Macaé-RJ 3 x 2 Criciúma-SC - Uma virada histórica na Série C!

Agora, Criciúma precisa de uma vitória simples para garantir o acesso

por Agência Futebol Interior

Macaé, RJ, 10 (AFI) - Numa manhã histórica, o Macaé, após estar perdendo por 2 a 0 para o Criciúma, conseguiu no segundo tempo, fazer três gols e virar a partida em cima do Tigre. A partida disputada no Estádio Claudio Moacyr, pelo jogo de ida do Campeonato Brasileiro da Série C, vai ficar na memória dos torcedores e jogadores do alvianil praiano.

Agora, na partida de volta, disputada, no dia 23/10, às 16 horas, uma vitória simples, no Estádio Heriberto Hulse classifica o Criciúma à Série B. Os cariocas jogam pelo empate para conseguir o acesso.

Tigre fulminante!
A partida começou a mil por hora, o Macaé ia para cima e tentava chegar ao seu gol. Mas, nos contra-ataques, o Criciúma também era bastante perigoso e foi assim, que o Tigre abriu o placar. Aos 18 minutos, Fábio Santana recebeu lançamento e tocou na saída do goleiro Lugão, que nada pode fazer.

O Macaé foi para cima e teve suas chances de gol, sempre em chutes de fora da área. Aos 31 minutos, Gedeil arriscou e a bola saiu tirando tinta da trave. Aos 35 foi a vez de André Gomes bater de fora da área e a bola explodir no poste esquerdo de Agenor.

Com o forte calor, os dois times estava muito desgastados com a partida. Mas, os cariocas ficavam em cima em busca do gol de empate. Aos 44 minutos, André Gomes fez linda jogada individual, passou por dois zagueiros e bateu cruzado. Em cima da linha, a bola bateu em Bruno Luiz e saiu pela linha de fundo, perdendo uma boa chance.

No final do primeiro tempo, o Criciúma ampliou o placar no contra-ataque. Lins pegou na intermediária, passou por dois zagueiros do Macaé, invadiu a área e rolou para Marcos Denner. Ele fintou o goleiro, Lugão e bateu no alto, ampliando o marcador.

Virada espetacular!
O técnico Dário Lourenço mexeu bem no seu time para o segundo tempo, colocou todo no ataque, enquanto, Argel Fucks fechou seu time. Resultado: O Macaé foi com tudo para cima em busca do seu primeiro gol, que saiu aos 18 minutos.

Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área, o atacante Robson conseguiu, quase caído, tocar para o fundo das redes. A pressão carioca era muito, enquanto, o Tigre tinha sentido o primeiro gol e ficou muito fechado no seu campo.

Com isso, aos 24 minutos, o Macaé empatou a partida. Após cruzamento na área, o zaga do Criciúma não afastou o perigo. O zagueiro Otávio aproveitou e dentro da pequena área, só tocou para o fundo das redes.

Com a torcida inflamada, o Macaé chegou ao terceiro gol, aos 26 minutos. Em mais um cruzamento, Edivaldo, livre no segundo pau, tocou para o meio da área, o meia Serginho apareceu livre e só tocou para o fundo das redes.

No final, o Criciúma tentou pressionar em busca do seu gol de empate. Mas, o Macaé ficou bem fechado no setor defensivo e conseguiu segurar o placar até o final e comemorar a vitória com seus torcedores.

Ficha Técnica

Macaé-RJ 3 x 2 Criciúma-SC

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé-RJ
Público pagante: 4.971 (5.771 presentes)
Renda: R$ 23.970,00
Árbitro: Cleber Welington Abade-SP
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse-SP e Giovani Cesar Canziam-SP
Cartões amarelos: André Gomes (Macaé); Fábio Santana (Criciúma)
Gols: Fábio Santana aos 18'/1T e Marcos Denner aos 46'/1T (Criciúma); Robson aos 18'/2T, Otávio aos 24'/2T e Serginho aos 26'/2T (Macaé)

Macaé
Lugão; Johnatan, Otávio, André e Bill; Gedeil, Da Silva (Serginho), André Gomes e Danilo (Robson); Raphael Aguiar e Bruno Luiz (Edivaldo).
Técnico: Dário Lourenço.

Criciúma
Agenor; Fábio Santana, Rogélio, Nino e Galego; Henik, Mika, Têti (Lucca) e Diogo Oliveira (Chicão); Lins e Marcos Denner (Lincom).
Técnico: Argel Fucks.