Bragantino 2 x 0 Portuguesa - Vitória justa e com goleiro improvisado

No final do jogo, Luciano Sorriso foi para o gol e salvou o Braga

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 24 (AFI) - O Bragantino foi melhor, buscou o ataque e mereceu vencer a Portuguesa, por 2 a 0, nesta sexta-feira à noite, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela abertura da 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B.

O resultado foi importante para o time de Bragança Paulista, que atingiu os 29 pontos, em 15.º lugar, provisoriamente, fora da zona do rebaixamento. A irregular Portuguesa continua com 34 pontos, mas perdendo uma posição, figurando em oitavo lugar.

O detalhe curioso é que nos últimos 15 minutos de jogo, o Bragantino jogou com o meio-campo Luciano Sorriso improvisado no gol. Tudo por conta da expulsão do goleiro GIollvan, por reclamação, aos 34 minutos. sorriso fez uma grande defesa e deixou o campo consagrado como herói da noite.

Braga faz o primeiro em erro de Vadão!
O técnico Vadão, de forma estranha, armou a Portuguesa no esquema com três zagueiros. Com isso, puxou para si a marcação do Bragantino, que tomou todas as iniciativas ofensivas desde os primeiros minutos.

E com justiça chegou ao seu gol, aos 24 minutos. Rodriguinho avançou pelo lado esquerdo do ataque e bateu com efeito e por cobertura. O goleiro Weverton foi surpreendido pela curva da bola.

O time da casa tinha mais domínio da bola e criou outras chances perigosas na área adversária, mas sem finalizar com eficiência.

Num dos raros ataques da Lusa, aos 38 minutos, Athirson chutou de longe e exigiu grande defesa de Gilvan. No rebote o zagueiro Marcos Aurélio mandou para escanteio.

Braga toma sufoco no fim!
No segundo tempo, tudo igual. Só aos 14 minutos, Vadão fez a substituição já esperada na Lusa. Saiu o zagueiro Maurício para a entrada do atacante Malaquias. No minuto seguinte, porém, quase Nêgo ampliou. Ele chutou de longe e no alto, mas Weverton mandou a escanteio.

Aos 25 minutos, Marcelinho entrou na área e acabou travado ao demorar na finalização. Na cobrança de escanteio de Nêgo, a defesa não aliviou e a bola sobrou, na pequena área, para Marcelinho. Ele ajeitou e bateu de esquerda, fazendo 2 a 0, aos 26 minutos.

Sufoco!
Tudo parecia liquidado, mas aos 34 minutos, por reclamação, o goleiro Gilvan foi expulso. Como já tinha feito as suas três substituições, o Bragantino ficou sem goleiro. O meio-campo Luciano Sorriso, imediatamente, se prontificou a ficar no gol.

Nos últimos minutos,porém, a Lusa comprovou toda a sua incompetência ao não chutar nenhuma bola no goleiro improvisado.

Próximos jogos!
Na terça-feira, com a 25.ª rodada, o Bragantino vai enfrentar o Brasiliense, no Estádio Serejão, em Taguatinga, a partir das 19h30. Mais tarde, às 21h50, a Portuguesa via enfrentar o América-RN, em Sete Lagoas-MG.

Ficha técnica

Bragantino 2 x 0 Portuguesa

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP
Árbitro: José Henrique de Carvalho-SP
Público: 736 pagantes
Renda: R$ 4.380,00
Cartões amarelos: Paulo Sérgio, Maurício, Domingos, Henrique (Portuguesa); Maurim, Nêgo, Júnior Lopes e Marcos Aurélio (Bragantino)
Cartões vermelhos: Gilvan (Bragantino)
Gols: Rodriguinho aos 24'/1T e Marcelinho aos 26'/2T (Bragantino)

Bragantino
Gilvan; Júnior Lopes, André Astorga e Marcos Aurélio; Nêgo, Éder Silva, Luciano Sorriso, Marcelinho (Thiago Cunha) e Maurin (Adriano); Rodriguinho e João Salles (Éder).
Técnico: Marcelo Veiga

Portuguesa
Weverton; Domingos, Maurício (Malaquias) e Thiago Gomes; Paulo Sérgio, Acleisson, Athirson (Henrique), Marco Antônio e Fabrício; Héverton e Zé Carlos (Ronaldo).
Técnico: Vadão.