Fortaleza x CSA – Após acesso, Leão pode garantir título antecipado em casa

O Fortaleza, que já subiu, busca confirmar o título, enquanto o vice-líder CSA segue na luta pelo acesso

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 05 (AFI) – Num dos confronto mais promissores da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, que acontece nesta terça-feira, o Fortaleza, que confirmou o acesso na última rodada, recebe o vice-líder CSA. O jogo, que pode confirmar o título da Série B para o Leão da Pici e também pode deixar o Azulão do Mutange com um pé na Série A, acontece no estádio Castelão, em Fortaleza-CE, às 21h30 desta terça-feira.

Líder há 33 rodada e sem nunca ter ficado fora do G4, o Fortaleza confirmou o acesso com quatro rodadas de antecedência. O líder do torneio vem de vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-GO fora de casa, o que levou a equipe aos 64 pontos. Para conseguir o título já nesta rodada, basta que o Leão da Pici vença o CSA e torça para um tropeço do Avaí diante do Atlético-GO.

O CSA chega a Fortaleza após viajar para o Maranhão e vencer o Sampaio Corrêa de virada por 3 a 2. A vitória foi a segunda seguida do time, que voltou à vice-liderança, com 57 pontos. Em caso de vitória, o Azulão do Mutange não pode confirmar o acesso matematicamente nesta rodada, mas ficará virtualmente na Série A, restando apenas três rodadas.

Após acesso, Leão pode garantir título
Após acesso, Leão pode garantir título

Além da conquista, a equipe comandada por Rogério Ceni pode encerrar um jejum incômodo de 28 anos sem títulos nordestinos da segunda divisão. O último campeão da Série B vindo do Nordeste foi o Sport em 1990.

HAJA FESTA
Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz pediu para que a torcida não fosse ao aeroporto para recepcionar os jogadores após o acesso à elite, mas isso não é pedido que se faça a pessoas que esperaram 12 anos por esse momento. Como não poderia deixar de ser, centenas de tricolores fizeram festa no desembarque do elenco.

MUDA POUCO
Com pouco tempo de preparação, o técnico Rogério Ceni vai depender da avaliação física de alguns jogadores para definir o time titular. O treinador não quer fazer muitas mudanças, mas é certo que fará ao menos uma. Isso porque o lateral-esquerdo Bruno Melo foi punido com o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. O substituto imediato da posição é Leonan.

“Subir era o foco principal, mas terminar o ano conquistando a Série B seria maravilhoso. Um presente a mais para nossa torcida, que sempre esteve ao nosso lado, apoiando o time em todos os jogos. Respeitamos o CSA e o Avaí, mas vamos lutar também pela taça”, afirmou o zagueiro Diego Jussani sobre os próximos compromissos do Tricolor.

CSA vem de virada sobre o Sampaio Corrêa
CSA vem de virada sobre o Sampaio Corrêa

MUDA NA ZAGA
A virada do CSA para cima do Sampaio Corrêa foi muito festejada, mas o jogo também resultou numa baixa para a equipe de Marcelo Cabo. Isso porque o zagueiro Leandro Souza sofreu um entorse no tornozelo esquerdo já nos minutos finais do confronto contra o time maranhense e não seguirá rumo à capital cearense com o restante do elenco para o duelo contra o líder Fortaleza.

O time alagoano treinou em São Luís-MA no último domingo à tarde e seguiram viagem para o Ceará à noite. Leandro embarcou rumo a Maceió. Com o desfalque, Rony, também zagueiro, encontrará o elenco do CSA, mas apenas para cumprir vaga no plantel.

Quem ficará com a vaga de Leandro no time titular é o zagueiro Elivélton, que foi reserva no confronto contra o Sampaio Corrêa. Ele fará dupla de zaga com Xandão. O restante do time deverá ser o mesmo.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
35ª rodada
Data
06/11/2018
Horário
21h30
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Péricles Bassols Pegado Cortez-PE

Renda
R$ 927.421,00
Assistentes
Clovis Amaral da Silva-PE e Marcelino Castro de Nazare-PE

Público
46.630 pagantes (47.540 total)
Cartões Amarelos
Fortaleza-CE: Felipe, Marlon
CSA-AL: Juan, Xandão

Gols
Fortaleza-CE: Dodô 35' 1T
CSA-AL: Hugo Cabral 36' 2T
Fortaleza-CE
Marcelo Boeck;
Tinga, Diego Jussani, Ligger e Adalberto (Leoman);
Felipe (Derley), Dodô, Nenê Bonilha e Marlon (Éderson);
Gustavo e Marcinho.
Técnico: Rogério Ceni
CSA-AL
Lucas Frigeri;
Celsinho, Elivelton, Xandão e Matheus Lopes (Neto Berola);
Yuri, Juan, Dawhan (Jhon Cley) e Didira (Pio);
Rubens e Hugo Cabral.
Técnico: Marcelo Cabo
 
 
" />