Águia 3 x 2 Icasa - Enquanto um sonha, o outro acaba rebaixado à Série D

O Águia ficou a quatro pontos do Cuiabá, primeiro fora da zona de rebaiamento no Grupo A

por Agência Futebol Interior

Marabá, PA, 13 (AFI) – A tarde foi emocionante para Águia e Icasa, que poderiam ‘morrer abraçados’ e amargar o rebaixamento á Série D. Pior apenas para o Icasa, que perdeu por 3 a 2, neste domingo á tarde, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O Placar FI acompanhou o duelo em tempo real.

Emocionante, pois tudo dependia do resultado entre Cuiabá e América-RN, na capital mato-grossense. Se o Cuiabá vencesse, tanto Águia quanto o Icasa estaria rebaixados. Enquanto o empate ou vitória do time potiguar mantinha o Águia na briga para escapar do descenso nas próximas rodadas. E foi o que aconteceu, já que o duelo terminou empatado por 2 a 2.

Com o resultado, o Águia se manteve na penúltima posição do Grupo A, agora com 12 pontos. Está a quatro do Cuiabá, oitavo, com 16, e que será seu próximo adversário no campeonato. Já o Icasa ficou com sete pontos e na última posição. Foi rebaixado para a Quarta Divisão. É o segundo rebaixado seguido do time cearense, que no ano passado caiu da Série B para a Série C.

O JOGO
O Águia teve as melhores chances e mereceu a vantagem no primeiro tempo. Logo aos 18 minutos, Flamel foi lançado na área e de cabeça, com categoria, abriu o placar no interior do Pará. Depois disso o time da casa priorizou o toque de bola manteve a cautela para não ser surpreendido.

Antes do intervalo o Águia voltou a pressionar o Icasa e chegou ao segundo gol. Aos 41 minutos, Esdras aproveitou confusão na área e chutou forte. Sem chances para o goleiro. A vantagem no marcador deixou os paraenses tranqüilos em campo, enquanto o Icasa, abatido, não tinha reação e já mostrava fragilidade para busca pelo menos o empate.

No segundo tempo o Icasa esboçou reação. Aos três minutos, a defesa do Águia ‘bateu cabeça’ e Rosivaldo não despediçou. 2 a 1. Depois disso, aos 20 o time cearense quase empatou, novamente com Rosivaldo, que finalizou em cima do companheiro e facilitou a vida do Águia. Sufoco e preocupação para a torcida nas arquibancadas.

O técnico João Galvão fez mudanças e o Águia melhorou. Criou chances de fazer o terceiro e sacramentar a vitória na tarde deste domingo. Danubio, que entrou na etapa final, tentou arriscar numa das oportunidades, mas para fora. Para melhor a situação dos time paraense, Da Silva recebeu o segundo amarelo, foi expulso e deixou o Icasa com um jogador menos.

Flamel, de pênalti, aos 41, fez o terceiro do Águia; e Sandrinho, aos 47, em bela cobrança de pênalti descontou para o Icasa. Tarde demais para o Verdão do Cariri, rebaixado para a Série D de 2016.

PRÓXIMOS JOGOS
O Águia volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Cuiabá, às 16 horas, novamente no Zinho Oliveira, em Marabá. No mesmo dia e horário o Icasa recebe o ASA, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte.

Ficha Técnica

Fase
1ª fase
Rodada
16ª rodada
Data
13/09/2015
Horário
16h00
Local
Estádio Zinho de Oliveira - Marabá (PA)
Árbitro
Paulo Sergio Santos Moreira - MA

Renda
R$ 3.580,00
Assistentes
Cicero Romao Batista Silva - MA e Carlos André Pereira Sousa - MA

Público
217 pagantes (387 total)
Cartões Amarelos
Icasa-CE: Jucélio, Da Silva, Guídio, Gabriel Dorel

Cartões Vermelhos
Icasa-CE: Da Silva
Gols
Águia-PA: Flamel 18' 1T, Esdras 41' 1T, Flamel 41' 2T
Icasa-CE: Rosivaldo 3' 2T, Sandrinho 47' 2T
Águia-PA
Mayck Douglas;
Ari, Charles, Negretti (Bernardo) e Ednaldo;
Mael, Esdras, Júnior Timbó (Danubio) e Giovani;
Flamel e Daniel (Joãozinho).
Técnico: João Galvão
Icasa-CE
Léo;
Douglas Santos, Jucélio (Wallyson), Vitor e Keano (Paulo Maranhão);
Da Silva, Guídio (Sandro), Gabriel Dorel e Paquetá;
Danilo Lins e Rosivaldo.
Técnico: Maurílio SIlva
 
 
" />