América-MG 0 x 0 Ponte Preta - Pode colocar na conta do goleiro Ivan

Pior para o América (de vermelho) que deixou de assumir o G4 no lugar do Atlético-GO. Macaca está perto de evitar Série C

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 2 (AFI) - Ainda não foi desta vez que o América-MG conseguiu uma vaga dentro do G4 – zona de acesso – do Campeonato Brasileiro da Série B. O time mineiro até alcançaria o seu objetivo, desde que vencesse a Ponte Preta, mas não foi além do empate sem gols, neste sábado à noite, no fechamento da 32.ª rodada.

O zero a zero pode ser creditado à grande atuação do goleiro Ivan, que fez grandes defesas, inclusive, um pênalti.

O time mineiro continua em quinto lugar com 49 pontos, dois atrás do Atlético-GO, quarto colocado e que abre o G4. A equipe paulista segue em posição intermediária, com 42 pontos, em 13.º lugar, e tentando logo descartar qualquer ameaça de ser rebaixado à Série C.

COELHO VERMELHO DEU AZAR
Detalhe curioso é que o América-MG, acostumado com suas cores verde e preto, usou seu terceiro uniforme, totalmente vermelho. Além disso, usando um escudo retro em homenagem ao decacampeonato mineiro conquistado nas décadas de 30 e 40. Naquela época, justamente, o time usava a cor vermelha.

Animado com a chance de terminar a rodada dentro do G4, o América-MG mostrou muita intensidade desde o início do jogo, criando chance sobre chance e transformando o goleiro Ivan no principal destaque do jogo, pelo menos, com quatro boas defesas, um delas um pênalti cobrado por Felipe Azevedo.

Ponte Preta ficou só na defesa. Foto: Mourão Panda
Ponte Preta ficou só na defesa. Foto: Mourão Panda

CRUZADO E PENALTI
Aos 14 minutos, Júnior Viçosa assustou com um chute cruzado e que passou perto. O meia Matheusinho recebeu passe de letra de Júnior Viçosa e chutou forte aos 15 minutos, de fora da área, mas Ivan espalmou.

Aos 18 minutos, Giovane desceu pelo lado esquerdo e cruzou no alto. Júnior Viçosa testou forte e a bola explodiu no travessão. Na volta, o lateral paulista, Henrique Trevisan empurrou por trás a Felipe Azevedo: pênalti. Na cobrança dele mesmo, a bola saiu forte, porém, no centro do gol. Ivan espalmou com o pé esquerdo.

SEM FORÇA
A Ponte Preta não conseguiu sair da defesa, mas deu um susto no time mineiro aos 24 minutos quando Araos lançou Roger e ele recebeu a falta dentro da área cometida por Ricardo Silva. O árbitro Paulo Henrique de Melo Salmazio, do Mato Grosso do Sul, anotou a penalidade máxima, no entanto, o auxiliar alertou que Roger estava impedido.

Felipe Azevedo teve outra chance de abrir o placar aos 34 minutos, quando entrou na área pelo lado direito sem marcação e chutou forte, mas Ivan salvou o gol com o pé direito. Nos últimos minutos, o time paulista conseguiu acertar a marcação, principalmente a cobertura dos seus dois laterais – Airton e Henrique Guedes.

Lucas Mineiro marcou bastante. Foto: Mourão Panda
Lucas Mineiro marcou bastante. Foto: Mourão Panda

MUDANÇA NA MACACA
Na volta para o segundo tempo, Gilson Kleina fez uma opção técnica ao tirar Vico para a entrada de Marquinhos. E conseguiu conter a pressão americana, embora Ivan tenha salvado de novo aos 14 minutos num chute cruzado do lateral Diego Ferreira.

Mesmo sem força ofensiva, a Ponte Preta balançou as redes aos 21 minutos num chute de longa distância de Araos. Mas não valeu. O atacante Roger estava impedido e se abaixou para evitar o toque na bola. O lance foi anulado pelo auxiliar Carlos Gonçalves da Cruz. Por reclamação, Lucas Mineiro e Roger receberam o cartão amarelo.

O time mineiro continuou em cima e aos 29 minutos Matheusinho fez o passe diagonal para Júnior Viçosa que na área acabou bloqueado na saída rasteira de Ivan, que fez outra boa defesa.

Cansado, o América não superou o bom bloqueio defensivo paulista, a ponto de não ter mais nenhuma chance para marcar seu gol.

JOGOS NA TERÇA-FEIRA
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira pela 33.ª rodada. O América-MG vai receber o Paraná, que também sonha com o acesso, a partir das 20h30. A Ponte Preta vai receber o São Bento, às 21h30, em Campinas.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
32ª rodada
Data
02/11/2019
Horário
19h00
Local
Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)

Renda
R$ 26.342,00
Assistentes
Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Público
5.845 torcedores
Cartões Amarelos
América-MG: Matheusinho
Ponte Preta-SP: Roger, Lucas Mineiro, Edílson

América-MG
Airton;
Diego Ferreira, Lucas Kal, Ricardo Silva e Sávio (Jonatas Belusso);
Zé Ricardo, Juninho (Vitão), Giovane e Matheusinho;
Felipe Azevedo (Rafael Bilu) e Júnior Viçosa
Técnico: Felipe Conceição
Ponte Preta-SP
Ivan;
Edilson, Renan Fonseca, Reginaldo e Guilherme Guedes;
Camilo, Lucas Mineiro, Araos (Bill) e Renato Cajá (Washington);
Vico (Marquinhos) e Roger.
Técnico: Gilson Kleina