Guaratinguetá 0 x 3 Portuguesa - Sob os olhares de Zinho, Lusa afunda a Garça e se confirma no G4

Técnico do clube do Vale do Paraíba, João Telê voltou a ser muito criticado pelos torcedores presentes no estádio

por Agência Futebol Interior

Guaratinguetá, SP, 08 (AFI) - Com a presença de Zinho, ex-meia de Palmeiras, Flamengo, Cruzeiro e Seleção Brasileira, nas arquibancadas, o Guaratinguetá passou por mais um vexame na temporada 2015, ao ser goleada pela Portuguesa pelo placar de 3 a 0, na noite desta segunda-feira, em pleno Estádio Dario Rodrigues Leite, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com o resultado, a Portuguesa se confirma na quarta colocação do Grupo B, antes da paralisação para a Copa América, com sete pontos, a três do líder Londrina. Já o Guaratinguetá fica na lanterna com apenas um ponto, em quatro jogos disputados.

A Garça vem fazendo uma campanha lamentável em 2015. Somando os jogos da Série A2 do Paulista, onde foi rebaixado, e do Campeonato Brasileiro da Série C, o Guaratinguetá soma 22 derrotas 1 empate e apenas 1 vitória, esta contra a Matonense. Único time que parece que não irá conquistar os seis pontos contra a equipe do Vale do Paraíba é o Guarani, que empatou na primeira rodada do torneio, fator que influenciou na queda do técnico Ademir Fonseca, substituído por Paulo Roberto.

NÃO DEU, GARÇA!
Candidatíssimo ao rebaixamento, o Guaratinguetá até que tentou surpreender a Portuguesa, chegou a estar melhor em alguns momentos da partida, mas não conseguiu segurar a pressão e acabou saindo do Dario Rodrigues Leite com a derrota. A Lusa indicava que sairia com os três pontos desde o início, quando Victor Bolt achou Guilherme Queiroz dentro da área. O atacante se desequilibrou, conseguiu o arremate, mas mandou para fora.

Portuguesa passa por cima do Guaratinguetá nesta segunda
Portuguesa passa por cima do Guaratinguetá nesta segunda

Aos 13 minutos, a Garça ainda se comportava bem e chegou com perigo com Peixoto, que arriscou o chute para boa defesa de Felipe. O atacante era o jogador mais lúcido do Guaratinguetá e teve mais uma oportunidade de abrir o marcador, mas mandou pela linha de fundo.

Nos minutos finais, a Portuguesa voltou a crescer. Aos 36, Dieguinho foi até a linha de fundo e cruzou. Augusto cortou com o braço e o árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Hugo mandou para o fundo das redes, levando uma boa vantagem para o intervalo e complicando a vida do Guará.

FECHOU A CONTA!
O Guaratinguetá, que já havia queimado uma substituição no primeiro tempo, fez mais duas modificações. Saíram Thiago e Henrique, entraram Robinho e Marcus Vinícius, mas a situação só piorou. A Portuguesa foi para o ataque a aumentou o marcador aos 15 minutos. Victor Bolt recuperou a bola no meio de campo e lançou para Guilherme Queiroz deixar o seu.

Zinho acompanhou de perto o duelo entre Guará e Portuguesa
Zinho acompanhou de perto o duelo entre Guará e Portuguesa
A Garça sentiu o gol, enquanto que a Lusa queria decretar a vitória. A Portuguesa subiu e fez o terceiro. Aos 22 minutos, Jonathan fez boa jogada pelo lado direito de campo e cruzou na cabeça de Hugo, que testou firme para marcar. Na sequência, por pouco não saiu o quarto. Guilherme Queiroz recebeu dentro da área, porém, mandou por cima do gol.

Após o terceiro gol, a torcida do Guará perdeu a paciência. O técnico, que, ninguém sabe o motivo, se intitula como João Telê foi o pivô das críticas. O treinador não ficou técnico e acabou respondendo com acenos provocativos, o que fez com os torcedores passassem a aplaudir a equipe da Portuguesa ou qualquer acerto da Garça, em forma de ironia.

Dentro de campo, a Lusa seguia pressionando e teve chances de fazer o quarto. Em uma delas, Victor Bolt arrancou , mas invés de bater para o gol, tentou o toque para Guilherme Queiroz e acabou sendo interceptado. A Garça, por sua vez, só se segurava para não ver o placar ficar mais elástico.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, com a paralisação da Série C para a disputa da Copa América, a Portuguesa só volta a jogar no dia 27 de junho, às 18h, diante do Tupi, no Pacaembu, em São Paulo. O Guaratinguetá, por sua vez, recebe o Caxias no dia 28, às 11h, no Dário Rodrigues Leite.

Ficha Técnica

Fase
1ª fase
Rodada
4ª rodada
Data
08/06/2015
Horário
20h15
Local
Estádio Dario Rodrigues Leite - Guaratinguetá (SP)
Árbitro
Marcelo Prieto Alfieri - SP

Assistentes
Marco Antonio de Andrade Motta Junior - SP e Leandro Matos Feitosa - SP

Público
408 torcedores
Cartões Amarelos
Guaratinguetá-SP: Henrique, Augusto, Felipe, Ruan
Portuguesa-SP: Vinícius, Anderson Luiz, Julinho

Gols
Portuguesa-SP: Hugo 36' 1T, Guilherme Queiroz 15' 2T, Hugo 23' 2T
Guaratinguetá-SP
Felipe;
Gabriel Pitbull, Ruan, Dodô e Augusto;
Bauru, Thiago (Marcus Vinícius), Jackson e Gabriel (Bruno Lima); Henrique (Robinho) e Peixoto.
Técnico: Rogério Zimmermann
Portuguesa-SP
Felipe;
Jonathan, Bolívar, Anderson Luiz e Julinho (Dieyson);
Renan, Vinicius (Marcelo Rosa), Victor Bolt e Dieguinho;
Guilherme Queiroz (Bruno Xavier) e Hugo.
Técnico: Júnior Lopes
 
 
" />