Seleção FI da Série B tem domínio do Fortaleza e ataque inspirado

Com uma goleada por 4 a 1 sobre o Juventude, o dono da taça é o time com mais representantes nesta edição

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - A penúltima rodada da Série B terminou no último sábado, com uma linda festa no jogo da taça do Fortaleza, além do acesso confirmado para o Goiás. Mais uma vez, o Portal Futebol Interior acompanhou todas as partidas e escalou a Seleção da Rodada.

Com uma goleada por 4 a 1 sobre o Juventude, o dono da taça é o time com mais representantes nesta edição. Destaques também para o fato de cinco jogadores terem marcado dois gols na rodada. Além de Gustavo e Marlon, do Fortaleza, também conseguiram o feito Alex Silva (Goiás), Willians Santana (CRB) e Elton (Figueirense).

CONFIRA A SELEÇÃO DA 37ª RODADA:

Beliatto (Criciúma);

Alex Silva (Goiás), Betão (Avaí), Renan Fonseca (Ponte Preta) e Romário (Guarani);

Felipe (Fortaleza), Marlon (Fortaleza) e Pedro Carmona (Paysandu);

Willians Santana (CRB), Gustavo (Fortaleza) e Elton (Figueirense).

Técnico: João Brigatti (Paysandu)

Fortaleza comanda a seleção da rodada. (Foto: Divulgação / Fortaleza)
Fortaleza comanda a seleção da rodada. (Foto: Divulgação / Fortaleza)
Goleiro: Beliatto (Criciúma)
Restava ao time Carvoeiro se defender para impedir a vitória do Vila Nova no estádio Serra Dourada. Num jogo disputado palmo a palmo, o goleiro acabou deixando o campo como grande heroi. Fez grandes defesas e comemorou muito o empate por 2 a 2 que deixou seu time em condições de confirmar sua permanência na elite na próxima temporada.

Lateral-direito: Alex Silva (Goiás)
Grande herói do inesquecível jogo em Barueri. Alex Silva fez uma partida memorável ao marcar o primeiro gol, de cabeça, que encheu o Goiás de confiança para buscar a virada. Dos pés do lateral direito saiu do segundo gol, que confirmou a vitória e consequentemente o acesso para a elite do futebol nacional. Depois de tanto correr, saiu de campo cansado e muito aplaudido pela torcida

Zagueiro: Betão (Avaí)
Usou de toda a sua experiência para comandar a defesa do time catarinense na vitória sobre o CSA, por 1 a 0, em pleno estádio Rei Pelé. Foi bem na cobertura e depois imbatível no jogo aéreo, que virou a alternativa do time alagoano para tentar reverter o resultado. É o homem de confiança do técnico Geninho dentro de campo, uma vez que o meia Marquinhos, com 37 anos, só tem atuado pouco e já anunciou sua aposentadoria ao final da temporada.

Zagueiro: Renan Fonseca (Ponte Preta)
A Ponte Preta mostrou muita segurança no sistema defensivo na vitória por 2 a 0 para cima do Coritiba, em Campinas. Renan Fonseca foi um gigante, anulando as principais ações da equipe paraense. O goleiro Ivan pouco teve trabalho. O zagueiro cresceu muito nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

Lateral-esquerdo: Romário (Guarani)
Em um Guarani desmotivado contra o Brasil de Pelotas, Romário mostrou bastante interesse no jogo e foi bastante útil defensivamente, com alguns desarmes pontuais e boas interceptações. Quando subiu ao ataque, também mostrou recursos e foi o responsável por dar a assistência para o gol de Rafael Longuini.

Willians Santana marcou dois na rodada. (Foto: Reprodução)
Willians Santana marcou dois na rodada. (Foto: Reprodução)
Volante: Felipe (Fortaleza)
Um dos nomes mais consistentes de toda a Série B, Felipe não costuma decepcionar o torcedor do Fortaleza. Na goleda por 4 a 1 sobre o Juventude, cumpriu muito bem seu papel defensivo e ainda participou do primeiro gol tricolor, dando um belo chute antes do goleiro dar o rebote para Marlon marcar.

Meia: Pedro Carmona (Paysandu)
Pedro Carmona guiou o Paysandu na virada para cima do Figueirense por 3 a 2, na última terça-feira, resultado que manteve o Papão vivo na briga por permanecer na divisão. O meia deixou o seu e ainda deu assistência para o gol marcado pelo zagueiro Timbó, tento que decretou os três pontos para a equipe paraense.

Meia: Marlon (Fortaleza)
Fez o gol de empate do Fortaleza aos nove minutos do primeiro tempo em uma lance de oportunismo e fechou a goleada por 4 a 1 com um golaço aos 42 do segundo tempo. As duas bolas na rede já mostram a qualidade do jogo feito por Marlon, que se movimentou bem no meio de campo e mostrou-se decisivo.

Atacante: Gustavo (Fortaleza)
Não há mais discussão sobre o apelido Gustagol. Nesta temporada, ele é mais do que justo. Com dois gols na goleada por 4 a 1 sobre o Juventude, o atacante tricolor chegou ao trigésimo gol na temporada, número que ele mesmo havia estabelecido como meta para fechar o ano com chave de ouro.

Gustagol segue fazendo jus ao apelido. (Foto: Divulgação / Fortaleza)
Gustagol segue fazendo jus ao apelido. (Foto: Divulgação / Fortaleza)
Atacante: Willians Santana (CRB)
Jogando mais avançado do que o normal, vem cumprindo muito bem a função como referência no ataque. E se o CRB ficar na Série B, ele terá grande responsabilidade no jeito. Nos últimos quatro jogos, marcou seis gols, dois deles na vitória por 2 a 1 sobre o Londrina, em mais uma grande atuação.

Atacante: Elton (Figueirense)
O Figueirense perdeu para o Paysandu por 3 a 2, mas o atacante Elton foi o grande destaque do jogo. O atacante marcou os dois gols da equipe catarinense e foi o responsável pelas melhores oportunidades durante os 90 minutos. No entanto, os demais atletas não estavam no mesmo time, tanto que não conseguiram evitar a derrota.

Técnico: João Brigatti (Paysandu)
Vem fazendo uma campanha de reação com o Paysandu, sem vencer a cinco jogos e com três vitórias seguidas. Contra o Figueirense, influenciou o time com seu discurso de motivação. Também mostrou ter estrela, quando colocou Timbó aos 41 minutos e viu o jogador fazer o gol da vitória aos 45. Agora o Papão chega à última rodada vivo na briga contra a queda. Além de Brigatti, Vale citar também o nome de Ney Franco, que subiu o Goiás em um bom jogo contra o Oeste.