Atlético-GO x Londrina - No estádio Olímpico, Tubarão revê Claudio Tencati

Técnico chegou em abril de 2011 ao LEC, que estava na 2ª Divisão do Campeonato Paranaense, e colocou na elite estadual e na Série B

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 10 (AFI) - A partida desta sexta-feira será especial para tanto para o técnico do Atlético-GO, Cláudio Tencati, quanto para o Londrina. Afinal, o treinador vai reencontrar a equipe paranaense pela primeira vez desde que saiu, em novembro do ano passado, após um trabalho de seis anos e cinco meses. Os times se enfrentam no estádio Olímpico, em Goiânia, às 21h30, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O atual comandante do Dragão chegou em abril de 2011 ao LEC, que estava na 2ª Divisão do Campeonato Paranaense. Sob seu comando, o time londrinense subiu à elite e em 2014 encerrou um jejum de 22 anos ao ser campeão estadual. No ano passado, conquistou a Primeira Liga de forma invicta. Em 269 jogos, o treinador teve 131 vitórias, 72 empates e 66 derrotas. Além disso, somou dois acessos nacionais e colocou o Tubarão no Campeonato Brasileiro da Série B.

Sob comando de Tencati, Londrina conquistou o acesso na Série D de 2014
Sob comando de Tencati, Londrina conquistou o acesso na Série D de 2014
SITUAÇÃO NA SÉRIE B
O reencontro vai acontecer em um momento em que Atlético-GO e Londrina ocupam a faixa intermediária da tabela. O Dragão é décimo colocado com seis pontos, mas sem 100% de aproveitamento diante do torcedor rubro-negro - vitórias sobre Criciúma e Guarani. Fora de casa, o desempenho é o inverso: duas derrotas, para Coritiba e CRB.

O Tubarão tem uma campanha ligeiramente superior. É sétimo lugar com sete pontos. Vitórias sobre Boa Esporte, em casa, e Ponte Preta, fora, empate com o Fortaleza, no estádio do Café, e derrota para o Paysandu, na Curuzu. O G$ é formado por Vila Nova, com 12 pontos, e Fortaleza, Paysandu, e Coritiba, todos com dez.

O DRAGÃO
Cláudio Tencati já definiu o Atlético-GO para o confronto. A única mudança em relação ao time que perdeu para o CRB será a entrada do goleiro Jefferson no lugar de Kléver, que não vive um bom momento. Recém-contratado para a posição junto ao Atlético-PR, Léo ainda não tem condições de estrear.

Atlético-GO x Londrina - No estádio Olímpico, Tubarão revê Claudio Tencati
Atlético-GO x Londrina - No estádio Olímpico, Tubarão revê Claudio Tencati
"É um clube pelo qual tenho carinho, um respeito enorme e não sei qual será o sentimento. Tenho me concentrado muito, porque naquele momento vou defender o Atlético-GO. Vou ter que dividir bem essa função para que a gente possa fazer um grande trabalho, pois precisamos de um bom resultado na sexta", disse o treinador à Folha de Londrina.

Cláudio Tencati é o maior técnico da história do Londrina
Cláudio Tencati é o maior técnico da história do Londrina
O TUBARÃO
Ainda sem poder contar com o novo reforço, o lateral Fernando Júnior, o técnico Marquinhos Santos ainda tem desfalques importantes para essa partida.

O volante Moisés, o meia Patrick Vieira e o atacante Marcelinho receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática.

Lorenzi, Matheus Olavo e Wesley aparecem como os principais candidatos para substituí-los.

"Temos testado algumas situações. Fechamos o treinamento e definimos a equipe. A semana foi muito boa e as formações que testei me agradaram. Aguardamos também a definição do Atlético-GO para tomar a melhor estratégia possível, pois sabemos que será um jogo difícil e de seis pontos", afirmou o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
5ª rodada
Data
11/05/2018
Horário
21h30
Local
Estádio Olímpico - Goiânia (GO)
Árbitro
Leo Simão Holanda - CE (CBF)

Renda
1.615 pessoas
Assistentes
Nailton Junior de Sousa Oliveira - CE (CBF) e Renan Aguiar da Costa - CE (CBF)

Público
R$ 15.600,00
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Fernandes
Londrina-PR: Dudu

Atlético-GO
Jefferson;
Alisson, William Alves, Renê e Mascarenhas;
Bileu, Fernandes e Tomas Bastos (André Luis);
João Paulo (Renato Kayser), Tito (Junior Brandão) e Júlio César.
Técnico: Cláudio Tencati.
Londrina-PR
Vagner;
Reginaldo, Luizão (Dirceu), Lucas Costa, Leandro Almeida e Roberto;
Diego Lorenzi, Germano e Dudu (Luccas Brasil);
Dalberto (Keirrison) e Alisson Safira.
Técnico: Marquinhos Santos