CSA x Paraná – Jogo crucial para não se afastar de vez do G4

Os dois times ainda sonham com o acesso, mas não podem se desgarrar do grupo da frente

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 09 (AFI) – Tentando voltar ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná encara o CSA neste sábado, às 18h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 15ª rodada.

O time da casa é o 12º colocado com 16 pontos e está perigosamente próximo da zona do rebaixamento, apenas dois pontos acima do Figueirense, time que abre o Z4.

Já o Paraná, com 23 pontos, é o quinto colocado. A equipe chegou a liderar a Série B, mas caiu de rendimento e agora fica fora do G4 pelo número de gols marcados: 15 contra 21 do quarto colocado Juventude.

DÚVIDAS NO CSA
O técnico Mozart tem algumas dúvidas para escalar o CSA para essa partida, especialmente no setor ofensivo. Andrigo e Pedro Júnior disputam uma das vagas, enquanto Nadson, que se destacou na última partida deve seguir no time.

O único desfalque segue sendo o goleiro Thiago Rodrigues, que se recupera de uma lesão no joelho. Matheus Mendes continua sendo o substituto natural e vai fazer mais uma partida como titular.

MUDANÇAS NO TRICOLOR
No Paraná, o técnico Allan Aal não conta com o lateral-direito Paulo Henrique, suspenso, e o zagueiro Roberto, que se lesionou. Assim, Salazar e Toninho entram no time.

Além disso, os volantes Karl e Higor Meritão disputam uma vaga no meio de campo. Luan também pode aparecer como surpresa na posição. Outra dúvida é entre Marcelo e Andrey no ataque.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
15ª rodada
Data
10/10/2020
Horário
18h30
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Paulo Cesar Zanovelli (MG)

Renda
--
Assistentes
Marcus Vinicius Gomes (MG) e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araujo (MG)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
CSA-AL: Pedro Júnior
Paraná-PR: Salazar, Kaio

Gols
CSA-AL: Paulo Sérgio 9' 1T, Paulo Sérgio 16' 1T, Andrigo 22' 1T, Paulo Sérgio 8' 2T
CSA-AL
Matheus Mendes;
Diego Renan (Norberto), Cleberson (Ignácio), Luciano Castán e Rafinha (Igor Fernandes);
Yago (Marquinhos), Geovane, Andrigo e Nadson (Pedro Júnior);
Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio.
Técnico: Mozart
Paraná-PR
Alisson;
Toninho (Caio), Salazar, Hurtado e Jean;
Jhony Douglas, Higor Meritão (Vitinho Mesquita) e Robson Bressan;
Léo Castro (Bruno Gomes), Gabriel Pires (Bruno Xavier) e Marcelo (Andrey).
Técnico: Allan Aal