Londrina 2 x 0 Guarani - Gols perdidos deixam Bugre atrás de rival na Série B

Time campineiro perdeu inúmeras chances de gols e se despede da segunda divisão com derrota

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 30 – O Guarani tinha objetivo de terminar na frente do rival, mas parou na boa atuação do goleiro Matheus Albino e na ineficiência do ataque. Bom para o Londrina, que se despediu da Série B do Campeonato Brasileiro com vitória por 2 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio do Café, no interior do Paraná.

O Guarani terminou a competição em 13º lugar, com 44 pontos. Rebaixado, o Londrina encerra o ano em 17º, com 39 pontos, apenas dois atrás do Figueirense, primeiro time fora da degola.

GOLS PERDIDOS...

Os dois times entraram bastante modificados em relação a toda Série B. Recheado de jovens, o Guarani foi mais organizado e criou boas oportunidades de marcar. Aos 17 minutos, Lucas Crispim fez grande jogada e soltou para Diego Cardoso. O atacante tocou para Bady, livre dentro da área. O meia, no entanto, não conseguiu dominar e Matheus Albino ficou com a bola. Praticamente na sequência, aos 19, foi a vez de Diego Cardoso perder boa oportunidade. Bidu foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Dentro da área e sem goleiro, o centroavante bugrino finalizou desequilibrado e mandou para fora.

EFICIÊNCIA

Em sua primeira boa chegada, o Londrina abriu o placar aos 37 minutos. Léo Passos fez boa jogada individual, ganhou da marcação na corrida desde o campo de defesa e finalizou cruzado, da entrada da área, tirando de Carlão. O primeiro tempo terminou com dois milagres de Matheus Albino, que impediram o empate.

Primeiro, Bady arriscou de fora da área e o goleiro salvou o gol saltando no ângulo. Em seguida, Bidu rolou para Diego Cardoso dentro da área. Livre o atacante encheu o pé, mas parou no camisa 1 londrinense, que saiu abafando.

TUDO IGUAL
O filme da partida se repetiu no segundo tempo. O Guarani começou pressionando e parou no goleiro do Londrina logo aos seis minutos. Crispim finalizou cruzado e Matheus Albino pegou com os pés. Quando parecia que o goleiro nada poderia fazer, a defesa do Londrina estava atenta para salvar. Em nova boa jogada, Crispim recebeu nas costas da marcação. Com o goleiro batido, ele foi travado na hora do chute e perdeu outra boa chance, aos 17.

O bombardeio não cessou. Bidu mandou de longe e Albino mandou para escanteio. Em seguida, Renanzinho finalizou fraco e o goleiro precisou segurar em dois tempos. Assim como no primeiro tempo, o Londrina foi mortal no contra-ataque e marcou. Aos 31 minutos, Bruno Silva perdeu bola no meio-campo para Paulinho Moccelin. O meia arrancou e deixou para Matheus Bianqui, que tinha acabado de entrar, finalizar sem chances para Carlão.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
38ª rodada
Data
30/11/2019
Horário
16h30
Local
Estádio do Café - Londrina (PR)
Árbitro
Luiz Paulo de Moura Pinheiro (MT)

Renda
R$ 5.238,00
Assistentes
Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Fernanda Kruger (MT)

Público
611 pagantes
Cartões Amarelos
Londrina-PR: Charles, Paulinho Moccelin
Guarani-SP: Felipe Guedes, Ricardinho, Marcelo

Gols
Londrina-PR: Léo Passos 37' 1T, Matheus Bianqui 31' 2T
Londrina-PR
Matheus Albino;
Raí Ramos, Augusto, Lucas Costa e Victor Luiz (Matheus Bianqui);
Charles, Anderson Leite e Paulinho Moccelin (Arthur Caculé);
Matheusinho (Matheus Neris), Léo Passos e Uelber.
Técnico: Silvinho.
Guarani-SP
Carlão;
Bruno Souza, Pedro Moraes, Bruno Silva e Bidu;
Marcelo (Michel Douglas), Felipe Guedes (Ricardinho), Filipe Cirne (Renanzinho), Lucas Crispim e Bady;
Diego Cardoso.
Técnico: Thiago Carpini.