Operário x Oeste - Lanterna deixou de ser favas contadas na Série B!

Rubrão vem de três jogos sem derrota e quer seguir vivo na luta contra o acesso

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 07 (AFI) - Sabe aquele saco de pancadas do início da Série B do Campeonato Brasileiro? Deixou de existir no returno. Animado com a sua maior série invicta, o Oeste quer manter a boa fase contra o Operário, nesta sexta-feira, às 19h15, no Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela 33ª rodada, para seguir vivo na briga contra o descenso.

Nas últimas três rodadas, o Oeste superou o Vitória, por 2 a 1, em casa, ficou no 1 a 1 com o Botafogo, em Ribeirão Preto, e ganhou do Figueirense, por 2 a 1, em Barueri. Os paulistas, no entanto, ainda estão na lanterna com 23 pontos, a 12 do primeiro fora da degola.

"Temos que ter muita atenção com o Oeste. Não condiz com a atual situação deles na tabela. Fizeram um bom jogo contra o Figueirense, vem de alguns resultados bons e de bons jogos", disse o técnico Matheus Costa, do Operário.

FORTE EM CASA!
O Operário, após empatar, por 1 a 1, com o Vitória, chegou aos 42 pontos, na 12ª posição. Nas últimas partidas como mandante, o Fantasma superou o Juventude, por 3 a 0, a Ponte Preta, por 1 a 0, e o Paraná, por 1 a 0, além de ter empatado com Sampaio Corrêa (1 a 1) e Avaí (1 a 1).

A série invicta vem desde 21 de novembro, quando caiu diante do América-MG (1 a 0). Como mandante, o Operário tem a oitava melhor campanha com 27 pontos em 16 jogos. Aproveitamento de 56%.

Força em casa. (Foto: José Tramontin / Operário)
Força em casa. (Foto: José Tramontin / Operário)

IMPOSIÇÃO!
Matheus Costa terá que superar os desfalques do zagueiro Ricardo Silva e do volante Jiménez, ambos suspensos pelo terceiro amarelo. Reniê, que vinha jogando de lateral-esquerdo, assumirá sua posição de origem na zaga. No meio-campo, o volante Leandro Vilela será titular. Já Fabiano, que não atuou contra o Vitória, reassume a titularidade na lateral esquerda.

"Temos que fazer nosso dever, procurar criar o nosso jogo de imposição, fazer com que a gente fique mais tempo com bola e procure mais o gol. Que a gente tenha cautela no momento que perde a bola, pra não dar oportunidade ao Oeste. Eles são perigosos no contra-ataque, com a chegada do Fábio e do Pedrinho, esses jogadores que chegaram no segundo turno e estão fazendo uma boa competição. A gente tem que saber neutralizar isso", analisou o comandante.

UM FORA!
Oeste em alta. (Foto: Guilherme Drovas)
Oeste em alta. (Foto: Guilherme Drovas)

O técnico Roberto Cavalo terá que superar o desfalque do lesionado lateral-direito Matheus Rocha. Éder Sciola que substituiu o companheiro na rodada passada é o favorito, mas Raí Ramos também tem chances de entrar.

Betinho e Bruno Lopes, enquanto isso, foram amarelados e estão suspensos. Os dois entraram no decorrer da partida contra o Figueirense e não vêm sendo aproveitados no time titular.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
33ª rodada
Data
08/01/2021
Horário
19h15
Local
Germano Kruger - Ponta Grossa (PR)
Árbitro
Rafael Martins de Sá (RJ)

Renda
--
Assistentes
Gabriel Conti Viana (RJ) e Thiago Gomes Magalhães (RJ)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Operário-PR: Rafael Chorão
Oeste-SP: Lídio

Gols
Operário-PR: Rafael Oller 13' 2T, Pedro Ken 46' 2T
Operário-PR
Martín Rodríguez;
Alex Silva, Bonfim, Reniê e Fabiano;
Leandro Vilela, Marcelo (Rafael Chorão) e Tomas Bastos (Jean Carlo);
Douglas Coutinho (Maranhão), Ricardo Bueno (Schumacher) e Rafael Oller (Pedro Ken).
Técnico: Matheus Costa
Oeste-SP
Caíque França;
Raí Ramos, Vitão, Maurício Barbosa e Rael;
Lídio (Kalil), Yuri (Diogo) e Caio (Welliton);
Pedrinho, Bruno Alves (Léo Ceará) e Fábio.
Técnico: Roberto Cavalo