SÉRIE B: Festa adiada no Castelão, primeiro rebaixado e rodada maluca. CONFIRA!

Grande público no Castelão, goleadas surpreendentes e jogos emocionantes pela 35ª rodada. Veja o que aconteceu!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 6 (AFI) – O Campeonato Brasileiro da Série B viveu uma noite diferente, emocionante, inesquecível, maluca. Se o Fortaleza ainda não conseguiu confirmar o esperado título, apareceu o primeiro rebaixado à Série C: o Boa Esporte. Foram 35 gols, com a alta média de 3,5 por jogo.

CONFIRA TODOS DETALHES DA 35.ª RODADA !


CLASSIFICAÇÃO ATUALIZAÇÃO APÓS A RODADA MALUCA. CLIQUE AQUI!

FORTALEZA ARRASTA MULTIDÃO
Na Arena Castelão mais de 47 mil torcedores saíram frustrados com o justo empate por 1 a 1 com o CSA. Mas o título inédito é questão de tempo para o Tricolor de Aço, que só precisa somar um ponto em três jogos.

Após o empate o Fortaleza lidera sozinho, com 65 pontos, seguido justamente pelo CSA, com 58 pontos. O primeiro título de Rogério Ceni está chegando. O primeiro time já subiu e o segundo está com a mão na vaga.

PONTINHO IMPORTANTE
Em Goiânia, o Avaí somou um ponto importante no empate por 2 a 2 com o Atlético-GO, que o deixou com 57 pontos e dentro do G4, ao lado do Goiás, com os mesmos 57 pontos. Um belo trabalho do experiente técnico Geninho.

Deu ruim para o time goiano, que soma 52 pontos, em sétimo e mais distante do acesso.

TUBARÃO AMEAÇA
Mas a grande equipe nesta reta final é mesmo o Londrina, que se tornou poderoso sob o comando do técnico Roberto Fonseca e com os gols do veterano Dagoberto. Ele marcou dois gols na vitória sobre o valente Criciúma, por 4 a 2, no Estádio do Café. ‘Dago’ já tem 16 gols e lidera a artilharia ao lado de Lucão, do Goiás.

Mas o Tubarão encostou firme no G4, com 54 pontos, em quinto lugar. Está três pontos atrás de Avaí e Goiás. O Criciúma, com 42 pontos, precisa ainda de uma vitória para se livrar da degola.

AS GOLEADAS
As surpresas foram as goleadas. Em Pelotas, numa noite inspiradíssima, o Brasil atropelou o organizado Vila Nova que sucumbiu ao 5 a 0. A vitória deixou o time gaúcho com 41 pontos, ainda em 16.º lugar, mas agora quatro pontos na frente do Paysandu, com 37.

O Papão venceu o Oeste, por 4 a 3, num gol nos acréscimos. O técnico João Brigatti pode comemorar uma vitória após oito jogos, mas segue em 17.ª lugar.

Em Sorocaba, outra grande surpresa. O São Bento não perdoou o Coritiba e enfiou 5 a 2, numa noite altamente positiva. Com 46 pontos, em décimo lugar, o time sorocabano está livre do rebaixamento. Isso se não levar uma puxada de tapete por suposta irregularidade. O Coxa, com 46 pontos, está em 12.º e fora da degola.

BOA ESPORTE foi rebaixado ao perder para a Ponte Preta. Foto: Fábio Leoni
BOA ESPORTE foi rebaixado ao perder para a Ponte Preta. Foto: Fábio Leoni

MACACA REBAIXA BOA
Em Campinas, a Ponte Preta não jogou bem, mas voltou a vencer, desta vez por 1 a 0, em cima do Boa Esporte. Com isso, confirma a sua grande chegada na reta final: foram 16 pontos conquistados em 18 disputados. Todos sob o comando do técnico Gilson Kleina.

A Macaca aparece em quinto lugar, com 53 pontos. Uma grande campanha para quem já tem seu quarto técnico e ficou muitas rodadas com medo do rebaixamento. O pior sobrou para o time mineiro, com 29 pontos, e já matematicamente rebaixado.

EMPATE RIDÍCULO
A rodada emocionante foi quebrada somente por um jogo muito fraco feito por Figueirense e Guarani, que empataram sem gols em Florianópolis. Muito triste pra dois clubes tradicionais.

O time catarinense está em 11.º lugar, com 46 pontos. E o time paulista aparece com 50 pontos, em nono lugar. O Bugre foi vítima da briga política que agitou seus bastidores, com o bilionário Roberto Graziano, da Magnum, pressionando os dirigentes para assumir o comando do futebol. Há quem garanta que para não cumprir o contrato que tem com o clube, inclusive para a construção de um novo estádio e um moderno centro de treinamento.

Paysandu voltou a vencer após oito jogos com um gol nos acréscimos e ainda sobrevive na Série B
Paysandu voltou a vencer após oito jogos com um gol nos acréscimos e ainda sobrevive na Série B

CONTRA O DESCENSO
No mais, o CRB, muito bem dirigido por Roberto Fernandes, venceu outra em casa. Fez 2 a 0 sobre o Juventude e deu um largo passo para permanecer na Série B em 2019. Já tem 41 pontos.
O Juventude parece condenado a cair, com 35 pontos, em 18.º lugar.

Está na frente do Sampaio Corrêa, com 32 pontos, em penúltimo lugar (perdeu para o Goiás, por 1 a 0, na segunda-feira). Sem contar o fraquíssimo Boa Esporte, mestre em desorganização e amadorismo.

Confira os resultados da 35ª rodada
Goiás
1
x
0
Sampaio Corrêa
Brasil-RS
5
x
0
Vila Nova-GO
Atlético-GO
2
x
2
Avaí
Londrina
4
x
2
Criciúma
Ponte Preta
1
x
0
Boa Esporte-MG
São Bento
5
x
2
Coritiba
Figueirense
0
x
0
Guarani
Fortaleza
1
x
1
CSA
CRB
2
x
0
Juventude
Paysandu
4
x
3
Oeste
Próxima RodadaVeja a Classificação!
 
 
" />