Fortaleza x Guarani - Bugre quer estragar dia do reencontro do Tricolor com a Série B

Depoisde oito anos na Série C, time fortalezense volta a disputar a segunda divisão em duelo com um adversário embalado

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 12 (AFI) - Guarani e Fortaleza viveram dificuldades parecidas nos últimos anos. Com história e tradição, a dupla trabalha por uma reconstrução no cenário nacional. Ambos passaram um bom tempo na Série C, mas nesta sexta-feira enfim vão se encontrar em duelo pela Série B, justamente no jogo de abertura da atual edição, às 19h15 desta sexta-feira, no Castelão.

A partida vai marcar o retorno do Fortaleza à segunda divisão nacional depois de oito anos na disputa da terceira. Desde o acesso, no final do ano passado, o clube vem investindo bastante e lançou um projeto ousado. Um dos principais reforços para a temporada foi o técnico Rogério Ceni, que até fez um bom Cearense, mas viu o time perder o título para o rival Ceará.

Espaço incorporado por HTML (embed)

O Guarani, por sua vez, vem empolgado após encerrar um período de cinco anos disputando a Série A2 do Paulista. Neste início de temporada, conseguiu o acesso à elite e ainda foi campeão da A2.

Além do período de sofrimento no estadual, o time bugrino passou um bom tempo na Série C, mas não tanto quanto o adversário desta sexta. Após quatro anos na Terceirona, voltou a disputar a Série B no ano passado, quando brigou contra o rebaixamento e terminou na 16ª colocação, com 44 pontos.

HISTÓRICO
No histórico de confrontos, o Bugre leva vantagem sobre o time cearense. Rivais desde 1973, foram doze confrontos, entre jogos pelo Brasileirão, Série B e Copa do Brasil. O Alviverde de Campinas tem seis vitórias contra três do Tricolor do Pici, além de três empates.

Foto: Letícia Martins / GuaraniPress
Foto: Letícia Martins / GuaraniPress

As duas equipes não se enfrentam há oito anos. No ultimo encontro, com gols de Fabinho Almeida e Marcinho, o Bugre venceu o Fortaleza por 2 a 0, no Brinco de Ouro, pelo mata-mata da segunda fase da Copa do Brasil de 2010. Como no jogo de ida o Tricolor do Pici havia vencido por 2 a 0, em Fortaleza, a vaga foi decida nos pênaltis, com uma vitória bugrina por 4 a 3.

Um ano antes, em 2009, temporada na qual o Guarani conquistou o acesso à elite nacional, a rodada de estreia foi justamente contra o Fortaleza, no Castelão, em jogo que terminou com uma vitória por 4 a 2 para o lado bugrino

MUITAS BAIXAS
O técnico Umberto Louzer vai ter uma série de problemas para escalar o Guarani. Ele não vai contar com cinco jogadores que foram titulares durante a disputa da Série A2. Entre eles está o atacante Erik, que vai cumprir a primeira de três suspensões por conta de uma punição recebida quando ainda jogava pelo Luverdense, na Série B do ano passado.

Também ficam de fora o volante Baraka, preservado, e o zagueiro Fernando Lombardi, que ainda não renvou contrato. Destaques do início da temporada, Bruno Nazário e Bruno Mendes completam a lista de desfalques. Nazário pediu para ficar em Campinas para cuidar do filho, já que a esposa está internada. Mendes foi vetado pelo departamento médico após sentir um incômodo.

Foto: Leonardo Moreira
Foto: Leonardo Moreira

Com as baixas, Denner e Guilherme devem ficar com as vagas em aberto no meio de campo, enquanto o ataque tende a ser formado por Caíque e Pedro Bortoluzo. Na defesa, Louzer deve promover a estreia de Edson Silva.

MISTÉRIO CENI
No Fortaleza, o técnico Rogério Ceni escolheu fazer mistério em relação ao time que vai a campo. Além disse, tem uma série de dúvidas. O goleiro Marcelo Boeck, o zagueiro Roger Carvalho, o lateral-esquerdo Leonan e o volante Anderson Uchôa ainda não apresentam condições ideais de jogo.

As indefinições são principalmente no setor defensivo. Lá na frente, já está praticamente definido. O meia-atacante Dodô, que foi contratado junto ao Botafogo-SP, já teve o nome divulgado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e deve começar com titular no meio de campo, enquanto Osvaldo e Gustabo formam a dupla de ataque.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
13/04/2018
Horário
19h15
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Claudio Francisco Lima E Silva - SE

Renda
R$ 90.594,00
Assistentes
Cleriston Clay Barreto Rios - SE e Ailton Farias da Silva - SE

Público
12.814 total
Cartões Amarelos
Fortaleza-CE: Fabinho
Guarani-SP: Philipe Maia, Bruno Brígido, Marcílio, Ricardinho

Gols
Fortaleza-CE: Tinga 18' 2T, Gustavo 49' 2T
Guarani-SP: Pedro Bortoluzo 29' 2T
Fortaleza-CE
Matheus Inácio;
Tinga, Adalberto, Diego Jussani e Bruno Melo;
Jean Patrick (Wallace), Derley, Alan Mineiro (Dodô) e Edinho;
Osvaldo (Wilson) e Gustavo.
Técnico: Rogério Ceni
Guarani-SP
Bruno Brigido;
Lenon, Philipe Maia, Anderson e Marcílio;
Denner (Luan), Ricardinho, Kevin (Serafim), Rondinelly e Caíque;
Pedro Bortoluzo (Edson Silva).
Técnico: Umberto Louzer
 
 
" />