Chapecoense 1 x 1 Oeste - Após boa estreia, Chape esbarra no Rubrão

Paulistas viajaram 14 horas para chegar em Erechim

por Agência Futebol Interior

Erechim, RS, 28 (AFI) - Punida pelo STJD por problemas com seus torcedores em 2012, a Chapecoense jogou sua primeira partida como mandante no Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim. E, o resultado não foi o esperado, após a boa estreia, vencendo o Boa Esporte, em Varginha, por 4 a 1, na noite desta terça-feira, ficou apenas no empate por 1 a 1, com o Oeste, que para chegar em Erechim, viajou 14 horas.

Com o resultado, a Chapecoense chegou aos quatro pontos, na terceira colocação, enquanto, o Oeste somou o segundo ponto. O Verdão catarinense teve tudo para vencer o jogo, no primeiro tempo, acertou três bolas na trave, além de ter feito o gol. Já no segundo tempo, mesmo em cima, foi castigado e sofreu o gol de empate.

Foi pouco!
A Chapecoense começou com tudo o jogo contra o Oeste e logo aos oito minutos, acertou sua primeria bola na trave. Athos cobrou escanteio no primeiro pau e Adriano Ferreira tentou cortar e quase acabou fazendo contra. Aos 15, foi a vez de Fernando Leal fazer uma boa defesa. Após cabeçada de Bruno Rangel, o arqueiro fez um verdadeiro milagre.

O Oeste tentava sair, mas estava perdido em campo e sofria muito com a Chapecoense, que aos 29, mais uma vez, quase fez. Novamente, Athos acertou um lindo cruzamento na cabeça de Rafael Lima, que obrigou Leal a fazer mais uma boa defesa, no rebote, Diego Felipe, com o gol aberto, acertou a trave, novamente.

Aos 40, mais uma vez, o Verdão catarinense acertou uma bola na trave. Lançado, Bruno Rangel ganhou na corrida e bateu na saída de Leal, mas caprichosamente, acertou o poste do arqueiro. Mas, como diz o ditado, "água mole, em pedra dura, tanto bate até que fura" e aos 42 minutos, enfim, a Chapecoense fez o seu gol.

Bruno Rangel, sempre ele, foi derrubado pelo goleiro Fernando Leal. O árbitro marcou pênalti e ele mesmo foi para bola, batendo com categoria, e abrindo o placar em Erechim.

Gol e superação!
Como terminou o primeiro tempo, a Chapecoense começou melhor a etapa final, pressionando, queria logo fazer o segundo gol, para garantir o resultado. Mas, seu ataque não estava efetivo e aos 25 minutos, o Oeste conseguiu chegar ao seu gol de empate.

Lelê fez boa jogada e ajeitou para Fernandes, que soltou um petardo de fora da área. O meia pegou na veia e acertou o ângulo de Nivaldo, que ficou vendido na jogada. Querendo a vitória, a Chapecoense foi com tudo para cima, buscando o gol de todo lado.

No final, o Verdão pressionou, tentou, mas não conseguiu furar o bloqueio do Oeste, que se superou mais uma noite e conseguiu somar o segundo ponto na competição.

Próximos jogos
O Oeste volta ao gramado na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Paraná, em Itápolis, às 21h50. Já a Chapecoense joga contra o São Caetano, em São Caetano do Sul, às 21 horas, no sábado.

Ficha Técnica

Fase
Fase única
Rodada
2ª rodada
Data
28/05/2013
Horário
21h50
Local
Estádio Colosso da Lagoa, em - Erechim (RS) (SC)
Árbitro
Edivaldo Elias da Silva (PR)

Assistentes
Moises Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Chapecoense-SC
Nivaldo;
Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Alan;
Wanderson, Augusto, Diego Felipe e Athos (Dieguinho);
Fabinho Alves (Soares) e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Oeste-SP
Fernando Leal;
Arnaldo, Dezinho, Paulo Vitor (Jefferson Recife) e Fernandes;
Adriano Alves, Jovany, Everton Dias e Bruno Nunes (Lelê);
Magrão e Adriano Ferreira (Eli)
Técnico: Roberto Cavalo