BOMBA! Mazola Júnior deixa o Paysandu

O treinador tinha a aprovação de 84% dos torcedores, mas por um problema familiar, entregou o cargo

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 11 (AFI) – Mazola Júnior não é mais treinador do Paysandu. Na tarde desta quarta-feira, o técnico se reuniu com o presidente Vandick Lima e informou de sua decisão de entregar o cargo. O motivo seria pessoal após um pedido de seus familiares. Até às 17 horas, o clube ainda não tinha feito qualquer comunicado.

Em contato exclusivo com o Futebol Interior, Mazola Júnior agradeceu a oportunidade que teve no clube e revelou que chegou até a ser ameaçado de morte em Belém. Tudo isso, somado a um pedido de seus familiares, influenciaram na decisão.

“Entreguei o cargo de técnico porque preciso ficar mais perto de minha família. Durante a minha carreira eu acabei deixando meus familiares um pouco de lado, mas nesse momento não posso mais fazer isso. Mesmo com uma aprovação de 84% da torcida do Paysandu eu não vou abrir mão da minha família, ainda mais depois de tudo o que aconteceu, comigo sendo ameaçado de morte em Belém”, explicou.

Mazola Júnior conduziu o Paysandu time ao vice-campeonato da Copa Verde e do Paraense, ele possui o maior número de vitórias (21) entre os onze técnicos que passaram pelo clube nos últimos três anos. Foram 41 jogos, com 21 vitórias.

Apesar de ter entregado o cargo, Mazola Júnior disse que torcerá pelo sucesso do clube e elogiou o projeto do time.

“O Paysandu precisa seguir em frente, porque tem um projeto de conquistar o acesso de volta à Série B. Desejo sorte mesmo longe”, finalizou.

Com a saída de Mazola Júnior, dois técnicos são favoritos a assumirem o cargo vago: Vica, campeão da Série C do ano passado com o Santa Cruz e Roberval Davino, experiente em acessos e montagem de bons times.

 
 
" />