Vila Nova 0 x 1 Caxias - Em jogo de seis pontos, Tigre patina!

O Tigre perde a primeira no Serra Dourada e, está cada vez mais longe do acesso à Série B

por Agência Futebol Interior

Goiás, GO, 05 (AFI) - Mesmo jogando no Serra Dourada, na noite desta sexta-feira, o Vila Nova perdeu a chance de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série C. O Tigre perdeu por 1 a 0 para o Caxias e continuou na sexta colocação. Por sua vez, os gaúchos, dorme na segunda posição e fica próximo da classificação para a segunda fase da competição.

A equipe da casa pressionou do começo ao fim, dando pouca chances à equipe adversária. A falta de pontaria dos homens de frente e a forte marcação do Caxias foram as principais barreiras enfrentadas pelo Tigre. Faltando três rodadas, o tropeço pode ter custado a classificação para próxima fase.

Não pode bobear, Vila!
Em busca do G-4 e apoiado por sua torcida, o Vila Nova tomou a iniciativa da partida. Já aos cinco minutos, Ricardinho arriscou o chute e Juninho fez uma boa defesa. Porém, aos oito minutos, um balde de água fria. O zagueiro Tiago aproveitou o escanteio cobrado por Diniz e, de cabeça, abriu a contagem para o Caxias. Aos 14, após cruzamento na área, Rafael Vaz cabeceou à esquerda do goleiro, quase empatando o jogo.

Apesar do resultado negativo, os torcedores continuaram apoiando o Vila. Uma neblina ocasionada pelos sinalizadores cobriu o Estádio do Serra Dourada. A motivação começou a dar efeito nos jogadores da equipe goiana, que começou a pressionar o Caxias. Mas, aos 23, Diniz cobrou falta, tirando tinta da trave e quase fez o segundo.

A partir dos 30 minutos, o jogo ficou truncado. O clube gaúcho se fechou e saiu para o jogo através dos contra-ataque. O Vila Nova tentou ir para cima, mas não conseguiu fugir da forte marcação adversária e causou perigo apenas nas bolas paradas.

No final da primeira etapa, a torcida já começou a perder a paciência, principalmente com o lateral Wanderson, que a cada domínio de bola foi vaiado. No lado do Caxias, Néison tentou aproveitar o mau momento do Vila e quase ampliou o marcador.

Não marcou, agora ficou difícil!

Na etapa complementar, o técnico Ney da Mata tirou os jogadores Wanderson e Jorginho para as entradas de Edu Amparo e Almir. As alterações surtiram efeito e o Vila dominou a partida. Aos quatro minutos, Negô cobrou escanteio com perigo, mas Luiz Felipe tirou.

As melhores jogadas do Vila Nova continuaram sendo as bolas paradas. Porém, a falta de pontaria ficou evidente. Aos 18, da Mata mudou o time pela última vez: saiu Ricardinho para a entrada de Diego. E aos 21 minutos, o lateral Negô cruzou na área e Pedro Júnior marcou, mas o juiz assinalou impedimento do jogador, o que gerou muita reclamação do lateral.

O tempo foi passando e o placar continuou a favor do Caxias. O Vila teve sua última oportunidade clara aos 33 minutos, com o chute de Rafael Vaz para fora. Porém, a equipe adversária quase ampliou o placar. Aos 37, o último lance de perigo da partida saiu dos pés de Diego, que chutou forte, passando perto do gol de Ruan. Foi a primeira derrota em casa do Vila Nova na Série C

Próximos jogos
O Vila Nova volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro da Série C, só no sábado, dia 13, contra o Madureira, às 15h, no Estádio Conselheiro Galvão, no Rio de Janeiro. Enquanto isso, o Caxias buscará mais uma vitória contra o Santo André, no domingo, dia 14, às 15:30, no Estádio Centenário.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
15ª rodada
Data
05/10/2012
Horário
20h30
Local
Estádio Serra Dourada, em - Goiânia (GO) (GO)
Árbitro
Francisco de Assis Almeida Filho (CE)

Renda
R$ 53.029.00
Assistentes
José Dias da Hora (BA) e Dijalma Silva Ferreira Jr. (BA)

Público
4.975 pagantes
Vila Nova-GO
Ruan;
Nêgo, César Gaúcho, Rafael Vaz e Wanderson (Edu Amparo);
Russo, Ricardinho (Diogo), Jorginho (Almir) e Léo Costa;
Wescley e Pedro Júnior.
Técnico: Ney da Mata
Caxias-RS
Juninho;
Tiago, Micael e Lino;
Luiz Felipe, Umberto, Mateus, Diniz (Cléberson) e Badé (Dener);
Neilson e Rafael Santiago (Diego Torres).
Técnico: Pícoli
 
 
" />