Com treinador do melhor paulista, Seleção FI da Série B tem no clássico 4-4-2

Paulo Roberto Santos escalou os melhores da quinta rodada com dois meias e dois volantes

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - A quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B durou uma semana: começou na segunda-feira e terminou apenas no domingo. O Fortaleza venceu mais uma em casa e assumiu a liderança graças ao empate arrancado pela Ponte Preta diante do Vila Nova, que perdeu os 100% e caiu para a vice-liderança. CSA e Paysandu completam o G4. Já a zona de rebaixamento é formada por Boa Esporte, Criciúma, Goiás e Sampaio Corrêa.

Sob o comando de Paulo Roberto Santos, que colocou o São Bento como o melhor time paulista até o momento, a Seleção do Portal Futebol Interior da quinta rodada vem armada no clássico 4-4-2, com dois volantes e dois meias de ligação. Assim como faz no Bentão, o treinador aposta principalmente na qualidade do seu sistema defensivo para explorar o contra-ataque com os velozes Didira, Dodô e Yan Sasse municiando o artilheiro Rodrigão.

O Vila Nova perdeu os 100% de aproveitamento na quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
O Vila Nova perdeu os 100% de aproveitamento na quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
A Seleção FI da quinta rodada é: Matheus Cavichioli (Juventude); Everton Silva (São Bento), Fred (Juventude), Reginaldo (Ponte Preta) e Echeverria (CSA); Bileu (Atlético-GO), Ricardinho (Guarani), Dodô (Fortaleza) e Didira (CSA); Yan Sasse (Coritiba) e Rodrigão (Avaí). Técnico: Paulo Roberto Santos (São Bento).

CONFIRA A SELEÇÃO FI

Goleiro: Matheus Cavichioli (Juventude)

Tudo bem que Yuri Mamute foi o autor do gol que garantiu o empate do Juventude diante do Paysandu, mas o time gaúcho chegou no final do jogo perdendo por apenas 1 a 0 graças a Matheus Cavichioli. O goleiro fez pelo menos três grandes defesas antes de Mamute deixar tudo igual. É um dos poucos jogadores que vem se destacando na campanha do Ju.

Lateral-direito: Everton Silva (São Bento)
É um dos jogadores mais regulares na campanha surpreendente realizada pelo São Bento até aqui. Em alguns jogos, se concentra mais na marcação e pouco ataque. Em outros, arrisca mais subidas ao ataque. Contra o Oeste soube equilibrar as duas ações, tanto que só não marcou um gol porque a bola explodiu no travessão.

Zagueiro: Fred (Juventude)
Mais uma vez o Juventude deixou a desejar atuando diante do seu torcedor, mas Fred talvez tenha feito a sua melhor partida nesta Série B, como ele mesmo reconheceu ainda no intervalo. Foi seguro lá atrás e ainda incomodou na frente, principalmente na bola parada. Quase foi recompensado com um golaço de bicicleta.

Autor do gol que garantiu a vitória do Avaí, Rodrigão está na Seleção FI da quinta rodada
Autor do gol que garantiu a vitória do Avaí, Rodrigão está na Seleção FI da quinta rodada
Zagueiro: Reginaldo (Ponte Preta)

No último domingo, o Vila Nova foi melhor que a Ponte Preta nos 45 minutos iniciais e, apoiado pela torcida, pressionou, mas não conseguiu passar pela boa marcação do adversário. Apesar de ter tido trabalho, Reginaldo conseguiu segurar Reis e ainda foi soberano no quesito bola aérea. Sua chegada melhorou o futebol também de Renan Fonseca.

Lateral esquerdo: Echeverria (CSA)
Entrou numa fogueira ao ser escalado para atuar improvisado na lateral. Apesar de sofrer para encaixar no sistema defensivo, foi uma peça interessante para a saída de bola e conseguiu confundir a marcação do boa esporte pelo setor.

Volante: Bileu (Atlético-GO)
O cão de guarda do Atlético-GO. Incansável, contribui muito na marcação e facilita a vida do sistema defensivo, tanto que o Londrina pouco criou no último jogo. Soube aproveitar a oportunidade que teve como titular e não saiu mais do time.

Volante: Ricardinho (Guarani)
O motorzinho do meio-campo alviverde. Não é a toa que foi um dos poucos jogadores poupados pelos torcedores durante conversa realizada logo depois do dérbi campineiro. E contra o Criciúma manteve o desempenho regular, correndo o campo todo, ajudando na marcação e arriscando também algumas subidas ao ataque.

Meia: Dodô (Fortaleza)
Após fazer um bom Paulistão pelo Botafogo-SP, despertou o interesse de clubes e acertou com o Fortaleza. Iniciou a Série B do Brasileiro como reserva, mas rapidamente assumiu a titularidade e vem fazendo boas partidas. Na vitória sobre o Goiás, cobrou o escanteio que originou o gol de Gustavo e já nos minutos finais fechou o caixão com um chute de primeira no cantinho de Marcelo Rangel.

Meia: Didida (CSA)
O CSA encontrou dificuldades do início ao fim contra o Boa esporte. Com uma finalização precisa, Didira foi o cara que fez com que o time alagoano conseguisse uma boa vitória. Além de dar tranquilidade para o resto do time como uma liderança técnica, mostra faro de gol quando está perto da meta adversária.

Os melhores da quinta rodada da Série B serão comandados por Paulo Roberto Santos
Os melhores da quinta rodada da Série B serão comandados por Paulo Roberto Santos
Atacante: Yan Sasse (Coritiba)

É uma das gratas surpresas do Coritiba neste início de Série B e não a toa caiu nas graças dos torcedores alviverde. Veloz e habilidoso, Yan Sasse fez o único gol da vitória sobre o Brasil de Pelotas em chute rasteiro. E ele ainda criou pelo menos outras duas boas oportunidades.

Atacante: Rodrigão (Avaí)
Finalmente desencantou com a camisa do Avaí na Série B do Brasileiro. E não poderia ser em uma melhor hora. Incomodou demais os zagueiros do Figueirense no clássico do último sábado e mostrou oportunismo para garantir a vitória avaiana sobre o seu maior rival. Rodrigão ainda poderia ter feito um gol de placa quando levou perigo em uma finalização de voleio.

Treinador: Paulo Roberto Santos (São Bento)
O São Bento é o melhor paulista e está invicto na difícil Série B. É óbvio que o grande responsável é seu treinador Paulo Roberto Santos que, na importante vitória sobre o Oeste, no sábado, teve papel fundamental e decisivo. Para quem imaginava que o São Bento fosse apenas fazer figuração, está ficando claro que o time de Paulo Roberto é a surpresa positiva da competição.