Bragantino x CRB - É jogo de festa e troféu pela Série B, mas ninguém quer perder

CBF vai entregar troféu ao campeão Bragantino que deve encher o Nabizão diante do CRB, que cumpre apenas tabela

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 29 (AFI) – Campeão brasileiro da Série B de forma antecipada e com acesso garantido para a elite em 2020, o Bragantino faz o ‘jogo de festa’ neste sábado à tarde, a partir das 16h30, quando enfrenta no estádio Nabi Abi Chedid, o CRB pela 38.ª e última rodada da temporada. O clube vai receber, oficialmente, o troféu de campeão e pretende dar de presente à sua torcida mais uma vitória.

Segundo a CBF, o próprio presidente Rogério Caboclo vai fazer a premiação ao lado de Manoel Flores, diretor de competições. Fernando Solleiro, vice-presidente da Federação Paulista, vai representar a entidade estadual. A expectativa é de um público em torno de dez mil torcedores. Mais uma vez será jogo com 'torcida única'.

SITUAÇÃO E TRANSMISSÃO

Alessandro Sabela na ancoragem da 102 FM
Alessandro Sabela na ancoragem da 102 FM


Com 72 pontos, o time paulista continua invicto em casa. Um motivo a mais para não decepcionar sua torcida. O CRB, com 55 pontos em sétimo lugar, e sem chances de brigar pelo acesso, só espera fechar o ano sem derrota.

Este jogo vai ser transmitido, ao vivo, pela Rádio Futebol Interior (Rádio FI) em parceria com a Rádio 102 Fm de Bragança Paulista. Narração de Valdir Teleken, comentários de Tárcio Cacocci, reportagens de Eberson Martins e Diego Peres, com a ancoragem de Alessandro Sabela.

CAMISA ESPECIAL
Para uma data especial, uma camisa especial. A direção do clube, agora com o futebol comandado pelo grupo Red Bull, uma empresa de energéticos, decidiu fazer uma homenagem ao clube, à torcida e à família Chedid, que durante 61 anos dirigiu o clube. O time vai vestir um uniforme especial.

A camisa lembra a famosa ‘camisa carijó' usada pelo clube no final nos anos 80 e início dos anos 90 quando conquistou seus principais títulos. Levantou o Brasileiro da Série B em 1989, o título paulista de 1990 e o vice-brasileiro em 1991.

VEJA DETALHES DA CAMISA ESPECIAL !

Bragantino volta ao Nabizão após empate com Criciúma
Bragantino volta ao Nabizão após empate com Criciúma
FRESCURA DE SEMPRE
Do lado do Bragantino, descobrir a escalação sempre é um mistério. Não só pelas mudanças frequentes feitas pelo técnico Antônio Carlos Zago como pela própria discrição adotada de forma exagerada pela assessoria de comunicação.

O certo é que o goleiro Júlio César, um dos ícones da campanha, vai estar de volta depois de cumprir suspensão na derrota para o Coritiba, por 1 a 0, no Paraná, na semana passada. Apenas Carioca e Ricardo Ryller estão fora por lesão.

ESTRAGAR A FESTA ?
Do lado alagoano, o clube já foca a próxima temporada. Mas o técnico Marcelo Cabo quer o time brigando por vitória na despedida da Série B. Na rodada passada empatou em casa e sem gols com o Figueirense.

“Nós estamos de olho em 2020, mas não podemos esquecer este jogo. Mesmo porque o Brasil todo vai estar de olho em campo, por se tratar de um jogo especial, de festa do adversário que foi campeão com méritos” – diz Cabo.

O goleiro Edson Mardden, lesionado, é desfalque certo, portanto Fernando Henrique será o titular.O zagueiro Victor Ramos e o atacante Iago seguem no departamento médico, enquanto o lateral-esquerdo Igor volta ao time após cumprir suspensão.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
38ª rodada
Data
30/11/2019
Horário
16h30
Local
Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista (SP)
Árbitro
Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)

Renda
R$ 54.815,00
Assistentes
Fabiano da Silva Ramires (ES) e Katiuscia Berger Mendonça (Es)

Público
6.931 torcedores
Cartões Amarelos
CRB-AL: Wellington Carvalho

Gols
Bragantino-SP: Ytalo 28' 2T, Claudinho 44' 2T
Bragantino-SP
Alex Alves;
Aderlan, Ligger, Anderson Marques (Léo Ortiz) e Edimar;
Barreto, Uilliam Correia e Claudinho;
Morato (Rodrigo Angelotti), Ytalo (Wesley) e Robinho
Técnico: Antônio Carlos Zago
CRB-AL
Fernando Henrique;
Daniel Borges, Wellington Carvalho, Ewerton Páscoa (Edson) e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira (Edson Cariús) e Élton (Lucas Abreu);
Willie, Alisson Farias e Léo Ceará
Técnico: Marcelo Cabo