Vila Nova x Figueirense - Ainda dá para o Tigrão?

Time goiano segue com chances matemáticas de acesso, mas não depende de suas próprias forças

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 13 (AFI) - Depois de passar boa parte da Série B dentro do G4, o Vila Nova chega à reta final como azarão na briga pelo acesso. Para continuar com chances de brigar por uma vaga pela elite, o time precisa vencer o Figueirense, às 20h30 desta terça-feira, em jogo válido pela 36ª rodada, no Serra Dourada.

O Tigrão é o sétimo colocado, com 54 pontos, a cinco do quarto colocado Paraná. Além disso, ainda vê Londrina, com 55 pontos, e Oeste, com 57, acima na tabela, em sexto e quinto, respectivamente. Para continuar na briga, precisa contar principalmente com uma derrota paranista.

O Figueirense, por sua vez, é o 13º colocado, com 43 pontos, e ainda corre o risco de ser rebaixado. Para acabar com as chances de cair, o time catarinense precisa vencer e torcer para que o Luverdense, primeiro time dentro do Z4, com 40 pontos, perca para o Boa Esporte, 15º colocado, com 43.

Diante deste cenário, o Luverdense até poderia igualar a pontuação do Figueirense, já que restariam seis pontos em disputa. No entanto, tem duas vitórias a menos (9 a 11), o que garantiria a salvação alvinegra.

No primeiro turno, os dois times se enfrentaram no Orlando Scarpelli e o Vila Nova surpreendeu os donos da casa com uma vitória por 1 a 0, em jogo válido pela 17ª rodada.

EU ACREDITO
São cinco pontos de distância para o G4 e mais três rodadas pela frente. Mas o Vila Nova segue acreditando no acesso. É esse, aliás, o pensamento do lateral-direito Anderson Luis.

Titular do Tigre neste final de semana, o jogador ajudou o Vila a pontuar fora de casa, diante do Internacional. Após sair atrás no marcador, a equipe goiana mostrou força para conquistar o empate por 1 a 1..

Foto: Divulgação / Figueirense
Foto: Divulgação / Figueirense
“Mostramos que somos fortes, que estamos sim ainda na briga. O Inter tem o maior investimento na competição e mesmo saindo atrás não desistimos e lutamos pela vitória. Por pouco não veio. Claro que está difícil, mas não impossível. Somos fortes e vamos lutar com todas as forças pelo acesso”, analisou o jogador, que vestiu a camisa 7 diante do Internacional.

DÚVIDA
Com pouco tempo para treinar depois da derrota diante do América-MG, por 2 a 1, no último sábado, em Florianópolis, Milton Cruz comandou uma atividade na manhã desta segunda-feira antes de embarcar para Goiânia. O treinador tem apenas uma dúvida para escalar o Figueirense.

O meia Renan Mota recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática. Ferrugem e Guilherme Lazaroni brigam pela sua posição. Lá na frente, André Luís foi vetado pelo departamento médico e será substituído por Henan, que é o artilheiro do Figueirense na Série B com 12 gols.

"O Vila Nova fez um bom jogo contra o Inter (empate por 1 a 1 em Porto Alegre), um time difícil, joga em casa e vamos tentar buscar nosso objetivo. Temos tudo para isso, mostramos que podemos alcançar nosso objetivo e isso me deixa mais tranquilo para jogar dentro e fora de casa", afirmou Milton Cruz.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
14/11/2017
Horário
20h30
Local
Serra Dourada - Goiânia (GO)
Árbitro
Leonardo Garcia Cavaleiro - RJ

Renda
R$ 24.240,00.
Assistentes
Michael Correia - RJ e Dibert Pedrosa Moises - RJ

Público
1.737 pagantes.
Cartões Amarelos
Vila Nova-GO: Jenison
Figueirense-SC: Dudu

Gols
Vila Nova-GO: Claudinei 44' 1T
Figueirense-SC: Luidy 4' 1T
Vila Nova-GO
Luis Carlos;
Anderson Luis, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira;
Claudinei, PH (Marcelinho), Maguinho (Alípio), Alan Mineiro e Ruan;
Lourency (Jenison).
Técnico: Hemerson Maria
Figueirense-SC
Saulo;
Dudu (Ferrugem), Naylhor, Henrique Trevisan e João Lucas;
Zé Antônio, Dudu Vieira, Luidy (Joãozinho) e João Paulo (Guilherme Lazaroni);
Jorge Henrique e Henan.
Técnico: Milton Cruz