Série C: Rio Branco pode cassar liminar a favor do Treze nesta segunda

Outro caso que deve paralisar o campeonato é envolvendo Brasil de Pelotas e Santo André

por Agência Futebol Interior

Rio Branco, AC, 21 (AFI) – Depois de a Justiça paraibana pedir a inclusão do Treze no Campeonato Brasileiro da Série C de 2012 na última sexta-feira, o Rio Branco deverá nesta segunda tentar cassar a liminar e continuar entre os 20 clubes que disputarão o torneio, previsto para começar no próximo sábado, dia 26.

O clube acreano usa o argumento de que o Treze acionou a Justiça Comum para ter a vaga na competição, o que segundo o Estatuto é proibido. Caso consiga cassar a documentação, o Rio Branco voltará a ficar ao lado de Santa Cruz-PE, Cuiabá-MT, Salgueiro-PE, Águia-PA, Guarany-CE, Icasa-CE, Paysandu-PA, Fortaleza-CE e Luverdense-MT no Grupo A.

“Os clubes estão tentando utilizar a Justiça Comum para resolver os problemas esportivos e isso as leis da Fifa não permitem. Vamos esperar, mas a CBF, quando for comunicada, deve recorrer da decisão em favor do Treze”, disse o presidente da Federação Acreana de Futebol, Antônio Aquino.

Em compensação, o Treze afirma que já teve todos os seus pedidos de inclusão no campeonato negados na Justiça Desportiva, por isso usou a Justiça Comum. Enquanto não define os 20 participantes de forma oficial, a Série C segue uma incógnita e com chances de não começar no próximo final de semana.

Outro caso que deve paralisar o campeonato é envolvendo Brasil de Pelotas-RS e Santo André-SP. O clube gaúcho foi rebaixado para a Série D no ano passado por ter escalado um jogador de forma irregular, acontece que com uma liminar concedida na Justiça de Porto Alegre na última semana, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi obrigada a recolocar o time na Terceira Divisão e rebaixar o Santo André.