Chapecoense x Figueirense - Um clássico que pode definir muita coisa!

O Verdão do Oeste tem a chance de confirmar matematicamente o acesso nesta terça-feira

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 11 (AFI) - Podendo confirmar matematicamente o acesso à elite do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense faz o clássico contra o Figueirense nesta terça-feira, às 21h30, na Arena Condá, pela 34ª rodada da Série B.

Rebaixada em 2019 para a Série B do Brasileiro, a Chapecoense vai para a sua nona participação na principal divisão nacional. A melhor campanha da história foi em 2017, quando terminou na oitava colocação.

Apesar de não vencer há dois jogos e vim de uma goleada para o Botafogo, por 3 a 0, em Ribeirão Preto, a Chapecoense ainda está em situação confortável, na vice-liderança, com 63 pontos. Para subir, o time precisa ganhar e torcer para CSA ou Juventude perder.

Enquanto isso, o Figueirense luta desesperadamente contra o rebaixamento para a Série C e também não ganha há duas rodadas. A sequência fez o Furacão cair para a 17ª colocação, com 36 pontos, um a menos que o Vitória, primeiro time fora da degola.

Figueirense e Chapecoense empataram no primeiro turno (Foto: Márcio Cunha/ACF)
Figueirense e Chapecoense empataram no primeiro turno (Foto: Márcio Cunha/ACF)
NÚMEROS!

Chapecoense e Figueirense já se enfrentaram 155 vezes e a vantagem é alvinegra, com 63 vitórias contra 42, além de 50 empates. O Furacão, porém, não ganha de abril de 2018. Depois disso, aconteceram cinco jogos, com quatro empates e uma vitória do Índio Condá.

COMO VEM O VERDÃO
Anselmo Ramon, artilheiro do time na temporada, é o desfalque pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Umberto Louzer volta a contar com Roberto na lateral esquerda. Com isso, Matheus Ribeiro retorna à posição de origem na direita.

Os laterais Alan Ruschel e Busanello seguem lesionados. No ataque, há possibilidade da volta de Paulinho Moccelin, que não foi relacionado na partida contra o Botafogo-SP depois de ter sido flagrado em uma casa noturna sem o uso de máscaras.

VOLTA DO PROFESSOR

O principal reforço do Figueirense para o clássico vai estar no banco de reservas. Recuperado da Covid-19, Jorginho está de volta depois de dois jogos fora. Coincidência ou não, o time não ganhou sem o treinador na beira do gramado: perdeu para o Oeste (2 x 1) e empatou com o CSA (0 x 0).

Outra boa notícia é o retorno do experiente atacante Alecsandro, que não enfrentou o CSA porque cumpria suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Com a presença de Alecgol, Guilherme fica como opção no banco de reservas.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
34ª rodada
Data
12/01/2021
Horário
21h30
Local
Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro
Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Renda
--
Assistentes
Leirson Peng Martins (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)

Público
Portões Fechados
Gols
Chapecoense-SC: Paulinho Moccelin 21' 1T, Derlan 20' 2T
Figueirense-SC: Diego Gonçalves 38' 2T
Chapecoense-SC
João Ricardo;
Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Derlan e Roberto;
Anderson Leite (Ronei), Willian Oliveira e Denner (Lucas Tocantins);
Mike (Aylon), Perotti (Alan Santos) e Paulinho Moccelin (Foguinho).
Técnico: Umberto Louzer
Figueirense-SC
Rodolfo Castro;
Thiaguinho, Guilherme Thiago, Vitor Mendes e Renan Luís;
Arouca, Matheus Neris (Alemão) e Dudu (Alecsandro);
Bruno Michel (Guilherme), Geovane Itinga (Erison) e Diego Gonçalves.
Técnico: Jorginho.