Figueirense 0 x 1 Avaí - Leão cala o Scarpelli e sobe na tabela de classificação

Após um ótimo início, o Figueira conheceu a segunda derrota seguida e viu o rival encostar

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 12 (AFI) - Clássico é clássico. Mesmo pior posicionado na tabela de classificação e jogando fora de casa, o Avaí venceu o Figueirense na tarde deste sábado, por 1 a 0, diante de um público superior a 13 mil pessoas no Orlando Scarpelli. O jogo foi válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol de Rodrigão no início do segundo tempo fez o Avaí chegar aos oito pontos e subir para a oitava colocação, encostando no rival Figueirense, que conheceu a segunda derrota seguida e estacionou nos nove, perdendo a chance de entrar no G4.

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou bastante equilibrada no Orlando Scarpelli e a primeira finalização veio apenas aos 17 minutos. Betinho arriscou de longe e Aranha defendeu sem dar rebote. Na sequência, André Luis aproveitou cruzamento e cabeceou firme. O goleiro do Avaí rebateu e depois saltou para agarrar a bola.

O Avaí levou a melhor mesmo jogando diante de um Orlando Scarpelli lotado
O Avaí levou a melhor mesmo jogando diante de um Orlando Scarpelli lotado

Após linda jogada de Betinho, com direito a chapéu em Romulo, João Paulo cruzou e Ferrareis completou de voleio pela linha de fundo. O Avaí respondeu em chute de Romulo por cima do travessão. Aos 31 minutos, Ferrareis recebeu passe de João Paulo e tirou de Aranha com um leve desvio, mas Betão impediu o gol em cima da linha.

Os dois times diminuíram o ímpeto nos minutos finais do primeiro tempo. O Figueirense tinha mais posse de bola, enquanto o Avaí tentava assustar no contra-ataque. E quase conseguiu. Aos 44, Romulo aproveitou bola mal tirada por Nogueira e bateu rasteiro para defesa segura de Denis.

SEGUNDO TEMPO
O Avaí voltou mais ligado do intervalo e assustou duas vezes seguidas. Renato bateu e Denis espalmou. Na sequência, Rodrigão mandou para fora. Os jogadores avaianos reclamaram de um pênalti não marcado em cima de Renato. O Figueirense respondeu em finalização de Maikon Leite nas mãos de Aranha.

Aos 18 minutos, Capa cruzou e Rodrigão cabeceou para grande defesa de Denis. No rebote, Renato soltou a bomba em cima de Eduardo e a bola voltou para Rodrigão, que dessa vez levou a melhor sobre o goleiro alvinegro. Festa na parte destinada aos avaianos na Ressacada.

Em um grande contra-ataque, Guga cruzou e Rodrigão completou de voleio para o gol, mas o árbitro assinalou impedimento do atacante. No lance seguinte, Felipe Amorim recebeu dentro da área e chutou em cima de Betão. A torcida alvinegra começava a perder a paciência com o time.

André Moritz levantou para dentro da área e Alemão desviou com muito perigo. Nos minutos finais, o Figueirense se lançou com tudo ao ataque e abusou das bolas aéreas, mas a zaga azzurra estava bem posicionada e ganhou todas.

PRÓXIMOS JOGOS
O Figueirense volta a campo na próxima sexta-feira, contra o Fortaleza, às 21h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, enquanto o Avai enfrenta o CRB na terça, às 19h15, no Rei Pelé, em Maceió. Os jogos são válidos pela sexta rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
5ª rodada
Data
12/05/2018
Horário
16h30
Local
Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro
Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Renda
R$ 409.062,00
Assistentes
Márcio Eustáquio Sousa Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Público
13.031 pagantes (13.136 total)
Cartões Amarelos
Figueirense-SC: Zé Antônio , Matheus Sales
Avaí-SC: Romulo , Guga

Gols
Avaí-SC: Rodrigão 17' 2T
Figueirense-SC
Denis;
Diego Renan, Nogueira, Eduardo Bauermann e Guilherme Lazaroni;
Betinho (Matheus Sales), Zé Antônio, Jorge Henrique, João Paulo (Maikon Leite) e Gustavo Ferrareis (Felipe Amorim);
André Luis.
Técnico: Milton Cruz.
Avaí-SC
Aranha;
Fagner Alemão, Betão e Airton;
Guga, Judson, Renato, André Moritz (Matheus Barbosa) e Capa;
Romulo e Rodrigão (Marquinhos).
Técnico: Geninho.
 
 
" />