Bragantino 3 x 0 Atlético-GO - Ex-Guarani marca, Massa Bruta vence e pula para 2º

Thiago Ribeiro marcou um gol polêmico na noite desta sexta-feira, pela terceira rodada

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista - O Bragantino quebrou a invencibilidade do Atlético Goianiense e pulou para a segunda posição do Campeonato Brasileiro da Série B com uma vitória por 3 a 0, conquistada na noite desta sexta-feira, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela terceira rodada. Os gols foram marcados por Ytalo, Wesley e Thiago Ribeiro.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Com o resultado, o clube paulista dorme na vice-liderança, com sete pontos, apenas atrás do Botafogo-SP, com nove, mas ainda pode ser ultrapassado na rodada. Já o Atlético fica estacionado, com quatro.

O Bragantino quebrou uma série negativa de três meses sem vencer dentro de casa. A última vitória tinha sido no dia três de fevereiro, diante da Ponte Preta, por 2 a 1, no Campeonato Paulista.

ABRIU O PORTÃO
Com uma postura mais ofensiva, o Bragantino envolveu o Atlético Goianiense e comandou o primeiro tempo. O adversário apostou em uma formação mais cautelosa, voltada para o contra-ataque, mas pouco ameaçou. As melhores oportunidades foram da equipe da casa, que começa a dar pinta de que poderá brigar pelo acesso, após a fusão com o Red Bull Brasil.

Bragantino bate o Atlético-GO - Red Bull Brasil
Bragantino bate o Atlético-GO

Aos 20 minutos, Lucas Ramon apareceu pela direita e cruzou. Matheus Peixoto passou pela bola, mas Ytalo apareceu para jogar no fundo das redes. O segundo por muito pouco não veio com Rafael Carioca. O lateral arriscou de fora da área e mandou rente ao travessão do goleiro Mauricio Kozlinski.

O Atlético só foi ameaçar aos 39 minutos. Mike cruzou para dentro da área, mas ninguém chegou a tempo de empurrar a bola para o gol. O time goiano viveu de lampejos de seus jogadores e praticamente assistiu o Bragantino jogar.

POLÊMICA
No segundo tempo, a equipe paulista voltou ainda melhor e precisou de dois minutos para ampliar o marcador. Gilvan recebeu a bola na fogueira, tentou se livrar dela, mas acabou servindo Wesley. O atacante soltou o pé para fazer 2 a 0.

Diante de um Atlético rendido, o Bragantino administrou o resultado e acabou fazendo o terceiro em um lance duvidoso. Uillian Correia acionou Ytalo. O atacante avançou e cruzou para Thiago Ribeiro finalizar para grande defesa de Kozlinski. A bola voltou para o ex-jogador de Santos e Guarani, que tocou de cobertura. Lucas Rocha a tirou aparentemente em cima da linha, mas o árbitro considerou que a bola entrou e validou o gol.

O Atlético ainda tentou marcar o gol de honra aos 40 minutos. Bustamante apareceu livre dentro da área, mas chutou mal e desperdiçou grande oportunidade de diminuir.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Atlético-GO enfrenta o Criciúma no dia 17 de maio (sexta-feira), às 19h15, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO). No dia seguinte, o Bragantino visita o Londrina, ás 11h, no Estádio do Café, em Londrina (PR).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
3ª rodada
Data
10/05/2019
Horário
19h15
Local
Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista (SP)
Árbitro
Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Renda
R$ 51.785,00
Assistentes
Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ)

Público
6.743 pagantes
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Lucas Rocha, André Luís

Gols
Bragantino-SP: Ytalo 20' 1T, Wesley 2' 2T, Thiago Ribeiro 30' 2T
Bragantino-SP
Júlio César;
Lucas Ramon, Ligger, Rayan e Rafael Carioca;
Barreto, Uillian Correia, Ytalo e Bruno Tubarão (Wesley);
Claudinho (Pio) e Matheus Peixoto (Thiago Ribeiro)
Técnico: Antônio Carlos Zago
Atlético-GO
Maurício Kozlinski;
Reginaldo, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas;
Pedro Bambu (Jarro Pedroso), Moacir e Matheuzinho;
André Luis (Bustamante), Mike e Pedro Raul (Pedrinho).
Técnico: Wagner Lopes