Luverdense 2 x 0 Rio Branco - Vaga na Série C de 2010 garantida

por Orlando Antunes

Lucas do Rio Verde, MT, 26 (AFI) - Com um gol de Paulinho Marília aos três minutos do primeiro tempo e um do ala Paulinho aos 32 minutos do segundo tempo, o Luverdense venceu o Rio Branco por 2 a 0, em jogo disputado na tarde deste domingo, no Estádio Passos da Ema, que recebeu o maior público entre todos os jogos disputados na cidade.

Confira:
Rodada da Série C: Brasil derruba Marília e se classifica

Com o resultado, o time de Lucas do Rio Verde permanece no Campeonato Brasileiro da Série C em 2010 e a exemplo do ano passado, ressurgiu das cinzas e, por pouco, não consegue a sua classificação para a segunda fase. O time do Luverdense chegou aos 11 pontos, se igualando ao Paysandu e Águia de Marabá, mas já encerrou sua participação na competição, enquanto que os adversários ainda têm uma rodada no próximo dia 02 de agosto.

Tudo é festa!
Sabendo que não poderia vacilar, o Luverdense encurralou o Rio Branco e foi para cima. Os gols foram apenas questão de tempo, já que o time dominou o jogo todo e não fez mais por puro preciosismo dos seus atacantes.

O adversário direto para permanecer na Série C, o Sampaio Corrêa, pode chegar aos 11 pontos, mas mesmo assim a equipe matogrossense não seria rebaixada devido aos outros concorrentes. Por isso, o Luverdense consegue se manter na Série C para o ano que vem.

Após a partida transmitida ao vivo pela Rádio Cultura de Cuiabá, houve muita festa na cidade e o campo foi invadido pela torcida que comemorou junto aos torcedores e diretoria. O Rio Branco, mesmo com a derrota, ainda pode se classificar para a segunda fase, desde que vença o Águia de Marabá, em Rio Branco, no próximo final de semana.

Ficha técnica:

Luverdense 2 x 0 Rio Branco

Local: Estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde-MT
Árbitro: Edmundo Alves Nascimento
Gols: Paulinho Marília aos 3’/1T e Paulinho aos 32’/2T (Luverdense)

Luverdense
Cristiano; Bojé (Eder), Airton, Zé Roberto e Macaé; Buti, Fabinho (Odil), Paulinho e Maicon Gaucho; Paulinho Marilia (Edmilson) e Semião.
Técnico: Tarciso Pugliesi.

Rio Branco
Douglas; Ley, Régis, Jean e Renatinho; Wendel, Ismael, Ronaldo Paulista e Testinha (Linecker); Rogério (Ananias) e Júlio Cesar.
Técnico: Everton Goiano.