Ituiutaba-MG 0 x 1 ABC-RN - Alvinegro vence e fica mais perto do título da Série C

Com o resultado, o time do Rio Grande do Norte joga por um simples empate, no Estádio Frasqueirão, para levantar o troféu.

por Agência Futebol Interior

Uberlândia, MG, 13 (AFI)– No primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro da Série C, o ABC-RN deu um passo importante para conquistar a taça. Jogando na tarde deste sábado, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, o time potiguar venceu o Ituiutaba-MG, por 1 a 0. Essa foi a primeira derrota do time mineiro atuando como mandante. Além disso, o Boa não perdia desde a estreia na competição, quando levou 2 a 1 do Luverdense-MT, fora de casa, no dia 18 de julho, portanto, há quase quatro meses.

O jogo de volta acontece no próximo sábado, às 17 horas, no Estádio Frasqueirão, em Natal. Com a vitória na partida de ida, o ABC joga por um empate para ficar com o título, enquanto que o Ituiutaba precisa vencer por diferença de dois gols. Uma vitória do time mineiro, por 1 a 0, a taça será decidida na cobrança de pênaltis. Seja qual for o campeão, ele será inédito, já que nenhum dos clubes possuem taça da Série C.

Jogo equilibrado no Parque do Sabiá
Os primeiros minutos da partida foram marcados por uma verdadeira ‘blitz’ do Ituiutaba para cima do ABC. Logo no primeiro minuto, após cobrança de escanteio, a zaga do alvinegro afastou sem perigo a bola da pequena área do goleiro Wellington. Não demorou muito, e logo em seguida, aos oito minutos, Ferron levantou bola na área, e o atacante Fabiano, livre de marcação, cabeceou para fora.

O ABC chegou com perigo somente aos 14 minutos. Após boa jogada de Renatinho, o jogador cruzou na área para Cascata, que de peixinho, cabeceou sobre o gol de Luiz Henrique. Os dois times apostavam muito nas jogadas aéreas, porém, a falta de pontaria de ambos não resultava em bons lances. Equilibrando a partida, o time abcdista assustou novamente aos 33 minutos. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para Pio, que sozinho, demorou muito para chutar e foi desarmado por Cléber Mineiro.

Os últimos cinco minutos da primeira etapa foram de total domínio do ABC. Primeiro, aos 43 minutos, Ranatinho driblou três marcadores e chutou rente a trave do goleiro do time mineiro. Em seguida, aos 45, após bola cruzada na área, Cascata apareceu novamente livre de marcação e mandou a bola para fora.

Elefante mais perto do título
O time do ABC voltou para o segundo tempo disposto a sair na frente do marcador. Logo aos dois minutos, Tiago arriscou forte chute de fora da área, passando sobre à meta de Luiz Henrique. O jogo continuava muito ruim tecnicamente, propiciando aos espectadores presentes no estádio muitos passes errados e bate-cabeça dos zagueiros de ambas as equipes.

O primeiro grande lance da segunda etapa aconteceu somente aos 27 minutos. Após joga pela esquerda, Leandrão subiu mais que a zaga adversário e cabeceou com muito perigo. No lance seguinte, o time abcdista abriu o placar no Parque do Sabiá. Após belo passe de Jackson, Cascata invadiu a área e chutou na saída do goleiro.

Atrás no marcador, o Ituiutaba foi para cima do ABC. Cinco minutos após sofrer o gol, em um lance discutível, o juiz marcou pênalti de Pio em cima de Peu. Na cobrança, Totonho acertou a trave do goleiro Wellington e foi para fora. A partir deste lance, o Elefante (mascote do ABC) se defendeu como pode na partida, esperando apenas o apito final do árbitro Luiz Flávio de Oliveira.

Próximo jogo
Jogando pela segunda partida da final da Série C do Campeonato Brasileiro, ABC-RN e Ituiutaba-MG voltam a se enfrentar no próximo sábado, dia 20, às 17 horas, no Estádio Frasqueirão.

Ficha Técnica

Ituiutaba-MG 0 x 1 ABC-RN

Local: Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia-MG
Data: 13/11/2010
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira-SP
Assistentes: Evandro Gomes Ferreira-GO e Edson Antônio de Sousa-GO
Cartões amarelos: Leandrão, Pio (ABC); Flávio
Gol: Cascata aos 26’/2T

Ituiutaba-MG
Luiz Henrique, Ferron, Stanley (Vitor Rossini) e Cleber Carioca; Totonho, Flávio (Radar), Claudinei, Gilsinho e Peu; Fabiano e Peri.
Técnico: Nedo Xavier

ABC-RN
Wellington; Sueliton, Tiago, Leonardo e Renatinho; Basílio, Ricardo (Bileu), Pio e Jackson (Claudemir); Cascata (Éderson) e Leandrão.
Técnico: Leandro Campos