Criciúma 3 x 3 CRB - Um confronto direto de tirar o fôlego

Com bolas na trave, pênalti perdido e gol anulado, confronto direto contra rebaixamento termina empatado

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 10 (AFI) - Um confronto direto de muita intensidade entre Criciúma e CRB agitou a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B na tarde deste sábado. Os clubes se enfrentaram no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, e ficaram no empate pelo placar de 3 a 3.

O Criciúma chega a 43 pontos com o empate e termina a rodada na 15ª colocação, enquanto o CRB vem logo na sequência, ficando na 16ª posição, com 42 pontos conquistados. Restam duas rodadas para o fim da competição e os dois precisam vencer em apenas uma delas para se livrar da queda.

TIGRE NA FRENTE, GOL ANULADO E PÊNALTI PERDIDO
Criciúma e CRB fizeram um primeiro tempo de muita intensidade. E foi assim desde os primeiros minutos. O time da casa abriu o placar logo aos 2 minutos, quando Marlon Freitas recebeu na área e chutou travado para abrir o placar. O CRB não se abateu e conseguiu o empate logo depois, aos 6 minutos. Serginho bateu de longe e Willians Santana aproveitou rebote para deixar tudo igual.

O Criciúma foi para cima após o empate e, logo aos 8 minutos, marcou o terceiro gol do duelo, fazendo 2 a 1. Zé Carlos ajeitou para Sandro na área e o zagueiro se jogou na bola para recolocar o Criciúma na frente. O jogo chegou a esfriar um pouco após o terceiro gol, mas voltou a ficar movimentado nos minutos finais.

Aos 36 minutos, o CRB até chegou a empatar em cabeceio de Rafael Costa, mas a arbitragem anulou o gol, marcando falta. O Criciúma se lançou ao ataque na jogada seguinte e o árbitro marcou pênalti de João Carlos em cima de Andew. O atacante Zé Carlos foi para a cobrança, mas o goleiro João Carlos se redimiu e fez a defesa. O CRB ainda tentou no último lance do primeiro tempo, mas o jogo foi para o intervalo empatado.

CRB BUSCA REAÇÃO E TIGRE PARA NA TRAVE
Após o descanso, a etapa final do duelo se manteve num ritmo intenso. O CRB começou pressionando e criou três chances de perigo, mas foi o Criciúma quem tornou a marcar, aos 16 minutos. Eduardo aproveitou vacilo da defesa, dominou no peito e bateu para fazer 3 a 1.

A resposta visitante não demorou muito e, aos 19 minutos, Willians Santana pegou rebote de defesa do goleiro e cabeceou para fazer 3 a 2. A reação seguiu e o empate veio já aos 23 minutos. Em contra-ataque, Alípio rolou para o meio da área e o zagueiro Zacy mandou contra a própria meta, deixando tudo igual.

Após levar o empate, o time da casa foi para cima com tudo. Aos 25, Sandro carimbou a trave. Aos 27, João Carlos salvou o CRB defendendo cabeceio de Zé Carlos. E, aos 29, Vitor Feijão mandou mais uma na trave. Os lances de grande emoção pararam por aí e o duelo terminou empatado por 3 a 3.

PRÓXIMOS JOGOS
Tanto CRB, quanto Criciúma jogarão fora de casa na 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O time alagoano visitará o Londrina no estádio do Café, às 21h30 da próxima sexta-feira. Já os catarinenses jogam contra o Vila Nova no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 19h30 do próximo sábado.

Na última rodada, que acontece no sábado, dia 24 de novembro, às 17h, o Criciúma recebe o Sampaio Corrêa no estádio Heriberto Hulse, enquanto o CRB joga em casa contra o Figueirense, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
10/11/2018
Horário
17h00
Local
Heriberto Hülse - Criciúma (SC)
Árbitro
André Luiz de Freitas Castro (GO)

Renda
R$ 54.240,00.
Assistentes
Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Público
5.151 pagantes.
Cartões Amarelos
Criciúma-SC: Liel, Marlon Freitas, Andrew
CRB-AL: Diogo Mateus, Leilson, Serginho, Rafael Costa

Gols
Criciúma-SC: Marlon Freitas 2' 1T, Sandro 8' 1T, Eduardo 16' 2T
CRB-AL: Willians Santana 6' 1T, Willians Santana 19' 2T, Jacy Maranhão 24' 2T (contra)
Criciúma-SC
Belliato;
Sueliton, Sandro, Jacy e Marlon;
Liel (Ronaldo), Marlon Freitas (Vitor Feijão), Elvis (Alex Maranhão) e Eduardo;
Andrew e Zé Carlos.
Técnico: Mazola Júnior
CRB-AL
João Carlos;
Diogo Mateus, Everton Sena, Anderson Conceição (Leilson) e Paulinho; Claudinei, Serginho, Felipe Menezes e Rafael Carioca;
Willians Santana (Lázaro) e Rafael Costa (Alípio).
Técnico: Roberto Fernandes
 
 
" />