Paulistas e catarinenses nas duas pontas do ataque e da defesa na Série B

Ponte Preta e Chapecoense são os melhores, enquanto Oeste e Figueirense são os piores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) - A Série B do Campeonato Brasileiro se prepara para entrar em sua nona rodada. Paulistas e catarinenses, até aqui, aparecem nas duas pontas de ataque e defesa. Ponte Preta e Chapecoense, por exemplo, lideram os sistemas ofensivo e defensivo, respectivamente.

A Macaca ocupa a terceira colocação com 14 pontos, três a menos do que o líder Paraná. Em oito jogos, o clube de Campinas anotou 13 gols. Média de 1,6 por partida. São seis gols como mandante e sete como visitante. A Ponte fez gols em sete dos seus oito jogos.

Uma posição acima está a vice-líder Chapecoense com 16 pontos em sete confrontos. A força da Chape vem da defesa. O clube de Chapecó sofreu míseros dois gols. Média de 0,2 por jogo. Apenas o Cuiabá furou a Chapecoense durante o triunfo por 2 a 1.

Tem bola na rede e é da Macaca. (Foto: Álvaro Jr. / Ponte Preta)
Tem bola na rede e é da Macaca. (Foto: Álvaro Jr. / Ponte Preta)
PIORES!

A situação se inverte ao olhar o outro lado da tabela. O Figueirense, por exemplo, ostenta o pior ataque da Série B. Na 16ª colocação com cinco pontos em sete duelos, o Figueira anotou só dois gols, ambos como visitante. Um na derrota para o Operário (3 a 1) e outro na vitória sobre o Botafogo (1 a 0).

A pior defesa, enquanto isso, é do Oeste, novo lanterna da Série B com três pontos e nenhuma vitória. O clube paulista sofreu nada menos do que 13 gols em oito jogos. Só no 0 a 0 com a Chapecoense o Oeste não foi furado. São oito gols tomados em casa e cinco fora.