP: Cassinho

Gols
São Bento-SP: Marcelo Cordeiro 38' 1T, Maicon 8' 2T
Botafogo-SP
Neneca;
Samuel Santos, Gladstone, Vinicius Simon e Gerley;
Carlos Henrique, Francis (Mario) Murilo (Ueslei) e Morais;
Edno e Ronaldo (Rondinelli).
Técnico: Rodrigo Fonseca
São Bento-SP
Rodrigo Viana;
Muriel, Rogerio, Halisson e Marcelo Cordeiro;
Fábio Bahia, Felipe Manoel e Maicon Souza;
Cassinho (Everaldo e depois Branquinho), Caio Cézar e Nilson (Renan Oliveira).
Técnico: Paulo Roberto Santos