CRB 0 x 1 Chapecoense - Um presente para Umberto Louzer!

No "Dia do Fico" do treinador, o Verdão do Oeste retomou a vice-liderança da Série B

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 14 (AFI) - No dia em que Umberto Louzer anunciou a permanência após recusar uma proposta do Cruzeiro, a Chapecoense deu um presente ao treinador com a vitória sobre o CRB, por 1 a 0, no Estádio Rei Pelé, em partida atrasada da nova rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Invicta há 11 jogos na temporada, a Chapecoense chegou aos 29 pontos e passou a Ponte Preta, assumindo a vice-liderança. O time catarinense está a três do líder Cuiabá, mas tem dois jogos a menos. Por outro lado, o CRB conheceu a terceira derrota seguida no campeonato e, com 20 pontos, está na 11ª colocação, cada vez mais distante da briga pelo acesso.

O time catarinense foi dirigido por Umberto Louzer que na noite anterior chegou a acertar sua dia para o Cruzeiro, porém, voltou de ideia após pressão dos dirigentes da Chape.

VEJA O GOL DA VITÓRIA DA CHAPE

CHAPE É MELHOR
A partida começou lá e cá no Rei Pelé. Logo aos quatro minutos, Felipe Garcia soltou a bomba e Edson Mardden fez grande defesa. Depois foi a vez de João Ricardo salvar a Chapecoense ao espalmar desvio de Igor Cariús após falta cobrada por Diego Torres.

Chapecoense ganhou do CRB em Maceió (Foto: Gustavo Henrique/CRB)
Chapecoense ganhou do CRB em Maceió (Foto: Gustavo Henrique/CRB)

Na melhor oportunidade do jogo até então, Paulinho Moccelin desarmou Edson Cariús, invadiu a área e parou em grande defesa de Edson Mardden, que saiu fechando muito bem o ângulo.

Aos 31 minutos, após boa troca de passes dentro da área, Mocellin partou mais uma vez no goleiro regatiano. No último lance do jogo, a Chapecoense só não marcou porque a cabeçada de Luiz Otávio explodiu no travessão.

HAJA CORAÇÃO
Logo aos seis minutos do segundo tempo, Diego Torres arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave de João Ricardo. Na sequência, Denner chutou firme e Edson Mardden apareceu mais uma vez para salvar o CRB.

O jogo era bastante equilibrado, mas aos poucos a Chapecoense foi tomando conta. Aos 27 minutos, Lucas Tocantins passou fácil pela marcação de Moacir e bateu cruzado. A bola saiu rente a trave. O placar foi aberto logo depois.

Hiago cruzou e Anselmo Ramon se antecipou ao zagueiro para cabecear sem chances para Edson Mardden. Aos 38, Bill só não empatou em chute rasteiro porque João Ricardo buscou no cantinho. Já nos acréscimos, Hugo chutou e a bola explodiu no travessão da Chapecoense.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 16ª rodada. O CRB recebe o Operário, às 19 horas, no Rei Pelé, em Maceió, e a Chapecoense enfrenta o Vitória, às 16 horas, na Arena Condá, em Chapecó.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
9ª rodada
Data
14/10/2020
Horário
19h15
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Jonathan Antero Silva (RO)

Assistentes
Márcia B. Lopes Caetano (RO) e Adenílson de Souza Barros (RO)

Cartões Amarelos
CRB-AL: Claudinei, Moacir
Chapecoense-SC: Evandro, Hiago

Gols
Chapecoense-SC: Anselmo Ramon 30' 2T
CRB-AL
Edson Mardden;
Moacir, Gum, Reginaldo Júnior e Igor Cariús;
Claudinei (Darlisson), Thiaguinho (Bill) e Carlos Jatobá;
Diego Torres, Iago Dias (Hugo) e Safira.
Técnico: Marcelo Cabo
Chapecoense-SC
João Ricardo;
Anderson Leite (Hiago), Joílson, Luiz Otávio e Busanello;
Willian Oliveira, Evandro (Lima) e Denner (Lucas Tocantins);
Felipe Garcia (Régis), Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin (Perotti).
Técnico: Umberto Louzer.