Goiás 0 x 0 Londrina - Faltou criatividade para superar a bem armada marcação

Dono do melhor ataque, ao lado do líder Fortaleza, com 43 gols, este foi o primeiro jogo que o Goiás - vice-líder - não marcou gol

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 2 (AFI) – Apesar do apoio da torcida, o Goiás não teve uma boa atuação, mostrou um futebol previsível e ficou no empate sem gols com o Londrina, nesta terça-feira à noite, no Estádio Olímpico, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Dono do melhor ataque, ao lado do líder Fortaleza, com 43 gols, este foi o primeiro jogo que o Goiás não marcou gol e o quinto jogo seguido do Londrina sem sofrer gol.

O justo empate deixou o Goiás ainda na vice-liderança, com 50 pontos e sem risco de perder sua vaga no G4 – zona de acesso – nesta rodada. O Londrina chega aos 41 pontos, em oitavo lugar, mais longe do G4, porém, contente por sua campanha de recuperação.

OS MELHORES
Os dois times entraram em campo debaixo de elogios pelas melhores campanhas no returno. O Goiás com 22 pontos, contra 19 do Londrina. Mas o primeiro tempo foi decepcionante em termos de emoções. Eles se respeitaram demais e praticamente não finalizaram a gol.

O Goiás começou dando a impressão de que buscaria rapidamente o gol. Aos três minutos, após levantamento da esquerda, o lateral Alex Silva pegou de bicicleta e acertou o pé da trave esquerda de Vagner. E teve outra chance aos 13 minutos, quando Giovanni soltou a bomba da intermediária, a bola quicou na frente do goleiro Vagner que espalmou para escanteio.

SEM FINALIZAR
O Londrina, que atuou com três atacantes e teve a volta do veterano Dagoberto, com 12 gols em 12 jogos, não chutou uma vez em gol. O time goiano teve mais volume de jogo, porém, sem eficiência. Além disso, no final do primeiro tempo perdeu o zagueiro Victor Ramos, machucado, e substituído por Edcarlos.

Roberto Fonseca: segurou o ataque do Goiás
Roberto Fonseca: segurou o ataque do Goiás

Na volta do intervalo, outra baixa no Goiás: o meia Renato Cajá sentiu uma fisgada na perna esquerda e deixou seu lugar para Léo Sena. Além disso, tentou fazer aquela manjada pressão inicial. Mas o Londrina, bem armado na defesa pelo técnico Roberto Fonseca, não deu espaços, inclusive, reforçando a marcação em cima de Michael, que costuma ser a válvula de escape goiano.

O Goiás manteve seu jogo previsível, sem conseguir sair da marcação, enquanto o Londrina abriu mão até dos contra-ataques para garantir o ponto fora de casa. Deu certo e levou um ponto para o Paraná. A torcida não gostou e soltou uma leve vaia.

FOLGA E JOGOS
Os dois times agora vão ter um bom período de treinamentos. O Goiás só volta a campo no dia 12 (sexta-feira), às 19h15, contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS). O Londrina vai jogar dia 13 (sábado), às 21 horas, em casa diante do São Bento.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
02/10/2018
Horário
20h30
Local
Estádio Olímpico Pedro Ludovico - Goiânia (GO)
Árbitro
Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)

Renda
R$ 149.785,00
Assistentes
Thyago Costa Leitão (PI) e Mauro Cezar Evangelista de Sousa (PI)

Público
8.475 pagantes (9.940 total)
Cartões Amarelos
Goiás-GO: David Duarte, Alex Silva, Giovanni
Londrina-PR: Vagner, João Paulo, Dagoberto, Leandro Almeida

Goiás-GO
Marcos;
Alex Silva, David Duarte, Victor Ramos (Edcarlos) e Ernandes;
Gilberto, Giovanni e Renato Cajá (Léo Sena);
Michael, Lucão e Rafinha (Maranhão).
Técnico: Ney Franco.
Londrina-PR
Vagner;
Lucas Ramon, Leandro Almeida, Lucas Costa e Sávio;
Germano, João Paulo e Higor Leite (Anderson Leite);
Felipe Marques, Dagoberto (Patrick Vieira) e Thiago Ribeiro (Paulinho Mocellin).
Técnico: Roberto Fonseca.
 
 
" />