Avaí 3 x 1 Náutico - Na reestreia de Geninho, Leão vence na estreia da Série B

O time catarinense foi melhor durante os 90 minutos e acabou saindo com a vitória

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 08 (AFI) - Na reestreia do técnico Geninho, o Avaí estreou na Série B do Campeonato Brasileiro com vitória para cima do Náutico por 3 a 1 na noite deste sábado, no estádio da Ressacada, apagando a má campanha da equipe do Campeonato Catarinense, torneio em que foi eliminado nas quartas de final. O resultado custou o cargo de Rodrigo Santana.

Com Geninho, o Avaí ganhou um fôlego novo neste início de competição. O time catarinense dominou a partida e criou as melhores oportunidades, fazendo jus ao resultado. O Náutico, que também não vem de um bom estadual, apostou tudo em Kieza, sem sucesso.

CONFIRA OS GOLS DO LEÃO DA ILHA

LEÃO NA FRENTE!
Após o vexame no Campeonato Catarinense - entrou como favorito e caiu nas quartas de final -, o Avaí iniciou o jogo pressionando o Náutico. A tática deu resultado e o clube da casa abriu o placar aos 24 minutos. Valdivia cobrou escanteio na cabeça de Rafael pereira, que só desviou para Gastón Rodriguez abrir o marcador.

Avaí derrota o Náutico
Avaí derrota o Náutico

O Náutico se viu encurralado e apostou todas as fichas em Kieza. O atacante criou as melhores oportunidades, mas passou em branco na etapa inicial. O Avaí, por outro lado, foi mais eficaz e ampliou aos 39 minutos. Novamente na bola parada, Valdivia cobrou falta caprichosamente na trave. A bola voltou em cima do Carlão, que acabou fazendo contra.

FECHOU A CONTA!
O Náutico só conseguiu diminuir no segundo tempo. O Avaí se acomodou no placar elástico e deu espaço para o adversário, que diminuiu aos 22 minutos. Wilian Simões cruzou na medida para Kieza. O atacante não desperdiçou e mandou no fundo das redes, colocando a equipe pernambucana de volta no jogo.

Após o gol, o Náutico saiu em busca do empate e deu campo para o adversário, que só não fez o segundo, porque Jefferson fez grandes defesas para salvar a equipe pernambucana. Ambas as tentativas saíram dos pés de Gastón Rodriguez.

Em vantagem, o técnico Geninho resolveu fechar o Avaí. Betão acabou entrando na vaga de Valdivia, formando uma linha de três defensores visando segurar os avanços do Náutico, de Gilmar Dal Pozzo, que foi com tudo para o ataque nos minutos finais. Mas foi a equipe catarinense que fez o terceiro aos 48.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Avaí visita o Paraná na terça-feira, às 20h30, no estádio Durival Britto, em Curitiba (PR). No mesmo dia, ás 21h30, o Náutico recebe o Operário no Aflitos, em Recife (PE).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
08/08/2020
Horário
19h00
Local
Ressacada - Florianópolis (SC)
Árbitro
Alexandre Vargas Tavares de Jesus - RJ (CBF)

Assistentes
Andrea Maffra Marcelino de Sá - RJ (CBF) e Thiago Gomes Magalhães - RJ (CBF)

Cartões Amarelos
Avaí-SC: Jonathan, Valdívia, Bruno Silva
Náutico-PE: Erick, Rhaldney , Lucas Paraíba

Gols
Avaí-SC: Gastón Rodriguez 24' 1T, Carlão 39' 1T (contra), Gastón Rodriguez 48' 2T
Náutico-PE: Kieza 22' 2T
Avaí-SC
Lucas Frigeri;
Arnaldo (Iury), Rafael Pereira, Victor Sallinas (Airton) e Capa;
Bruno Silva, Ralf, Valdivia (Betão) e Renato (Emerson Turcão);
Gastón Rodriguez e Jonathan (Pedro Castro)
Técnico: Geninho
Náutico-PE
Jefferson;
Hereda, Carlão, Camutanga e Wilian Simões;
Rhaldney (Lucas Paraíba), Djavan (Wagninho) e Jorge Henrique (Jean Carlos);
Thiago Fernandes (Erick), Dadá (Salatiel) e Kieza
Técnico: Gilmar Dal Pozzo