Paysandu 2 x 0 Macaé – Papão fica próximo do acesso

O Paysandu garante a vaga mesmo perdendo por um gol de diferença

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 02 (AFI) – O Paysandu confirmou o favoritismo e derrotou o Macaé por 2 a 0, no primeiro jogo do mata mata, que vai decidir uma vaga para o Campeonato Brasileiro da Série B de 2013. A partida aconteceu na noite desta sexta-feira, na Arena Verde, em Paragominas, no norte do Pará.

Julgado por incidentes na partida contra o Icasa, na 9.ª da primeira fase, o Paysandu foi punido em dois jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com isso, escolheu Paragominas, cidade que esta a 300 km da capital Belém para mandar o confronto.

Com a vitória, o Papão sai em vantagem nesta primeira partida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C. E agora, o time fluminense precisa fazer no mínimo três gols no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, mais conhecido como Moacyrzão, em Macaé, no sábado que vem, às 16 horas, para garantir a vaga na Série B do ano que vem.

O duelo começou antes mesmo da bola rolar. Quando o ônibus que transportava a delegação do Macaé estava para entrar na Arena Verde, um torcedor do Paysandu atirou um pedra em direção a um dos vidros, que ficou trincado. Nenhum jogador ficou ferido.

O jogo
O Paysandu deu o pontapé inicial, mas quem deu o primeiro chute foi o Macaé, com Alex Gaibú, que finalizou para fora. Apoiados pela torcida, que compareceu em grande número, os donos da casa pressionaram o adversário, que encontrava muitas dificuldades para sair jogando. Aos 16, Edu Pina e Yago Pikachu entraram em discussão, e sobrou para a comissão técnica dos dois times separar os jogadores. O clima esquentou na decisão pelo acesso a segunda divisão do Brasileiro. O saldo foi de dois cartões amarelos para os “nervosinhos”. Após a confusão, um torcedor foi retirado do estádio por ter arremessado uma garrafa plástica para dentro do campo.

O Macaé assustou com um rápido ataque de Zambi, que subiu entre dois zagueiros paraenses, e cabeceou para a defesa de João Ricardo. Aos 25, Zambi cruzou na área e Jones cabeceou pra fora. E o time visitante parece que esqueceu do jogo, tanto é que pouco depois, Harison cruzou na área e Kiros, de voleio, mandou para a linha de fundo. Um minuto depois, Vanderson arriscou de longe, a bola desviou na zaga e o Fábio Santos fez a defesa. Melhor em campo, o Papão ainda reclamou de um pênalti em cima de Alex Gaibú, mas o árbitro não deu nada.

O Macaé foi assustar novamente apenas aos 32, quando Fabio Sanches chutou duas vezes até João Ricardo segurar a bola. Apesar da pressão dos donos da casa, quem teve a melhor oportunidade do primeiro tempo foram os visitantes. Aos 40, Zambi foi lançado e saiu n acara do goleiro, porém o atacante finalizou errado e mandou para fora.

Vantagem
Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Papão abriu o marcador, quando em uma cobrança de falta pela esquerda, Rafael Oliveira, que entrou no intervalo no lugar de Harrison, desviou de cabeça para o fundo do gol.

Após o susto inicial, o Macaé passou a ter mais posse de bola. A segunda etapa estava equilibrada, com os dois times tocando a bola no meio de campo. Aos 18, Kirus tromba com zagueiro do Macaé Diego dentro da área, e o juiz marca pênalti para os visitantes. Yago Pikachu cobra e amplia o marcador para o Paysandu.

Luis Henrique, aos 25, salva o Macaé de levar o terceiro gol, quando o atacante Jones chutou e o goleiro espalmou para escanteio. Na segunda etapa, o Macaé praticamente não chegou na área do Paysandu, que mandou na partida. Aos 39, Yago Pikachu cruza para Rafael Oliveira, que cabeceia, e no rebote, Thiago Potiguar chuta por cima do gol.

Ficha Técnica

Fase
Quartas-de-final
Rodada
1ª rodada
Data
02/11/2012
Horário
19h00
Local
Arena Verde, em - Paragominas (PA) (PA)
Árbitro
Edivaldo Elias da Silva (PR)

Renda
R$ 164.940,00
Assistentes
Ivan Bohn (MG) e Pedro Christino (MG)

Público
6.336 pagantes
Paysandu-PA
João Ricardo;
Yago Pikachu, Marcus Vinicius, Fábio Sanches e Rodrigo Fernandes;
Vanderson (Pablo), Ricardo Capanema, Alex Gaibú e Harison (Rafael Oliveira);
Kiros (Leandrinho) e Thiago Potiguar.
Técnico: Lecheva
Macaé-RJ
Luiz Henrique;
Edson, Diego, Douglas Assis e Edu Pina;
Geidel, Vagner (Bruno Barra) e Osmar (William);
Zambi, Norton e Jones.
Técnico: Toninho Andrade
 
 
" />