Seleção Série C tem destaques dos tradicionais e técnico líder

Argel Fucks é o escolhido para comandar o seleto grupo de craques da oitava rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) – O Campeonato Brasileiro da Série C está chegando na reta final da primeira fase. Clubes tradicionais tiveram resultados importantes pela oitava rodada. O Paysandu venceu o São Raimundo, por 1 a 0, e foi o primeiro time a confirmar vaga às quartas-de-final. Já o Criciúma venceu o Caxias, por 1 a 0, e assumiu a liderança do Grupo D. Na mesma chave, o Juventude se manteve vivo na disputa e evitou o rebaixamento ao fazer 2 a 1 na Chapecoense, até então líder.

Como é de praxe, o Portal Futebol Interior, que acompanha de perto a Série C, elege os melhores da rodada para a Seleção Futebol Interior. Além do seleto time de craques, tem ainda o treinador. Nesta rodada, Argel Fucks (foto), do Criciúma, foi o eleito, por ter feito um trabalho muito bom no comando do Tigre e conquistado a primeira colocação com uma vitória emocionante.

Confira a Seleção FI da 8ª rodada da Série C:
Goleiro: Agenor (Criciúma-SC) –
Foi o grande responsável para o Criciúma ter ficado mais próximo da classificação às quartas-de-final da Série C. Agenor defendeu, pelo menos, três grande oportunidades criadas pelo time do Caxias. No final, o gol de Lins coroou a grande atuação do arqueiro do Tigre, que lidera o Grupo A.

Lateral-direito: Fábio Santana (Criciúma-SC) – Fez uma partida sem comprometer na marcação. Quando encontrou espaços, foi ao ataque e teve oportunidade de converter a chance em gol. Mostrou sem um jogador que atua em prol do coletivo e auxilia os companheiros nos momentos mais complicados de uma partida. Assim, foi diante do Caxias.

Zagueiro: Fred (Juventude-RS) –
Além de defender muito bem e brecar as chegadas dos jogadores da Chapecoense, foi dele o gol que abriru o placar no Alfredo Jaconi. Fred jogou muito bem na defesa e quando teve liberdade para atacar não desperdiçou e marcou para o JU, que agora fica vivo na competição.

Zagueiro: Cleber Carioca - foto - (Ituiutaba-MG) - Um leão em campo, ajudou muito no setor defensivo. Foi ele o responsável por parar um dos melhores ataques da Série C. O empate diante do Macaé, fora de casa, se deve muito ao zagueiro. Carioca se sentiu em casa no Rio de Janeiro e provou ser um jogador com futuro dentro do futebol.

Lateral-esquerdo: Ivan (Rio Branco-AC) – O lateral o Rio Branco demosntrou que pode ser útilo não somente na marcação, mas também apoiando o ataque. Na primeira vitória do Estrelão nesta Série C, Ivan foi ao ataque e marcou o gol que abriu o placar diante do Águia-PA, em casa, na Arena da Floresta.

Volante: Everton (Marília) – Fez uma partida tranquila, pois soube como anular o setor de criação do Gama. Assim, os atletas do time candango pouco conseguiram fazer. Everton mostrou garra e determinação de sobra para fazer o MAC conquistar um ponto importante jogando como visitante no Grupo C.

Volante: Ricardo Oliveira (ABC) – Soube como brecar o ataque do Campinense. Por alguns momentos, Ricardo Oliveira chamou a responsabilidade pela marcação e deu conta do recado com tranquilidade. É um jogador com boa técnica e que sabe anular as jogadas adversárias sem a necessidade de falta. Foi assim diante do time paraibano.

Meia: Tallys (Gama-DF) - O time candando criou muitas oportunidades e as principais jogadas saíram dos pés de Tallys. É um jovem atleta, mas que consegue se destacar em um elenco limitado e que ainda corre sérios riscos de rebaixamento. Tallys foi um dos poucos que se salvou na atuação regular do Gama diante do Marília.

Meia: André Gomes (Macaé-RJ) - Mesmo o time não vencendo, André Gomes foi o melhor em campo. O meia poderia ter feito um golaço, talvez o mais belo da Série C, qundo deu um voleio que a bola quase entrou. O jogador do Macaé é candidato a um dos melhores da competição nacional.

Atacante: Ismael Espiga (Juventude-RS) – É tido como uma boa promessa do JU. Jogous nas duas últimas partidas e deixou sua marca em ambas. Espiga fez o gol da primeira vitória do Juventude na Série C. O atacante tem caído na graça da torcida e colocou o artilheiro Fausto na reserva.

Atacante: Bruno Rangel - foto - (Paysandu-PA) – O Paysandu está classificado às quartas-de-final da Série C e a torcida do Papão deve isso a Bruno Rangel. O atacante foi o autor do gol que qualificou o Bicolor para seguir sonhando em voltar à Série B do Brasileiro.

Técnico: Argel Fucks (Criciúma-SC) – Provou mais uma vez que tem estrela. Diante de seu ex-clube, Argel escalou o Criciúma no esquema 4-4-2 e obteve uma importante vitória. Agora, com 10 pontos, o Tigre lidera o Grupo D e está mais perto da classificação. O treinador não teve medo em mudar o time ainda no primeiro tempo e foi recompensado com o gol aos 45 minutos da etapa final.