Série B: Sem vencer há nove jogos, Criciúma defende tabu contra o Londrina

São oito vitórias do Tigre Carvoeiro, contra cinco do Londrina e quatro empates

por Luiz Carlos Éden

Sorocaba, SP, 12 (AFI) - Os desesperados Criciúma e Londrina se enfrentam na noite desta terça-feira, a partir das 20h30min, no Estádio Heriberto Hülse, o Majestoso, na cidade de Criciúma, sul de Santa Catarina. O duelo é valido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, a segunda divisão nacional.

O Tigre, que não vence há nove jogos e vem de duas derrotas seguidas, ocupa a penúltima posição da tabela, com 31 pontos, um a mais que o lanterna São Bento.

Sem vencer há nove jogos, Criciúma defende tabu contra o Londrina
Sem vencer há nove jogos, Criciúma defende tabu contra o Londrina
Já o time paranaense, que vem de quatro derrotas seguidas, esta na 16ª colocação, com 35 pontos, mesma pontuação do Figueirense, que abre a zona de rebaixamento. Completando o Z4, o Vila Nova é o 18º colocado, com 33 pontos ganhos.

Na rodada passada, o Criciúma foi derrotado pelo vice-líder Sport, fora de casa, por 1 a 0, enquanto que o Tubarão perdeu, em casa, para o América-MG por 1 a 0, derrota que custou o cargo do técnico Mazola Junior.

RETROSPECTO
Este será o 18º confronto entre as duas equipes. O retrospecto mostra vantagem dos catarinenses. São oito vitórias do Tigre Carvoeiro, contra cinco do Londrina e quatro empates. Os criciumenses assinalaram 26 gols, contra 24 do Tubarão.

TABU
Como mandante, o Criciúma não perde para o rival paranaense há 18 anos. A última derrota foi por 4 a 3, no Majestoso, pela Série B de 2001. Desde então, o Tricolor recepcionou o LEC mais cinco vezes, com um empate e quatro vitórias.

No primeiro turno da competição atual, eles empataram por 1 a 1, no Estádio do Café, na cidade de Londrina, norte do estado do Paraná, pela 16ª rodada. Os gols da partida aconteceram no primeiro tempo. O Tubarão saiu na frente com gol olímpico marcado por Higor Leite, aos seis minutos. O empate do Criciúma veio aos 41 minutos, com Julimar num chute de fora da área.