Cuiabá 3 x 2 São Bento - Dourado mantém bom momento e Bentão segue no Z4

O time mato-grossense ainda não sabe o que é derrota desde que o campeonato voltou após a pausa para a Copa América

por Agência Futebol Interior

Cuiabá, MT, 10 (AFI) - O Cuiabá segue em franca evolução no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite deste sábado, o time chegou ao oitavo jogo de invencibilidade ao vencer o São Bento, por 3 a 2, na Arena Pantanal, pela 15ª rodada. O atacante Júnior Todinho foi o destaque com dois gols.

Ainda sem perder depois da pausa para a Copa América, o Cuiabá chegou aos 23 pontos e subiu para a sétima colocação.

Por outro lado, o São Bento estacionou nos 13 e, em 19º nono lugar, corre o risco de terminar a rodada na lanterna. O Criciúma precisa de um simples empate com o Sport, neste domingo, em casa, para deixar o último lugar.

DOURADO MERECEU
A partida começou com o Cuiabá tendo mais posse de bola e o São Bento procurando explorar o contra-ataque. Aos nove, Rodolfo arriscou de fora da área e assustou Gabriel Félix. O Dourado não demorou para abrir o placar.

O atacante Júnior Todinho foi o destaque da partida com dois gols
O atacante Júnior Todinho foi o destaque da partida com dois gols

Felipe Marques teve a finalização travada pela zaga, mas a bola caiu nos pés de Júnior Todinho, que bateu rasteiro. O segundo do Dourado quase saiu aos 34, quando Alê apareceu dentro da área e desviou por cima do gol. Na sequência, Caio Rangel finalizou cruzado e Victor Souza só acompanhou.

Aos 40, o Cuiabá chegou a ampliar com Rodolfo aproveitando cruzamento, mas o gol foi anulado porque o atacante estava impedido. Nos minutos finais, o São Bento ainda esboçou uma pressão, sem sucesso.

MUITA EMOÇÃO
Antes mesmo do primeiro minuto do segundo tempo, o São Bento fez mais do que toda a etapa inicial. Paulinho Bóia arriscou de fora da área e Victor Souza espalmou. No rebote, Marcos Martins cruzou e Zé Roberto chegou um pouco atrasado.

No entanto, o balde de água fria veio aos seis minutos. Júnior Todinho recebeu na entrada da área e bateu rasteiro, fazendo o segundo para o Cuiabá. Na sequência, Gabriel Félix evitou o terceiro ao defender com os pés chute de Rodolfo.

A partida na Arena Pantanal foi bastante movimentada, principalmente no segundo tempo
A partida na Arena Pantanal foi bastante movimentada, principalmente no segundo tempo

O Bentão quase diminuiu em finalização de Caio Rangel. Victor Souza fez boa defesa. Aos 27, não teve jeito. Marcos Martins cruzou e Zé Roberto cabeceou no cantinho, sem chances para o goleiro do Cuiabá. A alegria paulista, porém, durou apenas dois minutos.

JOGO ABERTO
Alê fez um golaço de fora da área ao mandar no ângulo de Gabriel Félix. No lance seguinte, o goleiro do Bentão evitou o quarto gol dos donos da casa ao defender chute de Rodolfo. Aos 32, Marcos Martins apareceu como elemento surpresa para completar, de carrinho, chute cruzado de Mansur.

O segundo gol do São Bento voltou a colocar fogo na partida. Os jogadores do time paulista ainda reclamaram de um pênalti não marcado de Anderson Conceição em cima de Cafu. O Bentão bem que tentou voltar para casa pelo menos com o empate, mas sem sucesso.

PRÓXIMOS JOGOS
O Cuiabá volta a campo no próximo sábado, contra o América-MG, às 19 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte. No mesmo dia, mas às 11 horas, o São Bento recebe o Paraná, no Walter Ribeiro, em Sorocaba. Os jogos são válidos pela 16ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
15ª rodada
Data
10/08/2019
Horário
19h00
Local
Arena Pantanal - Cuiabá (MT)
Árbitro
Rodrigo Batista Raposo - DF

Renda
R# 65.140,00
Assistentes
Ciro Chaban Junqueira - DF e Lehi Sousa Silva - DF

Público
5.117 presentes
Cartões Amarelos
Cuiabá-MT: Júnior Todinho, Anderson Conceição, Jean Patrick, Jonas
São Bento-SP: Paulinho Bóia, Marcos Martins, Guilherme Mattis

Gols
Cuiabá-MT: Júnior Todinho 20' 1T, Júnior Todinho 6' 2T, Alê 29' 2T
São Bento-SP: Zé Roberto 27' 2T, Marcos Martins 32' 2T
Cuiabá-MT
Victor Souza;
Jonas, Leandro Souza, Anderson Conceição e Paulinho;
Escobar, Jean Patrick (Djavan) e Alê;
Felipe Marques (Marino), Júnior Todinho (Hugo Cabral) e Rodolfo.
Técnico: Itamar Schülle.
São Bento-SP
Gabriel Félix;
Marcos Martins, Wesley, Guilherme Mattis e Mansur;
Fábio Bahia, Vinícius Kiss e Pablo (Rodolfo);
Caio Rangel (Cafu), Rafael Silva (Zé Roberto) e Paulinho Bóia.
Técnico: Doriva.