Figueirense x Ponte Preta - Contra jejum de vitórias e de olho numa vaga no G4 da Série B

Mandante tenta superar crise e falta de vitórias, enquanto visitante espera outra vitória para retornar o G4 da Série B

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 14 (AFI) – Ainda em crise financeira, o Figueirense recebe a Ponte Preta, nesta quinta-feira à noite, a partir das 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O jogo é válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro e para o time paulista significa uma chance para assumir, provisoriamente, a quarta posição.

De momento, o time catarinense não se vê tão ameaçado pela zona do rebaixamento, estando com relativa folga em relação aos ameaçados. Sem vencer há seis jogos, soma 20 pontos e ocupa a 12ª posição, seis pontos na frente do Vitória, que abre a zona de descenso.
A Ponte Preta sonha mais alto. Com 23 pontos, em sétimo lugar, quer brigar para entrar no G4 – zona de classificação.

SEM CONCENTRAÇÃO
A troca de comando técnico, com o pedido de demissão de Hemerson Maria e a chegada de Vinícius Eutrópio, não mudou ainda a realidade financeira do Figueirense. A diretoria conseguiu pagar uma parte dos três meses de salários atrasados. Em protesto, os jogadores decidiram não se concentrar para o jogo, se apresentando para o almoço desta quinta-feira.

Vinícius Eutrópio tenta superar crise no Figueirense
Vinícius Eutrópio tenta superar crise no Figueirense

Vindo de derrota para o Coritiba, por 2 a 0, na capital paranaense, Vinícius Eutrópio se viu obrigado a alterar o seu sistema defensivo. C

om a fratura no tornozelo de Matheus Destro, Roberto foi confirmado na lateral esquerda. Na direita, Alemão Teixeira entrará na vaga de Kauê. As demais posições devem ser mantidas.

"Todo jogo da Série B é importante. Vamos enfrentar um adversário direto na briga pelo G4. Temos que fazer nosso dever de casa para não perder o ritmo e não perder tudo o que o time construiu antes desse jejum de seis jogos (sem vencer). Precisamos recuperar a auto estima da torcida e da equipe", acredita o treinador.

MAIS CONFIANÇA

O clima no time paulista é diferente, de total confiança após a vitória por 1 a 0 sobre o rival Guarani no tradicional Dérbi de Campinas. Quebrou um jejum de cinco jogos sem vencer e deu moral para o técnico Jorginho Campos e seus jogadores.

Jorginho Campos: confiança
Jorginho Campos: confiança

“Nós temos que manter a mesma determinação, porque tenho certeza que estamos no caminho certo. Todos que acompanham o nosso dia-a-dia sabem da dedicação de todos do elenco para dar o melhor dentro de campo” – garante Jorginho.

O técnico vai ter quatro baixas em relação ao último jogo. Perdeu o volante Edson e o atacante Roger suspenso com três cartões amarelos. Além disso, o lateral-esquerdo Guilherme Guedes e o zagueiro Renan Fonseca estão vetados pelo departamento médico.

DÚVIDA NO ATAQUE
Jorginho já adiantou que Airton retorna à zaga e que Henrique Trevisan entra na lateral. Ele também confirmou que Washington será o volante e só deixou dúvida no ataque entre Tiago Marques e João Carlos. O primeiro é mais cotado, embora tenha como forte característica atuar como pivô, mais fixo na área.

“O João Carlos, além de fazer o pivô também faz o facão, entrando em diagonal” – lembrou Jorginho, numa tentativa de despiste. João Carlos veio do Portimonense, de Portugal, onde marcou apenas dois gols em 24 jogos. Aproveitamento pequeno para um camisa 9.

PRIMEIRA CHANCE
O experiente Tiago Marques se mostrou esperançoso de começar jogando pela primeira vez como titular.

Tiago Marques: fez gols por onde passou
Tiago Marques: fez gols por onde passou

"Venho trabalhando para isso. Com a saída do Roger, que é o nosso grande exemplo no clube, espero ajudar o time" - comentou.

Com 31 anos e 1,92m, Tiago Marques já passou por vários clubes paulistas como Comercial, XV de Piracicaba, Botafogo e Ferroviária. Em 2017 fez 11 gols em 32 jogos pelo Juventude na Série B.

Acabou indo para o Jeju United, da Coreia do Sul. Lá marcou 15 gols em 51 jogos.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
16ª rodada
Data
15/08/2019
Horário
21h30
Local
Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro
Marcos Mateus Pereira (MS)

Renda
R$ 41.580,00
Assistentes
Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Público
2.395 pagantes
Cartões Amarelos
Figueirense-SC: Alemão, Elisson
Ponte Preta-SP: Henrique Trevisan, Camilo, Ivan, João Carlos

Cartões Vermelhos
Figueirense-SC: Matheus Lucas
Gols
Ponte Preta-SP: Diego Renan 31' 1T
Figueirense-SC
Matheus Vidotto (Elisson);
Alemão Teixeira, Alemão, Ruan Renato e Roberto;
Zé Antônio, Tony e Betinho (Juninho);
Fellipe Mateus (Matheus Lucas), Rafael Marques e Willian Popp.
Técnico: Vinícius Eutrópio
Ponte Preta-SP
Ivan;
Diego Renan, Airton, Reginaldo e Trevisan;
Washington, Camilo, Gerson Magrão e Matheus Vargas (Dadá);
Marquinhos (Tiago Real) e Tiago Marques (João Carlos).
Técnico: Jorginho.