Botafogo-SP 1 x 2 América-MG - Em jogo da bola parada, Coelho aumenta crise do Pantera

O time mineiro foi mais eficiente do que a equipe de Ribeirão Preto e venceu mais uma na Série B

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 16 (AFI) - Em jogo com três gol de bola parada, sendo um em uma linda cobrança de falta de Marcelo Toscano, o América emplacou a terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro e se firmou dentro do G-4 ao bater o Botafogo por 2 a 1 na noite desta sexta-feira, no estádio Santa Cruz, pela 16ª rodada.

Com o resultado, o América dorme na terceira posição, com 29 pontos, abrindo seis do Avaí, quinto colocado. O Botafogo, por sua vez, conheceu a sua quinta derrota no estádio Santa Cruz e a terceira consecutiva no torneio. O time de Ribeirão Preto tem 14 pontos, na 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento.

VEJA OS GOLS NO SANTA CRUZ

TRUNCADO!
Botafogo e América fizeram um primeiro tempo amarrado, com poucas oportunidades de gol. O time da casa teve um leve domínio, mas viu o adversário equilibrar no final. Sem conseguir criar, a equipe mineira apostou no talento de Ademir, que estava apagado. O único lance de perigo foi em um chute da intermediária de Geovane, nas mão de Darley.

Pelo lado do Botafogo, Wellington Tanque teve a chance de colocar seu time na frente do marcador. Após bela jogada de Bady, o atacante recebeu dentro da área, mas errou o alvo. A segunda tentativa veio depois de passe de Ronald. O chute ficou na grande defesa de Matheus Cavichioli.

América derrota o Botafogo. Foto: Estevão Germano
América derrota o Botafogo. Foto: Estevão Germano

VITÓRIA DO COELHO!
O panorama do segundo tempo não mudou muito. O jogo continuou truncado, coube a individualidade ser decisiva. Aos 11 minutos, Marcelo Toscano cobrou falta com precisão, no ângulo de Darley. O gol serviu de punição ao clube de Ribeirão Preto, que fez muitas faltas durante toda a partida.

O Botafogo sentiu o gol e deu mais espaço para o América, que começou a mandar na partida. Em grande jogada de Ademir, o atacante limpou a marcação e jogou para Geovane. Ele chutou cruzado, caprichosamente, pela linha de fundo. Léo Passos, em cabeçada, quase fez o segundo. A bola passou rente à trave.

Aos 35 minutos, o América enfim ampliou. Jordan derrubou Léo Passos dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança para fazer 2 a 0. O Botafogo diminuiu aos 49, também da marca da cal. Rafinha marcou, mas já era tarde para uma reação.

CRÍTICAS PESADAS
Durante a transmissão da Rádio W Sports, em parceria com a Rádio Futebol Interior, o narrador Wilson Rocha, principal nome da imprensa de Ribeirão Preto, teceu pesadas críticas ao atacante Wellington Tanque, responsabilizando o treinador Claudinei Oliveira por ter escalado o jogador como titular. O atacante vem sendo apontado como um dos culpados pelo momento ruim da equipe de Ribeirão Preto.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o América enfrenta o Brasil de Pelotas na terça-feira, às 16h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia, às 19h15, o Botafogo visita o CSA no Rei Pelé, em Maceió (AL).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
16ª rodada
Data
16/10/2020
Horário
19h15
Local
Santa Cruz - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Diego da Costa Cidral (SC)

Assistentes
Thiaggo Americano Labes (SC) e Gizeli Casaril (SC)

Cartões Amarelos
Botafogo-SP: Robson, Jordan
América-MG: Geovane, Rickson

Gols
Botafogo-SP: Rafinha 49' 2T
América-MG: Marcelo Toscano 11' 2T, Léo Passos 35' 2T
Botafogo-SP
Darley;
Valdemir, Jordan, Robson (Walisson Maia) e Gilson;
Victor Bolt (Ferreira), Elicarlos (Jeferson) e Bady (Dodô);
Rafinha, Ronald e Wellington Tanque (Judivan).
Técnico: Claudinei Oliveira.
América-MG
Matheus Cavichioli;
Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e Sávio;
Zé Ricardo, Geovane (João Paulo) e Marcelo Toscano (Rickson);
Ademir (Thalys), Léo Passos (Guilherme) e Felipe Azevedo (Felipe Augusto)
Técnico: Lisca.