América-MG 1 x 0 CRB - Liderança provisória e agora é secar Chape e pegar o Palmeiras

Com 60 pontos, o time mineiro, agora, tem um ponto a mais do que a Chapecoense, com 59 pontos, que joga segunda-feira

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) - O América-MG assumiu a liderança provisória do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o CRB, por 1 a 0, no final da tarde na Arena Independência pela 31.ª rodada. Completou seis jogos invicto e está bem perto da elite em 2021. Segundo as previsões de estatístscos, faltam só mais cinco jogos nas últimas sete rodadas para chegar aos 65 pontos.

Com 60 pontos, o time mineiro, agora, tem um ponto a mais do que a Chapecoense, com 59 pontos, mas que fechará a rodada na segunda-feira à noite em casa diante do Paraná. O CRB segue com 37 pontos, em 14.º lugar, ainda preocupado com a ameaça de rebaixamento.

VEJA O GOL COM IMAGENS DA DAZN

NOVO DESAFIO
Após mais este desafio superado, o América-MG vai virar a chave e se concentrar para o segundo duelo das semifinais da Copa do Brasil contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira de novo na Arena Independência.

Em São Paulo segurou o empate por 1 a 1 e quem vencer agora chega à decisão, inédito para o Coelho. Se chegar à final o time mineiro leva uma bolada de R$ 22 milhões, além dos quase R$ 18 milhões que já embolsou por chegar até esta fase.

MEIO A MEIO
Apesar da disposição do técnico Lisca em escalar seu time titular, ele ficou sem cinco jogadores com suspensões ou lesões. No mais, usou alguns titulares e deixou o time competitivo. O CRB, preocupado, iniciou o jogo preocupado com a marcação e respeitando os donos da casa.

A posse de bola também esteve equilibrada. Cada time criou uma boa chance, mas finalizando mal. Até que o time mineiro saiu na frente aos 29 minutos.

Juninho, capitão, marcou o gol do Coelho
Juninho, capitão, marcou o gol do Coelho

Alê recebeu a bola na linha de fundo pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para trás para Juninho. Dois passos dentro da área, o capitão mineiro ajeitou e chutou forte no canto esquerdo do goleiro Edson Mardden. O capitão puxou seus companheiros para comemorar o gol com o técnico Lisca, que vive um momento mágico na carreira.

QUASE AMPLIOU
Os americanos poderiam ter ampliado aos 46 minutos, quando tiveram uma grande chance. Felipe Augusto arriscou de longe e contou com o desviou no zagueiro gol, mas Edson Mardden espalmou para escanteio, num grande defesa.

No começo do segundo tempo o CRB esboçou ir ao ataque, mas não mostrou força. Ao se abrir, o time alagoano deu espaços para os contra-ataques dos mineiros. Rodolfo quase ampliou aos 24 minutos, quando limpou a jogada, bate de pé esquerda e só não marcou porque o Gum bloqueou e a bola saiu em escanteio.

Jogadores foram comemorar gol com Lisca. Foto: Mourão Panda - AMÉRICA
Jogadores foram comemorar gol com Lisca. Foto: Mourão Panda - AMÉRICA
O CRB ainda teve a chance de comemorar um gol aos 42 minutos, porém, anulado com impedimento de Daniel Amorim que cabeceou bem após falta levantada por Régis Tosatti, do lado esquerdo. Houve reclamação geral dos alagoanos.

PRÓXIMOS JOGOS
Pela Série B, o América-MG só joga no dia 2 de janeiro, sábado, quando vai enfrentar o Guarani em Campinas pela 32.ª rodada. O CRB vai buscar a reabilitação na terça-feira quando enfrenta o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis (SC) a partir das 19h15.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
26/12/2020
Horário
18h30
Local
Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)

Assistentes
Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)

Cartões Amarelos
América-MG: Sávio
CRB-AL: Luiz Paulo, Iago

Gols
América-MG: Juninho 29' 1T
América-MG
Airton;
Daniel Borges, Messias, Anderson Jesus e Sávio;
Flávio (Sabino), Juninho e Alê (Geovane);
Ademir (Léo Passos), Felipe Augusto (Calyson) e Rodolfo (Marcelo Toscano).
Técnico: Lisca 'Doido'
CRB-AL
Edson Mardden;
Reginaldo, Gum, Ewerton Páscoa e Luiz Paulo (Olívio);
Carlos Jatobá (Hyuri), Claudinei e Diego Torres;
Pablo Dyego (Régis Tosatti), Lucão do Break (Daniel Amorim) e Luidy (Iago).
Técnico: Roberto Fernandes