Náutico 0 x 0 América-MG - Alô Série A, estou de volta!

Coelho não joga bem, mas é beneficiado por outros resultados e conquista o acesso

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 12 (AFI) - Agora é oficial: o América-MG está novamente entre os melhores clubes do futebol nacional. A atuação na noite desta terça-feira não foi das melhores, mas o empate sem gols com o Náutico, nos Aflitos, pela 34ª rodada da Série B, garante matematicamente o time mineiro na elite do Brasileirão.

Beneficiado pelas derrotas de CSA e Juventude para Paraná e Brasil de Pelotas, respectivamente, o América-MG se manteve na liderança isolada e, com 67 pontos, não pode mais ser alcançado pelos times que estão fora do G4.

VEJA MELHORES de NÁUTICO 0 X 0 AMÉRICA-MG


ATRÁS DO TRI
A última vez que o América-MG disputou a Série A do Brasileirão foi em 2018, quando acabou sendo rebaixado. Agora, o time vai atrás do título para conquistar o tricampeonato da Série B.

Por outro lado, o Náutico perdeu a chance de se distanciar da zona de rebaixamento e pode até mesmo entrar na degola no complemento da rodada se Figueirense e Vitória ganharem seus jogos. O time pernambucano tem 39 pontos e é o 15º colocado.

América-MG conquistou o acesso ao empatar com o Náutico (Foto: Mourão Panda/América)
América-MG conquistou o acesso ao empatar com o Náutico (Foto: Mourão Panda/América)

COMEÇOU BOM, MAS DEPOIS CAIU
Mesmo diante do líder, o Náutico começou a partida em cima e criou a primeira chance aos dois minutos. Kieza foi lançado por Jean Carlos, invadiu a área e, pressionado por Messias, mandou na rede pelo lado de fora. A resposta do América-MG veio em chute de Ademir defendido por Anderson.

Aos nove, Kieza invadiu a área, passou por Matheus Cavichioli, mas perdeu o ângulo. O atacante ajeitou para Jean Carlos, que bateu em cima de Zé Ricardo. Depois de um início bastante movimentado, o jogo caiu um pouco de ritmo. O América-MG aos poucos passou a controlar a bola.

Juninho ficou com a sobra de cruzamento e bateu por cima do gol. Já nos minutos finais, Jean Carlos cobrou escanteio, Kieza chegou antes que Matheus Cavichioli, mas a cabeçada foi por cima do travessão.

PASSINHO DA COMEMORAÇÃO DO COELHO

MORNO
Assim como no começo do jogo, o Náutico voltou do intervalo partindo para cima do América-MG. Faltava, porém, acertar a pontaria. Aos 17 minutos, Felipe Augusto soltou a bomba em cobrança de falta, mas a bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo.

América-MG e Náutico empataram nos Aflitos (Foto: Mourão Panda/América)
América-MG e Náutico empataram nos Aflitos (Foto: Mourão Panda/América)

Aos 26, Jean Carlos mandou para a área e Kieza desviou com perigo para fora. Diante dos resultados da rodada, o América-MG ia confirmando o acesso e por isso parecia satisfeito com o empate. E quando teve a oportunidade, Neto Berola furou na marca do pênalti.

Os jogadores do Náutico reclamaram de um pênalti de Messias em cima de Kieza aos 32 minutos. Na última oportunidade, Jorge Henrique recebeu de Ruy dentro da área e bateu firme para a defesa em dois tempos de Matheus Cavichioli.

PRÓXIMOS JOGOS
O Náutico volta a campo no domingo, contra a Ponte Preta, às 16 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado, o América-MG recebe o Botafogo, às 21h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Os jogos são válidos pela 35ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
34ª rodada
Data
12/01/2021
Horário
19h15
Local
Aflitos - Recife (PE)
Árbitro
Douglas Schwengber da Silva (RS)

Assistentes
Rafael da Silva Alves (RS) e André da Silva Bitencourt (RS)

Cartões Amarelos
Náutico-PE: Camutanga, Rhaldney , Kevyn
América-MG: Messias, João Paulo, Ademir

Náutico-PE
Anderson;
Bryan, Rafael Pereira, Camutanga e Kevyn;
Rhaldney, Renan Foguinho (Jhonnatan) e Jean Carlos (Ruy);
Dadá Belmonte (Jorge Henrique), Erick e Kieza.
Técnico: Hélio dos Anjos.
América-MG
Matheus Cavichioli;
Daniel Borges (Joseph), Messias, Anderson e João Paulo (Lucas Luan);
Zé Ricardo, Juninho (Marcelo Toscano) e Alê;
Ademir (Léo Passos), Felipe Augusto (Neto Berola) e Rodolfo.
Técnico: Lisca.