Bahia 3 x 1 Ipatinga - Virada à moda baiana e vice-liderança na mão!

Esta foi a segunda vitória seguida do time baiano, que pulou da quarta para a segunda posição

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 11 (AFI) – O Bahia voltou a vencer e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Com um show do lateral-esquerdo Ávine, que participou de todos gols, o Tricolor bateu o lanterna América-RN, por 3 a 1, de virada, na noite deste sábado, no Estádio Pituaçu, em Salvador, pela 21.ª rodada.

Esta foi a segunda vitória seguida do time baiano, que pulou da quarta para a segunda posição, com 37 pontos. Supera o Coritiba no saldo de gols (11 a 4) e a Ponte Preta no número de vitórias (11 a 10). O trio abriu três pontos de vantagem para o América-MG, primeiro clube fora do G4.

Por outro lado, o Tigre vê sua situação ficar ainda mais desesperadora. Com apenas 15 pontos, o time mineiro perdeu a terceira consecutiva, aumentando para seis o número de rodadas sem vitórias.

Virada à moda baiana
Apesar da pressão das arquibancadas, o Ipatinga não se intimidou com o Bahia e começou melhor na partida. Explorando os excessivos erros de passes do, os mineiros quase abriram o placar aos 21 minutos. O volante Léo Mineiro recebeu cruzamento na área e cabeceou para uma linda defesa do goleiro Renê.

Um minuto depois, entretanto, o camisa 1 nada pôde fazer. Após cobrança de escanteio da esquerda, o atacante Alessandro desviou de cabeça e o zagueiro Thiago Mathias, dentro da pequena área, desviou tirando do alcance do arqueiro.

O gol despertou o Tricolor, que partiu para o ataque. O empate só veio em um lance de grande felicidade do lateral Jancarlos. Aos 26 minutos, ele cobrou falta sofrida pelo lateral Ávine, na lateral da grande área. A bola, porém, pegou um grande efeito e entrou no ângulo esquerdo do goleiro Douglas.

O empate incendiou a partida e os dois times passaram a alternar grandes oportunidades de marcar. Os baianos, no entanto, foram mais eficientes e chegaram à virada aos 44 minutos. Ávine fez grande jogada pela esquerda e cruzou rasteiro. O atacante Mendes pegou de primeira para mandar no canto esquerdo do goleiro.

Tricolor liquida
O Bahia liquidou a partida logo aos quatro minutos, em mais uma jogada de Ávine. Ele foi lançado na ponta esquerda e cruzou na medida para o atacante Adriano completar de peixinho. O gol deu ainda mais tranquilidade aos donos da casa e aumentou o desespero do Ipatinga.

Após o gol, o ritmo do jogo caiu. Os donos da casa se pouparam, enquanto o Tigre não apresentou qualidade para reagir. A situação ficou ainda pior a partir dos 34 minutos, quando o zagueiro Max recebeu o segundo amarelo e acabou expulso.

Próximos Jogos
No próximo sábado, às 15h50, o Bahia volta a campo para enfrentar a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Enquanto isso, o Ipatinga recebe o São Caetano, na sexta-feira, às 21 horas, no Estádio Ipatingão.

Ficha Técnica

Bahia 3 x 1 Ipatinga

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador-BA
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva-PR
Assistentes: Ivan Carlos Bohn-PR e Marielson Alves Silva-BA
Cartões Amarelos: Bruno Octávio (Bahia); Jajá e Max (Ipatinga)
Cartão Vermelho: Max (Ipatinga)
Gols: Jancarlos aos 26’/1T, Mendes aos 44’/1T e Adriano aos 4’/2T (Bahia); Thiago Mathias aos 21’/1T (Ipatinga)

Bahia
Renê; Jancarlos, Alison, Nen e Ávine (Diego Corrêa); Fábio Bahia, Bruno Octávio, Hélder e Vander; Adriano (Itacaré) e Mendes (Aleílson).
Técnico: Márcio Araújo.

Ipatinga
Douglas; Marcelinho, Tiago Mathias, Max e Marinho Donizete (Chiquinho); Max Carrasco (Léo Santiago), Leanderson, Léo Mineiro e Jajá (Paulo Santos); Alessandro e Preto.
Técnico: Márcio Bittencourt.