SELEÇÃO FI SÉRIE B chega goleadora e com destaque para o hat-trick do artilheiro

Ao todo, sete jogadores da Seleção FI deixaram sua marca nesta rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - Caio Dantas é o cara! E o atacante do Sampaio Corrêa comanda a goleadora Seleção Futebol Interior da 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Ao todo, sete jogadores da Seleção FI deixaram sua marca nesta rodada.

Com direito a hat-trick, Caio Dantas levou o Sampaio Corrêa ao triunfo, por 3 a 2, sobre o Juventude e, consequentemente, ao G4. O artilheiro chegou aos 13 gols e disparou na liderança. Murilo Rangel também foi mais de uma vez para as redes.

Caio Dantas fez hat-trick e chegou a 13 gols. (Foto: Lucas Almeida)
Caio Dantas fez hat-trick e chegou a 13 gols. (Foto: Lucas Almeida)

O meia do Guarani marcou duas vezes no empate, por 3 a 3, com o Cruzeiro em pleno Mineirão. Douglas Coutinho foi outro a fazer dois gols. Ele encerrou jejum na vitória do Operário. Ari Moura foi mais econômico. Fez "apenas" um gol, mas foi o tento da vitória do Confiança.

CONFIRA OS MELHORES DA 21ª RODADA DA SÉRIE B:

Goleiro: João Ricardo (Chapecoense)
A líder Chapecoense costuma aparecer na Seleção FI com meias e atacantes. O sistema defensivo, porém, também merece aplausos. Quando precisa, lá está João Ricardo. E foi assim na magra, mas importante vitória sobre o CSA. A Chapecoense tem a melhor defesa, apenas cinco gols tomados em 21 jogos. E não levou gols em 17 rodadas.

Lateral-direito: Apodi (Ponte Preta)
Apodi é polivalente. Ele pode ser escalado na lateral, mas atua em todas as partes do campo. E sempre foi assim. Um incansável. Contra o Brasil-RS, foi ele quem salvou a Ponte Preta. Aos 44 minutos, Lazaroni recebeu de Camilo e colocou na cabeça de Apodi que fez para os paulistas o gol de empate em Campinas.

Incansável Apodi nas redes. (Foto:PontePress/ÁlvaroJr)
Incansável Apodi nas redes. (Foto:PontePress/ÁlvaroJr)

Zagueiro: Maurício Ramos (Vitória)
Maurício Ramos foi um verdadeiro xerife na vitória do Vitória por 3 a 0 para cima do Figueirense. O defensor anulou os atacantes rivais e ainda foi preciso com desarmes importantes para selar o triunfo com tranquilidade. Certamente será um dos pilares do Leão na temporada.

Zagueiro: Anderson Conceição (Cuiabá)
Anderson Conceição foi, mais uma vez, seguro na defesa. Ele conseguiu parar o ataque do vice-líder América-MG. Não satisfeito, o defensor ainda apareceu duas vezes no ataque e deu trabalho à zaga dos mineiros.

Lateral-esquerdo: Fabiano (Operário)
Foi a válvula de escape do Fantasma, principalmente no primeiro tempo. Como o Náutico não atacava, Fabiano foi muito mais importante ofensivamente do que defensivamente. Não à toa, deu assistência para Ricardo Bueno abrir o placar.

Volante: Fernando Neto (Vitória)
Multifunção, Felipe Neto jogou como armador, volante de contenção e ainda como camisa 9. Fez o gol que abriu o placar no Barradão e encaminhou o triunfo do Vitória. Ainda participou da jogada que culminou com o gol de Guilherme Rend, que deu resultado final ao duelo.

Volante: Claudinei (CRB)

Claudinei é volante, mas deu uma de atacante e virou heroi do CRB na 21ª rodada. O jogador, aliás, salvou a estreia do técnico Ramon Menezes. O CRB só empatava com o lanterna Oeste, quando Claudinei entrou em ação. O rebote, na meia-lua, ficou com Claudinei, que chutou de primeira e marcou um belo gol, com bola rasante.

Meia: Murilo Rangel (Guarani)

Dois gols em pleno Mineirão. (Foto: Reprodução)
Dois gols em pleno Mineirão. (Foto: Reprodução)

Foi o principal nome do Guarani no empate por 3 a 3 com o Cruzeiro. Criou as principais oportunidades da equipe e viveu uma noite de artilheira, ao balançar as redes em duas oportunidades. É um atleta que pode fazer a diferença na busca pelos objetivos do Bugre na Série B do Campeonato Brasileiro.

Atacante: Douglas Coutinho (Operário)
Lavou a alma contra o Náutico. Estava sem marcar há três meses e encerrou o jejum com dois de uma só vez. O primeiro foi um chute de fora da área no cantinho. Já o segundo foi de puro oportunismo ao completar cruzamento rasteiro de Tomas Bastos.

Atacante: Ari Moura (Confiança)
Ari Moura foi outra vez para as redes. O atacante tem sido essencial na campanha do Confiança. Mesmo entrando ao longo do jogo, Ari Moura foi o herói do Dragão na vitória sobre o Botafogo. Foi dele o gol da vitória que deixou os sergipanos de olho no G4.

Menção honrosa a Paulinho Moccelin, da Chapecoense. É verdade que ele não fez gol, mas deu cada assistência. O atleta ditou o ritmo do jogo e deu um passe maravilhoso para Anselmo Ramon fazer o único gol do duelo.

Atacante: Caio Dantas (Sampaio Corrêa)
1, 2, 3... Três gols na vitória do Sampaio Corrêa, por 3 a 2, sobre o Juventude. E 13 gols ao longo de toda a Série B. Caio Dantas é o cara! O nome da Bolívia Querida! Ele disparou na artilharia da Série B e ainda colocou os maranhenses no G4. Inspiração em pessoa! Esse cara tem estrela!

Técnico: Umberto Louzer (Chapecoense)
Umberto Louzer mostra, a cada rodada, que fez bem ao não trocara a Chapecoense pelo Cruzeiro. A Chape venceu mais uma e disparou ainda mais na liderança. São 16 jogos seguidos sem perder. Sem falar que o clube catarinense tem a melhor defesa e não sofreu gols em 17 jogos. Louzer tem total domínio do elenco e os comanda a passos largos rumo ao acesso.