Atlético-GO 1 x 1 Cuiabá - Apesar do empate, vice-líder da Série B pelo número de vitórias

O time goiano tem os mesmos 46 pontos do Sport, no entanto, leva vantagem no número de vitórias: 12 a 11

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 8 (AFI) - O Atlético-GO voltou a assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, mesmo empatando com o Cuiabá, por 1 a 1, nesta terça-feira à noite, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 27.ª rodada.

O time goiano tem os mesmos 46 pontos do Sport, no entanto, leva vantagem no número de vitórias: 12 a 11. O Cuiabá chega aos 36 pontos e continua em posição intermediária.

O objetivo goiano era voltar a vencer, após a inesperada derrota para o Guarani, por 2 a 0, que derrubou uma série invicta de 10 jogos.

O Cuiabá estava preocupado após as derrotas para a Ponte Preta (3 a 0) e para o Londrina (1 a 0) e queria evitar o terceiro tropeço seguido.

MUITAS BAIXAS
Com seis desfalques, o Cuiabá adotou uma postura mais cautelosa, conseguindo encaixar bem a marcação em cima do Atlético-GO. Mas o time goiano tinha maior volume de jogo e tenta empurrar o visitante para seu campo defensivo.

O empate parecia combinar com o ritmo do jogo, até que os atleticanos abriram o placar aos36 minutos. Na intermediária, Jonathan cobrou falta pelo alto e Mike entrou em velocidade. Ele tentou desviar a bola com o pé, mas furou. A bola, porém, bateu na trave e voltou para a cabeçada dele quase em cima da linha de gol.

Abraços para Paulinho, autor do empate do Cuiabá
Abraços para Paulinho, autor do empate do Cuiabá

NA PRESSÃO
Mesmo sem muitas opções, Itamar Schulle avançou o Cuiabá para a pressão inicial no segundo tempo. Quase conseguiu empatar aos dois minutos, quando Léo pegou um rebote da defesa e bateu forte de primeira. A bola foi no alto e Maurício Kozlinski espalmou por cima do travessão.

Mas o avança do visitante abriu espaços para o Atlético explorar. Tanto que quase ampliou aos 12 minutos, quando Nicolas, mesmo de longe, soltou uma bomba. O goleiro Victor Souza saltou no alto e espalmou para escanteio.

MUITAS TROCAS
Aos 15 minutos, o Cuiabá teve duas trocas. Entraram Marino e Rincon, respectivamente, nos lugares de Escobar e Gilmar. De outro lado, o técnico Wagner Lopes mudou seu ataque com as entradas de Pedro Raul e Jairinho nas vagas, respectivamente, de Rodrigo Rodrigues e Aylon.

O time goiano teve outra chance de ampliar aos 25 minutos, quando Jorginho avançou pelo fundo e fez o recuo açucarado para Matheus. Ele bateu de chapa com o pé esquerda, acertando o travessão. Seria um belo gol.

Atlético-GO perdeu chances e sofreu empate no fim
Atlético-GO perdeu chances e sofreu empate no fim

CHUVA E PENALTI
Com a chuva mais forte castigando os times, Lopes reforçou a marcação com a entrada do volante Pedro Bambu no lugar do meia Matheus. O Cuiabá até tentou buscar o empate, mas sentiu mesmo a falta de alguns titulares e chegou na frente sem poder de finalização.

Mas num lance, tudo mudou. Após levantamento na área, Pedro Castro foi imprudente e deu com as duas pernas e no peito de Matheus Anderson. Pênalti.

Na cobrança, Paulinho caprichou, batendo de chapa e no alto, sem chances de defesa. Tudo igual.

A torcida protestou contra o juiz e vaiou o resultado ao fim do jogo. Mas teve como consolo a chuva que caiu na capital goiana acabando com quatro meses de seca.

JOGOS NA SEXTA-FEIRA
Os dois times já voltam a campo na próxima sexta-feira à noite pela 28.ª rodada.

A partir das 19h15, o Atlético-GO fará o clássico com o Vila Nova, no estádio Serra Dourada.

O Cuiabá volta a atuar na Arena Pantanal diante do Vitória, a partir das 21h30.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
27ª rodada
Data
08/10/2019
Horário
20h30
Local
Antônio Accioly - Goiânia (GO)
Árbitro
Ramon Abatti Abel (SC)

Renda
R$ 45.330,00
Assistentes
Eli Alves Sviderki (SC) e Gizeli Casaril (SC)

Público
2.643 pagantes (3.581 total)
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Gilvan, Mike, Jonathan, Jorginho
Cuiabá-MT: Ednei, Felipe Marques

Gols
Atlético-GO: Mike 36' 1T
Cuiabá-MT: Paulinho 37' 2T
Atlético-GO
Maurício Kozlinski;
Jonathan, Oliveira, Gilvan e Nicolas;
André Castro, Matheus (Pedro Bambu) e Jorginho;
Mike, Aylon (Jairinho) e Rodrigo Rodrigues (Pedro Raul).
Técnico: Wagner Lopes
Cuiabá-MT
Victor Souza;
Léo, Ednei, Anderson Conceição e Paulinho;
Escobar (Marino), Djavan e Jean Patrick (Lucas Braga);
Felipe Marques, Gilmar (Rincon) e Mateus Anderson.
Técnico: Itamar Schulle