Guarani x CRB - Bugre busca a reabilitação para encostar novamente no G4

Já o time alagoano precisa vencer para se afastar de vez da zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 06 (AFI) – CRB e Guarani se enfrentam em momentos distintos nesta sexta-feira, às 16h, no Estádio Rei Pelé, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Enquanto o Bugre luta para conquistar o acesso, o Galo tenta desesperadamente permanecer na divisão na próxima temporada.

O duelo terá a transmissão da Rádio FI, com narração de Carlos Corsato, comentários de Wagner Ferreira, reportagem de Washington Mello e Marcelo Corsato no placar ao vivo. Giovane Paiola comandará a Futebol Interior TV.

Apesar de flertar com o G4, o Guarani não vive seu melhor momento no torneio. O Bugre já não vence há três rodadas e vem de derrota para o Goiás por 2 a 0. Mesmo assim, segue em sétimo, com 37 pontos. O Avaí, quarto, tem 42.

Já o CRB corre o risco de terminar na zona de rebaixamento ao final da temporada. O time alagoano tem 28 pontos, mesma pontuação do Juventude, 17º. Só não está no descenso pelo número de vitórias: 7 a 5.

COMO VEM O BUGRÃO?
Umberto Louzer se viu obrigado a mudar o time do Guarani visando o jogo desta sexta-feira diante do CRB. O treinador não poderá contar com o zagueiro Fabrício, que sequer viajou para Maceió. Ele foi vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão no músculo adutor longo direito.

O treinador levou algumas dúvidas para a capital alagoana. A primeira é justamente na defesa. Edson Silva larga na frente por uma chance entre os titulares, mas Ferreira ainda está no páreo. E esta não deve ser a única mudança em cima das condições físicas de seus jogadores.

Guarani vem de derrota para o Goiás no Brinco - Reprodução/Guarani
Guarani vem de derrota para o Goiás no Brinco
A sequência de jogos deixou o Guarani em alerta. Philipe Maia, Rafael Longuine e Bruno Mendes são os atletas mais desgastados. O primeiro deve atuar muito pelo desfalque de Fabrício. Já o ex-santista pode ser preservado. Com isso, Rondinelly seria o escolhido para completar o meio de campo.

Caso Bruno Mendes também seja poupado, Marcão deve ser o único homem no ataque, já que Louzer costuma usar o esquema tático 4-5-1, povoando o meio de campo afim de abastecer o seu homem se referência.

OLHO NO GALO!
Tentando engrenar no Campeonato Brasileiro da Série B para se afastar de vez da zona de rebaixamento, o CRB precisa da vitória a qualquer custo diante do Guarani, nesta sexta-feira. O técnico Doriva confirmou o time com apenas uma mudança. Anderson Conceição deixa o time para cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Wellington Carvalho deve ser o substituto.

CRB perdeu para o Avaí na última rodada - Frederico Tadeu/Avaí FC
CRB perdeu para o Avaí na última rodada
Esta será a única mudança em relação ao time que perdeu para o Avaí por 1 a 0 na última rodada. Vale lembrar que Lucas Siqueira passará por uma cirurgia no joelho esquerdo e não defenderá mais o clube na temporada. O jogador se lesionou no confronto frente ao Sampaio Corrêa.

“Em casa temos que propor nosso jogo e buscar a vitória. O Guarani é um grande difícil, vai nos impor inúmeras dificuldades, mas confio na minha equipe e sei que podemos sair com os três pontos. Contamos com o apoio do nosso torcedor para sair dessa situação”, afirmou o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
26ª rodada
Data
07/09/2018
Horário
16h00
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Renda
R$ 39.209,00
Assistentes
Tiago Gomes da Silva (GO) e Paulo César Ferreira de Almeida (GO)

Público
3.346 pagantes (5.005 total)
Cartões Amarelos
CRB-AL: Everton Sena, Wellington Carvalho, Renan, Neto Baiano
Guarani-SP: Ricardinho, Marcão, Bruno Xavier

Gols
CRB-AL: Neto Baiano 18' 2T
Guarani-SP: Bruno Mendes 33' 2T
CRB-AL
João Carlos;
Diogo Mateus, Wellington Carvalho, Everton Sena e Rafael Carioca;
Claudinei, Luiz Otávio e Diego Rosa (Renan Oliveira);
Iago (Elias), Willians Santana (Leilson) e Neto Baiano
Técnico: Doriva
Guarani-SP
Agenor;
Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará;
Willian Oliveira, Ricardinho, Fabrício Bigode, Rondinelly (Rafael Longuine) e Matheus Oliveira (Bruno Xavier);
Marcão (Bruno Mendes).
Técnico: Umberto Louzer
 
 
" />