CSA x Ponte Preta - Macaca quer motivos para acreditar e Azulão mira vice-liderança

Os dois times se enfrentam nesta sexta-feira, pela 31ª rodada da segunda divisão nacional

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 11 (AFI) - Após encerrar um jejum de oito jogos sem vencer na Série B ao bater o CRB por 1 a 0 no último sábado, a Ponte Preta precisa conquistar uma boa sequência de vitórias se quiser seguir com chances de brigar pelo acesso. O próximo desafio será às 21h30 desta sexta-feira, em duelo contra o CSA, no Rei Pelé, pela 31ª rodada.

Hoje com 40 pontos, na décima colocação a Macaca está a oito pontos do Avaí, primeiro time dentro do G4, isso faltando oito rodadas para o fim da Série B. Apesar do cenário complicado, ainda há esperança. A questão é time oscilou muito ainda não comemorou muitos triunfos consecutivos durante a disputa da segunda divisão. Até agora, foram apenas três séries de resultados positivos e duas delas duraram apenas dois jogos. A outra durou três.

PELO SEGUNDO LUGAR
Do lado do CSA, a briga é pela vice-liderança. O Azulão está em terceiro lugar, com os mesmos 50 pontos que o segundo colocado Goiás, mas está atrás porque perde por 15 a 14 no saldo de gols. Existe a possibilidade de uma ultrapassagem caso o Goiás perca ou empate com o Juventude, em duelo marcado para as 19h15 desta sexta-feira.

Durante o primeiro turno, Ponte e CSA se enfrentaram no Moisés Lucarelli e ficaram no empate por 1 a 1, em jogo válido pela 12ª rodada.

Foto: Fábio Leoni / Ponte Preta
Foto: Fábio Leoni / Ponte Preta

DÚVIDA
O técnico Marcelo Cabo tem apenas uma dúvida para escalar o CSA. O treinador tem à disposição todos os jogadores que participaram da última partida, mas estuda a possibilidade de começar o jogo com o atacante Hugo Cabral no lugar de Neto Berola.

Na última rodada, Cabo fez essa mesma substituição no intervalo e Hugo Cabral entrou bem e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Paysandu. Assim, o treinador pode optar por ter o atleta desde o início do jogo. No entanto, isso não está confirmado e é possível que Berola tenha mais uma chance, com Hugo novamente entrando no decorrer do jogo.

APOSTANDO NA EXPERIÊNCIA
A Ponte Preta encerrou sua preparação em solos campineiros na quinta, antes de partir viagem para Maceió. O treinador optou pelo mistério na escalação, mas indicou a manutenção de um time experiência para enfrentar um adversário que luta pelo acesso à elite do futebol nacional.

“Vamos utilizar um time mais experiente, com jogadores que saibam lidar com situações como essa. Sabem os atalhos e estão acostumados com essa responsabilidade. Vamos enfrentar um time com mais condição técnica do que os nossos últimos adversários. Sabem se defender muito bem. Será um jogo extremamente difícil”, afirmou Gilson Kleina.

No último treino ainda em Campinas, o treinador testou Paulinho no time titular, na vaga de Matheus Vargas. O lateral Ruan também chegou a treinar entre os titulares, mas deve ficar como opção no banco de reservas.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
12/10/2018
Horário
21h30
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Felipe Gomes da Silva (PR)

Assistentes
Luciano Roggenbaum - PR e João Fábio Machado Brischiliari - PR

Cartões Amarelos
CSA-AL: Pio, Juan, Alemão
Ponte Preta-SP: Reginaldo, Matheus Vargas

Cartões Vermelhos
Ponte Preta-SP: Victor Rangel
Gols
CSA-AL: Matheus Lopes 45' 2T
Ponte Preta-SP: Matheus Vargas 1' 1T, Danilo Barcelos 38' 1T
CSA-AL
Lucas Frigeri;
Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha (Hugo Cabral);
Yuri, Jhon Cley (Daniel Costa), Pio e Juan;
Alemão (Rubens) e Neto Berola.
Técnico: Marcelo Cabo
Ponte Preta-SP
Ivan;
Igor Vinícius, Reginaldo, Renan Fonseca e Danilo Barcelos;
João Vitor, Lucas Mineiro, Matheus Vargas (Bruno Ramires) e Tiago Real (Roberto);
Júnior Santos e André Luís (Victor Rangel).
Técnico: Gilson Kleina
 
 
" />