Atlético-GO 1 x 3 Goiás - De virada, Verdão lava a alma na Série B

O Dragão saiu na frente, mas teve um jogador expulso no fim do primeiro tempo e sofreu a virada na etapa final

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 02 (AFI) - Clássico não existe favorito. Essa máxima do futebol se fez valer na tarde deste sábado, quando o desesperado Goiás conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B ao bater o Atlético-GO, por 3 a 1, de virada, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, pela oitava rodada.

A partida teve apenas torcedores rubronegros, pois por determinação do Ministério Público os clássicos em Goiânia estão sendo realizados com torcida única.

Com a primeira vitória no campeonato, o Goiás chegou aos cinco pontos e subiu para a 18ª colocação, mas segue na zona de rebaixamento. Por outro lado, o Atlético-GO perdeu a chance de encostar no G4 e segue na zona intermediária da tabela, com 11 pontos.

GOLS E PREOCUPAÇÃO

Logo aos cinco minutos, Júnior Brandão recebeu de Júlio César e, mesmo sem ângulo, finalizou de primeira no cantinho de Marcelo Rangel, que ainda tentou fazer a defesa com os pés. A alegria rubronegra, porém, durou apenas até os 16, quando Felipe Gedoz deixou tudo igual no Olímpico.

O Atlético saiu na frente, mas sofreu a virada do Goiás no segundo tempo
O Atlético saiu na frente, mas sofreu a virada do Goiás no segundo tempo

Felipe Gedoz recebeu livre de marcação e finalizou de fora da área no cantinho de Jefferson. A virada quase veio na sequência, quando Felipe Gedoz recebeu dentro da pequena área e finalizou cruzado pela linha de fundo. Aos 24, Marcelo Rangel se sentiu mal e precisou ser substituído por Marcos, deixando o estádio de ambulância.

A partida ficou paralisada em seis minutos. Aos 39, Mascarenhas cobrou falta, a bola desviou na barreira e Marcos fez a primeira defesa no jogo. Nos acréscimos, René reclamou acintosamente de uma falta não marcada e foi amarelado, mas xingou o árbitro e acabou sendo expulso. Na sequência, Carlos Eduardo fez boa jogada individual e finalizou para defesa de Jefferson.

DE VIRADA
Com um homem a mais, o Goiás voltou do intervalo pressionando o Atlético e quase marcou em finalização de Gilberto Júnior. Jefferson se esticou todo e espalmou para escanteio. O Dragão respondeu através de uma bomba de João Paulo defendida por Marcos.

A virada esmeraldina veio aos 15. Maranhão escapou pela esquerda e cruzou. Jefferson rebateu, mas a bola acertou em William Alves e sobrou para Lucão só empurrar. O Atlético assustou quando Fernandes foi até a linha de fundo e cruzou fechado. Marcos espalmou para escanteio.

Nos minutos finais, o Atlético se lançou com tudo em busca do empate e passou a dar espaço para o contra-ataque esmeraldino. E, aos 46, Michael fez grande jogada individual e cruzou para Lucão marcar o terceiro do Goiás.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela nona rodada. O Atlético-GO encara o Juventude, às 19h15, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, enquanto o Goiás tem pela frente a Ponte Preta, às 21h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
8ª rodada
Data
02/06/2018
Horário
16h30
Local
Olímpico Pedro Ludovico - Goiânia (GO)
Árbitro
Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Renda
R$ 48.845,00
Assistentes
Hélcio Araújo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

Público
4.492 pagantes
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Fernandes, Rômulo, René , Júlio César
Goiás-GO: Carlos Eduardo, Alex Silva, David Duarte, Geovane

Cartões Vermelhos
Atlético-GO: René
Gols
Atlético-GO: Júnior Brandão 5' 1T
Goiás-GO: Felipe Gedoz 16' 1T, Lucão 15' 2T, Lucão 46' 2T
Atlético-GO
Jefferson;
Alisson, Lucas Rocha, René e Mascarenhas;
Rômulo, Fernandes e João Paulo (André Luis);
Júlio César, Júnior Brandão e Renato Kayser (William Alves).
Técnico: Cláudio Tencatti.
Goiás-GO
Marcelo Rangel (Marcos);
Alex Silva, David Duarte, Edicarlos e Ernandes;
Gilberto Júnior, Léo Sena (Giovanni) e Felipe Gedoz;
Carlos Eduardo, Lucão e Maranhão (Michael).
Técnico: Ney Franco.